Test Drive: dupla para tratamento de pele oleosa, da Natura

A melhor forma de obter resultados é usar os dois produtos combinados, um para o dia e o outro noturno

*Texto e teste realizado por Andreia Santana

Na minha cruzada para combater a oleosidade da pele, decidi experimentar uma dupla da linha Chronos, da Natura: o fluído intensivo anti-brilho (dia) e o sérum intensivo desobstrutor de poros (noite). Testei por um mês e divido aqui minhas impressões:

Primeiro, para adotar os dois produtos, dei uma alterada na rotina diária de cuidados com a pele, porque misturar vários tipos de produto não é muito legal. Então, abri mão temporariamente dos itens que estava usando (adstringente, hidratante e tal) e fiz assim: pela manhã, lavava o rosto com um sabonete líquido para pele oleosa (uso geralmente o Dermotivin Control ou o Efflaclar,  que são os meus preferidos) e em seguida, passava protetor solar (Anthelius AC, fator 40) e, depois, o fluído anti-brilho da Natura. Se fosse sair, fazia maquiagem na sequência. Caso fosse ficar em casa, parava por aí. Sim, eu uso protetor solar em casa, porque moro em Salvador, cidade altamente luminosa e ensolarada, mesmo no inverno. À noite, lavava o rosto novamente com o sabonete líquido e depois aplicava o sérum desobstrutor de poros da linha Chronos.

O fluído tem consistência em gel e espalha bem

O produto para o dia, o fluído anti-brilho, além de ter fator 15 de proteção solar, tem elastinol. Sua consistência é a de um gel e ele espalha bastante bem na pele, aderindo rapidamente e deixando-a macia ao toque, de fato sem brilho por cerca de seis a oito horas se estivesse na rua, e umas dez horas, dentro de casa. Recomendo que, caso você use também um protetor solar, como eu descrevi acima, passe primeiro o protetor, espalhe bem e deixe secar uns dois minutinhos, antes de espalhar o fluído no rosto. Ao menos com o Anthelius AC (La Roche-Posay) é preciso lançar mão desse truque, porque ele costuma empelotar quando misturado com hidratantes ou mesmo com a base da maquiagem, se não estiver devidamente seco (já falei disso aqui no blog). Também testei o fluído sem usar protetor (mas só quando ficava em casa, porque fator 15 não faz nem cócegas no sol de rachar de Salvador). Nesse caso, a eficiência do produto foi a mesma. Gostei bastante do resultado, notei que além de diminuir o brilho, o produto mantinha a pele hidratada e diminuia os poros. A única desvantagem é o tamanho, a bisnaga tem só 30g e não custa barato, o preço em média é R$ 77,00. A durabilidade, comigo ao menos, que não sou mesquinha, mas também não desperdiço produto, foi de 30 dias contados.

O sérum noturno tem efeito prolongado

O produto noturno, sérum desobstrutor dos poros, ganhou meu coração. Ele tem uma consistência super leve, de gel-creme bem molinho e refrescante. Possui além do elastinol, ácido salicílico, uma das substâncias mais usadas em cosméticos e medicamentos que ajudam a tratar pele oleosa e acnéica. Só que a concentração de ácido salicílico é bem baixa e por isso o produto não agride a pele. Só não recomendo que quem faz tratamento com ácido hialurônico ou retinóico utilize esse produto antes de consultar uma dermatologista. Além disso, ao começar a usar, lembre sempre de durante o dia, usar proteção solar. Qualquer tipo de ácido deixa a pele mais suscetível a manchas e portanto, protetor solar é imprescindível. O sérum atua também no combate a oleosidade, trata os poros e deixa a pele sequinha. Devido ao elastinol, tem ainda atuação anti-sinais. Eu, que acordava brilhando, passei a sair da cama de manhã com o rosto macio e matificado, pois a ação do produto é bem prolongada. Mais uma vez, a desvantagem aqui é o tamanho, 30g na bisnaguinha, e o preço salgadinho: R$ 82,00, em média. Usando sem casquinhagem, mas sem exagerar, dá para um mês tranquilamente.

Esse eu não recomendo!

NÃO GOSTEI – Da mesma linha Chronos, e da mesma marca, Natura, não gostei do sérum intensivo efeito tensor e clareador anti-sinais PHARMA. É uma pena que uma mesma marca tenha produtos incríveis e outros perfeitamente dispensáveis. Esse clareador anti-sinais pertence ao grupo dos dispensáveis. O produto contém elastinol e vitamina C e promete clarear a pele, promover efeito tensor imediato e tratar os primeiros sinais de envelhecimento facial. Comigo pelo menos, ficou só na promessa. Não clareou nenhuma daquelas manchinhas de sol, não senti efeito tensor imediato e tampouco vi resultado anti-sinais. Além disso, o sérum não se deu bem com a minha pele oleosa e acneica e eu, que sou totalmente olfativa, tive minha primeira decepção com o cheiro. Como já disse antes, quando o produto tem preço salgado, mas resultado garantido, encaro como um investimento. Mas nesse caso, as 30g custam em média R$ 98,00 e resultado que é bom, nadinha da silva. Esse, nunca mais verá os meus suados reaizinhos!

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Adstringentes: quando e porque usar

*Texto e pesquisa de Andreia Santana

A menina Alane, certa vez, me pediu dica de adstringente. Mas indicar produtos é o tal negócio, você indica com base na sua experiência pessoal, nos seus gostos e nos resultados que obteve ao optar por este ou aquele item, desta ou daquela marca. 100% de garantia de que o efeito na sua amiga vai ser tão bom quanto em você, não tem como ninguém dar, nem os fabricantes. Cada caso é um caso e quando o assunto é cosmético, as variáveis são mais frequentes. No entanto, pegando carona no pedido, vamos falar de adstringentes!

O que é e para que serve:

Segundo a Wikipédia, “em biologia, adstringente é o produto que contrai, estreita, reduz, produz constrição, união, ligação; que contrai os tecidos e vasos sanguíneos, diminuindo a secreção das mucosas; contrai ou recobre os tecidos orgânicos, diminuindo as secreções ou formando camada protetora; contrai os tecidos, combatendo diversas moléstias inflamatórias”. Mais adiante, no Infopédia, há esse complemento: “Muitos adstringentes possuem efeitos antissépticos e analgésicos. Usam-se adstringentes no fabrico de cosméticos antitranspirantes (desodorizantes), assim como em loções para o rosto, óleos cutâneos, pós e cremes”.

Resumindo e trocando em miúdos: adstringente é o melhor amigo de quem tem pele oleosa e com tendência à acne, ou de quem precisa de uma limpeza profunda diária não muito agressiva. Mão na roda para remover resíduos de maquiagem e poluição. Geralmente, é usado na etapa pós lavagem do rosto com o sabonete indicado para o seu tipo de pele. E os adstringentes também possuem fórmulas para cada tipo de pele e um efeito levemente cicatrizante e calmante da pele. Mas use com cuidado, porque a pele sente. Por exemplo, se você tem pele muito sensível, evite aqueles com alta concentração de ácido-acetil-salicílico, porque ardem! Também não indico adstringente para quem faz tratamento à base de ácido retinóico ou assemelhados, porque a tendência nesses casos é a pele ficar irritadiça. O ideal, mesmo, é sempre procurar a dermatologista e conversar com ela, até para que indique um adstringente adequado ao seu caso e que combine com os demais cosméticos que você usa.

Os que já usei – avaliação:

Já falei de alguns adstringentes que usei aqui no blog, em test drives e também em posts sobre demaquilantes e cuidados diários com a pele. Para saber mais sobre o assunto e ver também notícias sobre lançamentos de várias marcas, tem uma tag adstringente no blog. Mas, detalho, abaixo, alguns que já usei, começando pelo que estou usando atualmente:

Natura Chronos Loção Adstringente Reguladora – Pele Mista a Oleosa – Esse vem em embalagem de 150 ml e tem um preço que varia de R$ 40,00 a R$ 50,00, a depender do ciclo da revistinha Natura. O que mais gostei nesse produto é que ele de fato remove a oleosidade e deixa a pele sequinha e com efeito mate. Para usar antes da hidratação e da preparação pré-make é muito bom. Indico também para usar à noite, na limpeza do rosto antes de dormir. Tem um efeito ótimo de reduzir o tamanho dos poros. Mas recomendo que, se sua pele é muito sensível, daquelas que arde com qualquer coisa, tome cuidado com ele, pois tem ácido-acetíl-salicílico na fórmula. Não use também sobre as mucosas e tampouco sobre acne inflamada!

Natura Faces Loção Adstringente – É super suave, não agride e nem arde, uso muito como demaquilante e já atei falei da linha toda em outro post sobre produtos para pele com acne. A vantagem é que não contém álcool na fórmula, mas embora prometa, não fecha os poros com tanta eficiência quanto o da Chronos. O preço do Faces é em média R$ 30,00, a depender do ciclo na revistinha, e a embalagem tem 200 ml.

Nívea Visage Tônico Adstringente – Essa linha Visage da Nívea é uma das minhas xodozinhas. Gosto dos lenços demaquilantes e dos adstringentes para pele mista a oleosa e também da versão pele suave. Contém Extrato de Hamamelis e limpa sem arder, além de ter um cheiro suave gostosinho e um preço que cabe no bolso. Em média R$ 25,00 pelo frasco de 200 ml. O efeito anti-brilho em mim não é tão potente quanto o da Chronos, acima, mas tem um efeito de deixar a pele mate e ao mesmo tempo sedosa que muito me agrada. Outra vantagem é que vende em qualquer farmácia e tem ainda a versão pele seca.

Loção Tônica Adstringente Pure Zone L´oreal – Também faz parte dos que vendem em farmácia, vem em embalagem de 200ml e custa em média R$ 20,00. É geladinho logo que você aplica e não é indicado de jeito nenhum para peles secas ou sensíveis, tem ácido-salicílico na fórmula e no caso das peles secas, deixa ainda mais seca. No meu caso, apesar da pele oleosa, deu um efeito negativo, descamou com o uso continuado, mesmo eu não fazendo nenhum tratamento á base de ácido. Desisti dele por isso.

Clean Face Bio Séve – Uma boa vantagem desse, logo de saída, é o preço camarada: em média R$ 12,00 pelo frasco de 200 ml. A consistência dele é meio grudentinha, tipo uma espuma e depois que você espalha no rosto com o algodão, seca como se fosse uma película. É bem suave, não arde e limpa os poros com eficiência. Mas não acho muito eficaz para controlar o brilho e não gosto muito da sensação da espuminha grudenta, daí que sempre que uso ele, dou uma enxaguada no rosto com água fria, para remover o excesso. Em casos emergenciais, porém, já me socorreu bastante, sobretudo na falta de demaquilante.

Clearskin Loção Adstringente Avon – A marca ainda não acertou nessa linha, prefiro bem mais a Clearskin Professional. Esse adstringente já mudou de embalagem diversas vezes, mas ainda não acertou na fórmula. É a base de ácido-salicílico e para mim a concentração é forte, porque esse, na minha pele ao menos, agride bastante e também resseca e descama com o uso continuado. Abandonei. O preço é na faixa de R$ 13,00, o frasco de 150 ml. Sempre está em promoção nos ciclos da revistinha Avon.

Clean & Clear Johnson & Johnson – O bacana dessa linha é que tem para todo tipo de pele, sempre uso o de pele sensível, e também é fácil de encontrar. A fórmula é a base de ácido-salícilico, mas a concentração não agride tanto a minha pele quanto o da Avon, acima. Noto um bom efeito de limpeza e  fechamento dos poros, mas não resolve a questão do brilho eterno. Na hora que uso até sim, fica tudo sequinho e mate, mas algumas horas depois, tem óleo para todo lado, principalmente na famigerada Zona T (testa, nariz, queixo). Ele melhora muito o desempenho quando associado ao hidratante para pele com acne, da mesma linha. Os dois juntos já dão uma segurada legal no brilho e ajudam a diminuir a aparência vermelhinha da acne. Mas não use sobre espinhas inflamadas demais! A média de preço é R$ 20,00 pela embalagem de 200 ml. Dá para achar em qualquer farmácia.

Higiporo Davene – Dessa linha já usei o verdinho (pele oleosa e com acne) e o roxinho (pele mista). Há ainda uma versão rosa, para pele normal a seca. Prefiro o verde, que é mais suave, já que o roxinho arde um pouco na minha pele. Esse sempre tenho no banheiro, porque é baratinho, média de R$ 10,00 o frasco de 120 ml, vende em farmácias e supermercados e é eficiente, embora não com 100% de acertos. As vantagens: limpa mesmo, removendo células mortas, poeira, resíduos de make; não agride a pele, tem cheirinho suave, deixa o rosto com sensação fresquinha e macio. Desvantagens: não segura o brilho por muitas horas e nem fecha os poros totalmente.

E você, já usou alguma outra marca e quer indicar? Fique à vontade para comentar o post. Vou adorar também se dividir suas impressões sobre os produtos citados acima!

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.


Leia Mais