Dica útil: gancho de porta

Este gancho de porta veio parar em minhas mãos por acaso. Fiz um pedido errado na revista Moda & Casa (Avon) e acabei com três cabides destes guardados em uma gaveta por algum tempo. Dia desses resolvi desenterrá-los do fundo da peça e encontrar um destino.

Decidi colocar na porta do quarto, para servir como um cabideiro. Funciounou super bem. Não precisa de parafusos, basta encaixá-lo na porta. Para retirar também é bem simples, o que dá uma mobilidade maravilhosa, dá até para carregar de um lado ao outro, a depender da necessidade.

O material é resistente, segura bem um peso razoável. Minha mãe adorou a ideia e já coloquei um no quarto dela também. Adoro estas peças práticas e que dão funcionalidade ao cômodo. Cada cabide custou, na promoção da revista, menos de R$ 9,00. Também pode ser preso à porta do guarda-roupa, para otimizar espaço. Bem baratinho e útil.

Leia Mais

Receita da Semana: Salada de Acelga com Abacaxi

Escolhi um prato super rápido e muito saudável para essa Receita da Semana. Aqui em casa o povo adora salada, deve ser para contrabalançar o fato de que também somos uma família de loucos por um docinho. A dica, tirei do livro Dona Benta: Comer Bem, edição revista e ampliada, da Companhia Editora Nacional. Bom apetite!

Salada de Acelga com Abacaxi

Ingredientes (para uma porção individual):

1 pé pequeno de acelga

2 fatias de abacaxi

3 colheres de sopa de uvas passas

1/2 xícara de chá de creme de leite

3 colheres de sopa de azeite de oliva

1 colher de sopa de suco de limão

sal a gosto

Modo de preparar:

Lave bem e seque as folhas de acelga. Pique-as grosseiramente e coloque-as em uma tigela funda. Corte o abacaxi em cubos e acrescente à tigela. Adicione as passas e regue com o suco de limão, o creme de leite e o azeite. Salpique o sal, misture bem e sirva.

Leia Mais

Look Casual Chic facinho de copiar

Os looks românticos, um toque de casual chic, com aquele despojamento que inspira quase uma elevação espiritual (“olha como ela é desapegada e ao mesmo tempo #phina”) fazem a minha cabeça. Também gosto desse revivel 70´s que inspira as coleções de Verão 2012 e, claro, a ciganidade latente que igualmente povoa as vitrines nessa temporada, tem morada certa no meu coração e, na medida do po$$ível, no armário.

Mas hoje quero falar, ou melhor, mostrar, um toque de romantismo mezzo inspirado no ladylike, mezzo nos anos 20 (minha década de alma). Ao menos, é essa leitura que faço do look super simples, facinho de copiar e muito lindinho da atriz japonesa Fumi Nikaidou, usado na exibição do novo filme do diretor Siou Sono – Himizu – inspirado no pós-tsunami do Japão. Li a reportagem hoje cedo e me encantei com o look da atriz. Trouxe aqui para o blog, para mostrar para vocês um pouco da beleza da simplicidade, aliás, uma característica marcante da cultura japonesa.

As duas fotos abaixo, tirei da reportagem sobre o filme na Folha On Line (acesse aqui) e do site To Space. E o look, nada mais singelo e bonito: Um sapatinho romântico, preto básico, de salto e tirinha no peito do pé, um pouco abaixo do tornozelo, (ah, as melindrosas dos anos 20!), e um vestido leve, com um caimento que também lembra um leve perfume 20´s. Mas o conjunto da obra, como vocês verão na foto, é uma romântica releitura do ladylike. Inspirem-se, porque é bem simples de encontrar os adereços certos nas multimarcas, lojas de grife ou mesmo fast fashions desse Brasil. A make levinha e um nadinha de joias fecham com chave de ouro!

Ah, sim, já ía esquecendo, tem uma leve pegada minimalista aí nesse modelito. De fato, uma mistura harmoniosa de tendências e referências de moda. #Adorei!

Como vocês podem ver, a atriz é mion e o salto deu uma imponência ao porte, mas sem agressividade, mantendo a doçura da moça. O vestido é sem comentários, #favoritei, e ainda no tom hit da estação, tangerina, coral, vermelho-alaranjado (aí vocês decidem)
E aqui em detalhes. Roupa confortável, para quem não abre mão, e ao mesmo tempo elegante. O detalhe do cintinho e os dois bolsinhos do vestido fazem toda a diferença!

Leia Mais

Receita da Semana: Rolinho de Carne Seca

Das muitas dicas que a Fleichmann enviou ao blog por email, com doces e salgados super práticos de fazer, escolhi para a série Receita da Semana deste sábado o Rolinho de Carne Seca. Para quem estiver procurando uma comidinha diferente para o domingão, #ficadica. E quem quiser participar da série, basta enviar uma receita e a foto, que avaliamos para publicar. Caso a receita seja uma criação, daremos o crédito do autor, e se for retirada de um algum livro, site ou outra fonte, como as embalagens de produtos, digam de onde tiraram, para que possamos citar. As receitas podem ser enviadas para: conversademenina.blog@gmail.com. Bom apetite!

Rolinho de Carne Seca

INGREDIENTES

 Massa:

– 1 pacote de Mistura para Pão Caseiro Fleischmann (450 g)

– 1 colher (sopa) de Fermento Biológico Seco Instantâneo (5 g)

Recheio:

– 2 colheres (sopa) de óleo

– 1 cebola grande picadinha

– 350 g de carne seca desfiada

– 1 lata de milho (225 g)

– 1 tomate picado

Montagem:

– farinha de trigo para polvilhar

– 1 gema para pincelar

Modo de fazer:

Comece pela massa: em uma vasilha, coloque a mistura para pão e misture com o fermento. Adicione 1 xícara (chá) de água (240 ml) aos poucos, amassando a cada adição até obter uma massa homogênea. Coloque a massa sobre uma superfície limpa e seca (mármore) e sove até que a massa fique lisa e macia (cerca de 15 minutos). Cubra e deixe descansar por cerca de mais 15 minutos. Enquanto isso, prepare o recheio: aqueça o óleo e nele refogue a cebola até murchar. Junte a carne seca desfiada, o milho sem a água da conserva e o tomate picadinho. Cozinhe até “secar” bem o recheio e deixe esfriar.

Montagem: sobre uma superfície polvilhada com farinha de trigo, abra a massa com um rolo formando um retângulo de 29 x 22 cm. Espalhe o recheio já frio sobre a massa, deixando 4 cm de borda. Pegue um dos lados da massa e comece a enrolar, formando um “rocambole”. Corte-o em fatias de 3 cm, coloque em uma assadeira untada e enfarinhada, deixando um espaço de 5 cm entre os rolinhos. Cubra a assadeira com um filme plástico e deixe os rolinhos dobrarem de volume. Pincele com a gema batida e asse em forno pré-aquecido (180°C) até os rolinhos ficarem dourados.

Rendimento: 11 unidades

Tempo de preparo: em média, 30 minutos

*Receita cedida pela Fleischmann.

Leia Mais

Receita da Semana: Pão de Atum

A escolhida para a Receita da Semana deste sábado é uma dica da Fleischmann. Trata-se de um pão caseiro, outra das minhas paixões (eu admito, adoro uma massa e um docinho, não nego meu shape de menina G). Espero que apreciem!

Crédito para a imagem: Fleischmann/Banco de imagens

Pão de Atum

Massa – Ingredientes:

4 tabletes de fermento biológico fresco

5 xícaras de chá de farinha de trigo

1 colher de sopa de açúcar refinado

2 colheres de chá de sal refinado

1 xícara de chá de leite tipo B – morno – 35ºC

3/4 xícara de chá de óleo de soja

2 ovos

50 gramas de margarina sem sal

Recheio – Ingredientes:

2 xícaras de chá de atum ralado com óleo – escorrido

3 colheres de sopa de azeitona verde picada

1 xícara de chá de cenoura ralada

Cobertura – Ingredientes:

Gema de 1 ovo, para pincelar

1 colher de café de orégano

Modo de Preparo:

Dissolva os tabletes de fermento biológico fresco no leite morno. Adicione os demais ingredientes e sove até obter uma massa lisa e enxuta. Deixe a massa descansar coberta por 30 minutos. Divida a massa em duas partes. Abra cada uma com o rolo, dando uma forma retangular. Recheie com a cenoura, o atum e as azeitonas previamente misturados. Enrole como um rocambole e aperte as pontas. Coloque os rocamboles com a abertura e as pontas viradas para baixo em um tabuleiro forrado de papel alumínio. Deixe crescer por cerca de 1 hora. Pincele com a gema e polvilhe com orégano. Asse em forno moderado (180ºC) por 40 minutos, aproximadamente.

Dicas: O tempo de cozimento irá variar conforme o tamanho dos pães. No inverno, cobrir os pães com pano úmido e deixar crescer ao lado do forno ligado.

Rendimento: 2 unidades com 22 fatias cada

Tempo de Preparo: 2h:30m

Calorias/Fatia: 112 Kcal

*Receita cedida pela Fleischmannwww.fleischmann.com.br – SAC: 0800 704 1931

Leia Mais

Unhas xadrez?! Aprenda a fazer…

Esse post vai para as meninas que curtem muito unhas decoradas e gostam de inovar para além da clássica francesinha. A dica é da marca de esmaltes Risqué, que no texto abaixo, ensina um passo a passo de Unhas Xadrez. Sim, minhas caras, nem só de Festa Junina vive a estampa que se converteu em verdadeiro estilo de vida (vide os grunges de Seatle, os escoceses, as fashionistas descoladas e cia). Aprendam a lição e se alguém se aventurar a fazer, manda a foto aqui para o blog, que publicamos com prazer! Nosso email é o conversademenina.blog@gmail.com.

Passo a Passo Unhas Xadrez com Risqué:

A Risqué apresenta um passo a passo que ensina a decorar as unhas de forma quadriculada, reproduzindo a estampa xadrez. Marcela Emi, técnica da Risqué, mostra como inovar no desenho na hora de pintar as unhas, utilizando esmaltes que já são sensação da estação. Basta aplicar métodos simples e usar a criatividade para fazer combinações incríveis e originais. Confira:

Utensílios:

· Pincel de cerdas longas nº 00

· Esmaltes:

>>Seda Base Risqué

>>Esmalte Risqué Rock’n Roll

>>Esmalte Risqué Pink Fluor

>>Esmalte Risqué Preto Sépia

>>Esmalte Risqué Ultrabrilho

Passo a passo:

1. Aplique uma camada de Seda Base Risqué;

2. Em seguida, aplique duas camadas do Esmalte Risqué Rock’n Roll, da Edição Especial Sweet Rock’n Roll;

3. Com um pincel de cerdas longas, faça listras alternadas na vertical utilizando os esmaltes Risqué Pink Fluor e Risqué Preto Sépia. Repita o processo até cobrir toda a superfície da unha;

4. Repita o processo, desta vez com listras na horizontal, também alternando as cores;

5. Para finalizar, passe uma camada do Esmalte Risqué Ultrabrilho.

Quer conferir outros passo a passo? visite o site Risqué: www.risque.com.br.

*Preço médio sugerido para cada esmalte usado acima: R$ 2,75

Serviço: SAC Risqué – 0800 11 11 45

Leia Mais

Receita da Semana: Gelatina tricolor

A série Receita da Semana retorna nesta segunda-feira, após um breve intervalo. E para reabrir os trabalhos, publico uma dica de sobremesa enviada ao blog pela Fleischmann:

Gelatina tricolor

Ingredientes:
– 2 embalagens de Gelatina Fleischmann Sabor Morango com Açúcar Orgânico
– 1 embalagem de Gelatina Fleischmann Sabor Abacaxi com Açúcar Orgânico
– 1 embalagem de cream cheese light (150 g)

Olha como é bonitinha a gelatina depois de toda montada!

Modo de preparo:
Dissolva o conteúdo de uma embalagem de gelatina sabor morango em 250 ml de água quente e adicione 250 ml de água fria. Despeje essa mistura em 5 taças e leve à geladeira até endurecer. Faça o mesmo procedimento com a gelatina sabor abacaxi e despeje por cima da gelatina de morango nas taças. Dissolva a outra embalagem de gelatina de morango em 250 ml de água quente. Bata o cream cheese até ficar fofo e adicione a ele a gelatina dissolvida. Misture bem e coloque delicadamente sobre a gelatina de abacaxi. Leve à geladeira por cerca de 3 horas antes de servir.

Rendimento: 5 porções

*Receita cedida pela Fleischmann e publicada mediante citação do crédito.

Leia Mais

Look novo na byMK: Entrevista Coletiva em P&B

Aproveitei a noite de domingo meio modorrenta – naquela expectativa da segunda-feira -, para brincar de aprendiz de fashionista na byMK e montei o look abaixo, que batizei de Entrevista Coletiva em P&B. É que tenho uma certa agonia com terninhos e tailleur. Lembro de um ex-chefe, na época em que trabalhava com comunicação corporativa. Ele vivia me dizendo para encarar o scarpin e os ternos. Mas minha vocação sempre pendeu mais para o romântico com leves toques de sofisticação. Tenho duas versões preferidas de mim mesma: a “mulherzinha” clássica ou a despojada. Tailleur – desculpem os especialistas – me lembra aeromoça. E terninho, frias executivas sem coração em Wall Street. Fujo dos estereótipos como o diabo da cruz, mas essas duas associações sempre me ocorrem…

Espero que gostem do look. A caixa de comentários do post é de vocês!

Leia Mais

Receita da Semana: Taça de manga com calda de maracujá

A Receita da Semana destaca nesta segunda-feira uma dica da Fleishchmann. Apesar de levar açúcar, é uma sobremesinha gelada bem light, a base de frutas frescas – sabor de Verão total -, e sem adição de chocolate ou leite condensado. Até porque, prometi para vocês postar por aqui umas coisinhas que atendessem a todos os gostos e silhuetas. Antes que alguma maníaca por dietas me cobre a dívida, veja a delicinha abaixo. Para uma dietomaníaca xiita (com todo carinho tá meninas, tenho várias amigas dietomaníacas e amo todas elas); ou mesmo para aquelas pessoas que não podem consumir açúcar, pode substituir pelo adoçante da preferência. Mas, em se tratando de adoçante, fico com os naturalistas: aqueles à base de stévia são mais saudáveis que aspartame, sacarina, ciclamato de sódio (esse é terrível!) e cia…

TAÇA MANGA COM CALDA DE MARACUJÁ

Ingredientes

Calda
– 1 xícara (chá) de polpa de maracujá
– 1 xícara (chá) de açúcar (160g)

Manjar
– 1 manga palmer madura em cubinhos (560g)
– 1 embalagem mix manjar Fleischmann (500g)

Modo de fazer:

1. Para a calda de maracujá, misture, em uma panela pequena, a polpa de maracujá, o açúcar e uma xícara de água (200 ml). Leve em fogo baixo e deixe apurar por cerca de 10 minutos, ou até obter consistência de calda. Deixe esfriar.

2. Manjar de manga: bata no liquidificador a manga até que fique um purê cremoso, depois junte água até completar 500 ml e bata novamente para misturar. Misture esta polpa como o mix manjar. Mexa por cerca de 8 minutos ou até que se torne um creme consistente e cremoso. Deixe esfriar e leve as taças em recipiente para a geladeira. Sirva com  a calda de maracujá. Rende em média, oito porções, leva dez minutinhos para ficar pronto e você também pode servir com gengibre cristalizado e/ou hortelã, para dar aquele toque final, o acordo de ooohs e aaaahs que leva ao céu ao levar a colher à boca.
*Receita cedida pela Fleischmann e enviada ao blog por email.

Leia Mais

Cabide porta-joias para otimizar espaço

Quem aí não fica doido atrás de espaço para organizar as tralhas em casa? Meu quarto mesmo anda uma bagunça só. Ultimamente tenho buscado peças que sejam capazes de manter minhas coisinhas mais arrumadas e ao mesmo tempo me deixem um pouquinho de espaço livre. É uma tarefa super difícil, principalmente para quem reúne mesa de computador, cama, guarda-roupa, estante de livros e afins.

Hoje, vasculhando o e-mail do Conversa, vi esta sugestão de um organizador de joias que pode ser colocado dentro do guarda-roupa, pendurado em um cantinho. É um verdadeiro cabide de joias. Achei a ideia muito bacana, porque os estojos de joias sempre ocupam espaço. E dá para separar um cantinho do guarda-roupa só para as bijus. O que acharam, meninas? Alguém aí já tem algo parecido?

| SERVIÇO |
Cabide porta-joias
Medidas: 70cm x 37cm
Preço: R$ 37,00
Onde comprar: loja virtual da Espaço Home

Leia Mais