Traça de Biblioteca: “De volta com dicas para os petits”

Outra série que retomamos no blog após um intervalo é  a  Traça de Biblioteca, com dicas de livros, resenhas e lançamentos do mercado editorial. A ideia surgiu devido ao interesse em comum por literatura. Gio, por exemplo, foi repórter de cultura por muito tempo. De minha parte, sempre fui leitora voraz, desde criança. Também faço parte da Skoob, rede social de leitores que tem crescido em progressão geométrica na internet e a qual nossa terceira “menina”, Alane,  aderiu há pouco tempo. Recentemente, pesquisa da CBL (Câmara Brasileira do Livro) mostrou que o índice de leitura entre os brasileiros está aumentando. Para estimular o gosto pelo mundo das palavras, eis algumas dicas de novidades de literatura infanto-juvenil. Escolham o seu, corram até a livraria ou biblioteca mais próxima e divirtam-se:

FLAVIA DE LUCE E O MISTÉRIO DA TORTA
Este é o primeiro volume da série da detetive mirim Flavia De Luce,  que já foi publicada em 27 países.  A personagem principal é uma garota de 11 anos que vive numa man­são em estilo vitoriano na Inglaterra da década de 1950. Especialista em venenos, Flavia é uma versão pré-adolescente do Sherlock Holmes de Sir Arthur Conan Doyle. Ela se torna detetive a partir de um crime que acontece dentro de sua casa. Os leitores podem conhecer um pouco da personagem pelo mundo, através dos vídeos no hotsite criado especialmente para o livro www.editorasaraiva.com.br/flaviadeluce, além de trocar comentários entre os leitores.

Autor: Alan Bradley

Tradução: Ricardo Gouveia

Editora: ARX

352 páginas

R$ 39,90

Coleção Crianças Famosas: a infância de 14 gênios da música

Alemanha, Áustria, Brasil, França e Rússia. Esses países são os pólos de onde os maiores músicos da história vieram. Esses artistas, que marcaram época e são ouvidos até hoje com admiração, estão retratados de forma lúdica, educativa e divertida nas páginas da Coleção Crianças Famosas, da Callis Editora.

Os livros mostram como foi a infância de Mozart, Cartola, Beethoven, Bach, Brahms, Carlos Gomes, Chiquinha Gonzaga, Chopin, Handel, Haydn, Schubert, Schumann, Tchaikovsky e Villa-Lobos. Os textos  são das autoras Ann Rachlin, Nareide S. Santa Rosa e Edinha Diniz, acompanhados por ilustrações de Ângelo Bonito e Susan Hellard. A Coleção é destinada a crianças a partir de 7 anos.

Serviço:
Coleção Artistas Famosos
Callis Editora
Autores: Ann Rachlin, Nareide S. Santa Rosa e Edinha Diniz
Ilustração: Angelo Bonito e Susan Hellard
24 páginas cada volume
Preço sugerido: R$ 19,90 cada volune

Conheça alguns volumes da série:

CARLOS GOMES
Compositor de valsas, quadrilhas e polcas com apenas 15 anos. Com 23, já apresentava concertos. O único brasileiro a ter seu trabalho apresentado no Teatro Alla Escala, em Milão, na Itália. Este é Carlos Gomes, um dos maiores ícones da ópera brasileira. O título traz detalhes sobre a infância do artista, que nasceu em uma pequena vila, em Campinas.

BACH
O talento de Johann Sebastian Bach é mundialmente conhecido. O que poucos sabem foi como o menino foi criado por seu irmão, Christophe, que o ensinou a tocar cravo. Essas e outras curiosidades compõem o livro da Coleção Crianças Famosas.

MOZART
Quando Wolfgang Amadeus Mozart pediu a seu pai, Leopold, para tocar o cravo, foi reprimido em razão da sua idade. Foi só quando o pai ouviu Mozart tocando sozinho, aos cinco anos, que percebeu o gênio musical que ele era. A história da criança que entrou para a história é contada nas páginas do livro Mozart, da coleção da Callis.

BEETHOVEN
Francês, latim, italiano, matemática… Ludwig van Beethoven não era um dos melhores alunos da escola. No entanto, quando tocava, ninguém mais se lembrava das notas baixas: era só admiração. As trapalhadas e evoluções do músico são assunto do livro Beethoven. Particularmente, esse é o meu compositor preferido. Mais que recomendado!

Coleção de literatura infantil “Eu amo”

Como os escritores inventam os personagens? Os autores escrevem à mão ou no computador? Será que eles lêem muito? No momento da leitura, essas perguntas geralmente instigam a criançada. Para o escritor e desenhista Ziraldo, de tanto ler, sua cabeça virou um ninho de ideias. Já a autora Ruth Rocha diz que as suas histórias são baseadas nas próprias lembranças. Essas são algumas curiosidades da coleção “Eu amo”, da escritora e psicóloga Iris Borges, editado pela Callis, lançada no México, em espanhol, e no Brasil. Os volumes trazem de forma simples, lúdica e divertida histórias sobre o fascinante mundo da leitura, desde a hora que o escritor inventa a história até o livro sair prontinho da editora. Obras de artistas como Di Cavalcanti e Caravaggio, e caricaturas engraçadas de escritores como Cecília Meireles e Monteiro Lobato, deixam a coleção ainda mais divertida.

Serviço:

Coleção Eu amo

Callis Editora

Autora: Iris Borges

Sugestão de preço: R$ 29,90 cada volume

Conheça algumas obras da série:

EU AMO ESCRITORES
“Na imaginação dos escritores, tudo é possível. E, quando se visita a casa deles — o livro —, é como se a nossa imaginação conversasse com a
imaginação deles. Que tal fazer uma visitinha a esse mundo incrível?”

EU AMO ILUSTRADORES
“Há dois jeitos de mergulhar na leitura. O texto, cheio de palavras e poesia. E as ilustrações, com as imagens e… mais poesia! Os ilustradores são como mágicos, que criam uma história, cheia de cores e formas novas. E tudo isso só pra gente se encantar”.

EU AMO BIBLIOTECAS
“Tem de tudo na biblioteca. Pirata, fada, bicho que fala, gente que voa, romance e aventura. Tem mundos inventados e fatos que
aconteceram de verdade. Mas, o mais importante: tem a vontade da gente de conhecer, se encantar e viajar na fantasia.”

EU AMO EDITORAS
“Uma ideia vira uma história na cabeça, que vira um monte de papéis, que vira um livro lindo, cheio de ilustrações e de aventuras. E, fazendo isso tudo acontecer, estão as editoras e o carinho das pessoas que trabalham com os livros.”

A PEQUENA DITADORA

O jornalista Luciano Trigo dedica este livro aos pais e professores que andam desesperados para dar limites aos pequenos. Numa linguagem simples e divertida e com ilustrações de Alê Abreu, o livro conta a história de uma menina que quer mandar em tudo e em todos. O lançamento é da Galerinha Record (www.galerinharecord.com.br).

Autor: Luciano Trigo

Ilustrações de Alê Abreu

Editora: Galerinha Record/Grupo Record

16 páginas

R$ 32,90

CURIOSIDADES DA NATUREZA DE A a Z

Esta dica tem relação com o meu filho, que sempre foi uma criatura perguntadeira: Quem é o ser vivo mais forte da Terra? Qual o maior deserto do planeta? E a planta mais fétida? Todo mundo que tem espírito curioso tromba com questões como essas em algum momento da vida. Não há limites etários – para baixo e para cima – para quem sempre quer saber mais. E esse é o combustível que inspirou Curiosidades da Natureza de A a Z. Ilustrada por fotos belíssimas, a obra é resultado de uma pesquisa criteriosa realizada pelo jornalista Hélio Gomes, que trabalhou em conceituadas revistas do país, como a Galileu. Para chegar à seleção apresentada em Curiosidades da Natureza de A a Z, Hélio usou como nota de corte a fuga do óbvio. Por isso, o livro não traz informações sobre o tubarão-branco ou a respeito das rosas (dois tópicos interessantíssimos, diga-se de passagem), mas sim sobre o primo bizarro do jacaré, chamado gavial, e a Nephentes rajah, a maior planta carnívora do mundo. Entre muitos outros exemplos, o leitor também conhecerá o ligre, mistura bizarra do leão com o tigre, e a incrível Grande Barreira de Corais, da Austrália, numa incrível sequencia de páginas que flerta o tempo todo com o belo e o bizarro. Isso sem falar no peixe-vela, o peixe mais rápido do mundo; na Salto Angel, a maior queda d’água do planeta; no panda-vermelho, no morcego-nariz-de-porco, em Galápagos, no sapo-parteiro…

Autor: Hélio Gomes

Editora: Europa (www.livrariaeuropa.com.br)

228 páginas

Preço: R$ 49,90

Títulos de Daniel Munduruku lançados pela Callis
O Brasil conta hoje com uma população indígena de aproximadamente 750 mil pessoas. Do total, 350 mil vivem em aldeias e cerca de 400 mil são urbanizados. Em homenagem a essa etnia, a Callis Editora apresenta obras infantis educativas, desenvolvidas pelo especialista Daniel Mundukuru. O autor, filho da tribo Mundukuru, já viajou por vários países para mostrar a importância do índio brasileiro. Entre os títulos do autor produzidos pela Callis está a obra “Coisas de Índio” vencedora dos prêmios Jabuti e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). O livro, que possui versão para crianças e para adultos, relata detalhes sobre a língua, os jogos, a medicina, a economia e os direitos indígenas. Já nos livros “Histórias que eu ouvi e gosto de contar” e “Histórias que eu vivi e gosto de contar”, Mundukuru conta de forma lúdica e divertida curiosidades da cultura popular brasileira, como a do Boto Tucuxi e do Curupira. Para quem gosta de biografias, a dica é a obra “Márcio de Souza, Ajuricaba”, o líder guerreiro dos manaús que se tornou símbolo e herói das tribos do norte do país ao lutar bravamente contra a dominação dos colonizadores portugueses.

Confira alguns títulos da série:

Livro Histórias que eu ouvi e gosto de contar

Autor: Daniel Mundukuru

Ilustração: Rosinha Campos

48 páginas

Preço sugerido: R$ 23,90

Livro Coisas de Índio

Autor: Daniel Mundukuru

Ilustração: Rosinha Campos

96 páginas

Preço sugerido: R$ 29,90

Livro Ajuricaba

Autor: Márcio Souza

Ilustração: Camila Mesquita

80 páginas

Preço sugerido: R$ 21,90

NO TEMPO DE WARHOL

O livro aborda o Expressionismo Abstrato, a Pop Art e outros movimentos inovadores da segunda metade do século XX. Os trabalhos do menino que era excluído na escola e se tornou conhecido ao dar outro olhar às fotos de Marilyn Monroe, Liz Taylor, Elvis Presley e Che Guevara ilustram as páginas da obra. O livro faz parte da Coleção “Arte ao redor do mundo”, que apresenta ao leitor os principais períodos da arte e os artistas que contribuíram para seu desenvolvimento. Entre os títulos estão representados Michelangelo, Picasso e Renoir.

Autor: Antony Mason

Callis Editora

48 páginas

Preço sugerido: R$ 29,90

Leia Mais

Bolsas de estudos na Áustria

Para quem está interessado em morar na Europa e se aprimorar na sua área de pesquisa, a Universia, uma rede de cooperação que reúne quase 1.200 faculdades na América Latina e Península Ibérica (Portugal e Espanha) está oferecendo um programa de bolsas de estudos na Áustria. Abaixo, divulgamos material recebido através da assessoria de comunicação da Universia. Lembramos que este material é de inteira responsabilidade da entidade e que o blog não distribui bolsas de estudos, pois não coordenamos o programa. Divulgamos no nosso espaço por considerar um serviço de utilidade pública. 
 
=====================================

Portal divulga oportunidades do governo austríaco para pesquisadores

mapa_da_austriaO Governo Federal da Áustria, por meio do programa Ernst-Mach Stipendium, oferece bolsas para estudantes de graduação e pesquisadores interessados em complementar seus estudos no país europeu. As inscrições estão abertas até 1º de março de 2010 e as informações sobre como participar do processo seletivo estão disponíveis no portal Universia (acesse aqui).

Para participar do programa, os candidatos devem estar vinculados às áreas de Ciências Naturais, Tecnológicas, Sociais, Jurídicas, Humanas, Agronomia e Silvicultura, Medicina, Teologia e Estudos Artísticos. Conhecimentos dos idiomas alemão ou inglês estão entre os pré-requisitos para participação.

O Universia é uma rede de cooperação universitária que reúne 1.126 instituições de ensino superior na América Latina e Península Ibérica, e tem como parceiro financeiro-estratégico o Grupo Santander. A Rede Universia atua em quatro eixos estratégicos: fomento à empregabilidade (emprego), incentivo à formação (formação), desenvolvimento dos meios científico e acadêmico (observatório), e apoio às comunidades e eventos para o relacionamento universitário (redes sociais).

O objetivo é contribuir com serviços de valor agregado às universidades, apoiando o desenvolvimento de projetos comuns e a geração de novas oportunidades para a comunidade universitária, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento sustentável dos países onde o Universia está presente.

O principal elemento integrador desta rede é o portal Universia, que desenvolve conteúdo e serviços gratuitos para o meio acadêmico, em línguas portuguesa e espanhola. O Portal está presente em 18 países: Andorra, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela, congregando 72% do público universitário, com 12,1 milhões de alunos e professores.

Lançado no Brasil em março de 2002, o portal Universia (www.universia.com.br) conquistou em sete anos, a parceria com 257 universidades, alcançou a marca de *2,4 milhões de usuários cadastrados e uma média mensal de 1,2 milhão de usuários únicos.

Os conteúdos e os serviços atendem aos pré-universitários, universitários, pós-universitários, docentes e gestores das instituições de ensino superior. Os serviços oferecidos são: estágios, cursos on-line, salas de aula virtuais, e informações sobre bolsas de estudo, intercâmbio, empreendedorismo, pesquisa científica e carreira, entre outros.

*Fonte: Nielsen//NetRatings

====================================

Outros posts no blog sobre bolsas de estudos:

>>Bolsa de estudos para doutorado no Canadá

Leia Mais