Revista Manequim investe em editorial “plus size”

Precisava dividir essa informação com vocês. Não é todo dia que uma revista como a Manequim (51 anos de moda no currículo), com um histórico de celebridades do mundo artístico e top models magérrimas ostentando modelitos de cair o queixo na capa, decide investir em um editorial “plus size”. Pois a edição deste mês, já nas bancas, traz a modelo Fluvia Lacerda (como gordinha que sou, estou me tornando uma verdadeira fã dessa modelo!) vestindo peças charmosas e ousadas, que valorizam as meninas G e GG, mostrando a beleza das suas formas exuberantes, mas tudo com muito bom gosto e alinhamento com as tendências da moda.

A produção da revista e a modelo criaram um ensaio com dicas para as leitoras aprenderem a valorizar o próprio corpo sem precisar sair por aí usando preto para disfarçar os quilinhos a mais. Gente, isso para mim tem nome: auto-estima!

A Fluvia Lacerda, que já rendeu outras notinhas aqui no blog, nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em Nova Iorque (a meca da moda) há 13 anos. Ela tem uma história linda, digna de roteiro de comédia romântica hollywodiana: foi descoberta por uma editora de revista de moda em um ônibus, em Manhattan, quando trabalhava como babá. Daí foi convidada para fazer umas fotos e não parou mais.

Fluvia é a única brasileira a trabalhar como modelo plus size no exterior e faz parte do casting da Ford Models EUA (pensem em quantas magras tentam fazer parte do casting dessa agência!).

A modelo já fotografou nos EUA, Espanha, México, Canadá, Alemanha, Austrália, Jamaica, França, Holanda, Londres, África do Sul e para grandes marcas como Kmart, Biluzik, Tórrid e IGIGI. Entre os trabalhos mais importantes de Fluvia está a capa do calendário americano Curves (Curvas) que teve toda a renda voltada para instituições de pessoas com distúrbios alimentares. Além de bonita e bem resolvida, ainda é engajada!

Para saber mais sobre Fluvia, visite o site da modelo: www.fluvialacerda.com

E aqui, duas fotos do making off do editorial da revista Manequim:

Digam se ver uma menina GG bem vestida desse jeito não dá um estímulo a mais para uma gordinha como eu caprichar na produção? Adorei! Esse peep toe azul então, dá um charme a mais no visual.

E essa combinação, numa linha mais mocinha? Achei muito bacana. Notem que as peças escolhidas tem caimento perfeito e valorizam a exuberância a "La Botero" de Fluvia, mas sem marcar o corpo. Até a sobriedade na escolha das cores mostra que é possível ampliar o guarda-roupas de uma menina GG para além do pretinho básico!

Leia Mais

Dicas Outono-Inverno, promoções, plus-size e afins

O sábado invernou em Salvador e me preparo para fazer um chocolate quente para a família (meu filho adora!) e ver uns filmes. Cidade litorânea tem dessas coisas, quando a chuva e o friozinho chegam, todo mundo fica entocado em casa. Mas, antes da sessão sofá e seratonina, uma blogada básica. E como o dia pede agasalho, separei algumas dicas de roupas para a baixa estação e outras novidades. Confiram:

DONABRÍGIDA

Dica de look Outono-Inverno combina meia com desenhos, ankle bots, moleton e vestidinho. Crédito: Divulgação/ DONABRÍGIDA

A dica da multimarcas para o dia a dia são os casacos de moletom para serem usados como segunda peça, dando versatilidade e estilo ao visual. As meias-calças também estão em alta, em modelos como xadrez, desenhos ou listras. Pessoalmente, apostei em uma fio 40, roxa, essa semana, combinada com uma bota de cano médio, sem salto, vestido e um casaco de moleton como sobreposição. Deu ibope… e positivo!

Outra novidade nas araras da DONABRÍGIDA são os vestidos (olha aí, não falei), que ainda continuam em alta nessa estação. As peças caem bem com boleros, coletes ou casacos de tricô. Vale ainda utilizá-los com blazers curtos, abaixo do busto, para incrementar o visual. Também continuam em alta as blusas soltas e com caimento no ombro que podem ser usadas com as calças leggings justas, de cores e padronagens variadas, que é a grande sensação dessa temporada.

Investi em duas leggings de cores básicas. Combinei uma preta com batinha preta e detalhes verdes. Enquanto Gio apostou em legging também preta, com vestidinho e sapatilha, ficou um charme!

E para quem não perde promoção, até  25 de julho as clientes ganham um desconto de até 50% na DONABRÍGIDA do Shopping Paseo Itaigara, na Avenida ACM, em Salvador.


NAKISSKA

Coleção Outono-Inverno Nakisska com itens em promoção

A loja no Salvador Shopping já começou seu período de liquidação pós festas juninas. A cada duas peças, a cliente ganha 30% de desconto e levando quatro peças, são 60% off. A Nakisska oferece linhas de roupas femininas de festa, nightclub, alfaiataria, casual e jeanswear, e funciona no 1º piso, ala Expansão.

PLUS SIZE ELISA PARKER

Modelo usa vestido da nova coleção Elisa Parker. Totalmente cara do inverno pouco rigoroso do Nordeste brasileiro

Aproveito a foto que recebi da assessoria da modelo “plus size” Fluvia Lacerda, para mostrar uma dica charmosa de combinação para a baixa estação para as meninas tamanho G, como eu. Fluvia é a mais nova estrela da campanha da marca americana Elisa Parker, especializada em peças belíssimas para meninas G e GG. A marca traz estilos que se adequam facilmente às diversas ocasiões do dia.  Segundo a designer da marca, Jéssica Tenaglia, que também é G e conseqüentemente, sabe das dificuldades em se vestir, o conceito básico une peças de qualidade, bonitas, sexies, mas que com a combinação certa também podem ser discretas e elegantes.   Para saber mais sobre a modelo, acesse: www.fluvialacerda.com e na foto ao lado, a dica:

Leia Mais

Editorial plus size para nossa autoestima ficar gordinha

"Mulher em frente à janela", obra de Fernando Botero. O pintor se notabilizou por pintar a exuberância das meninas tamanho G

Sou uma menina tamanho G, como se diz por aí, e nunca tive sérios problemas com isso, com exceção da infância, quando os apelidos me faziam chorar na escola, ou quando a minha avó, costureira, dava bronca porque o vestido que ela havia terminado de fazer para mim já estava apertado. Meia hora depois da bronca, lá estava eu na cozinha atrás de uma merendinha. Mas, ainda na adolescência, desencanei com o meu corpo e passei a gostar de tudo o que é fora dos padrões em mim. Sempre tive atenção com o peso por questões de saúde, nunca porque queria ser a capa da revista. Obesidade é doença e por isso eu monitoro direitinho até onde termina meu “excesso de fofura” e começam os riscos cardio-vasculares.  Minhas articulações e o fôlego para subir uma escada são os termômetros.

Mas a tendência atual é que outras meninas tamanho G encontrem seu espaço no mundo da moda e da beleza, pois a diversidade é uma das metas desse novo milênio em que as pessoas (pelo menos as sensatas), saturadas de máquinas e inventos, tentam reencontrar-se (reconciliar-se) com o que há de humano, de fato, em nós. E nada mais humano do que aceitar e admirar o outro, o diferente, o que foge aos padrões. Do contrário, sem essa capacidade de compreensão, tolerância e aceitação,  não passamos de “macaquinhos falantes e enfeitados”, reunidos em “panelinhas” e isolados da verdadeira beleza que a diversidade proporciona. Pois agora, que os sensatos (viva!!), aos poucos, vão quebrando a rigidez da tal ditadura da moda, as meninas tamanho G podem e devem ser capa da revista…

Toda essa digressão é só para mostrar para vocês as fotos do making off de um editoral de moda plus size da modelo Fluvia Lacerda (menina tamanho G, como eu!).  Assim, quem sabe, ajudo a “desencanar” outras mocinhas. Encaro as meninas tamanho G da seguinte forma, elas tem tudo sobrando sim! Sobra mais amor, mais charme, mais sensualidade, mais carinho para dar, mais colo onde se aconchegar… hummm, delícia!

Se você é menina tamanho G, não chore mais na hora do recreio, passe um batom bonito, vista uma roupa que te valorize, levante a cabeça, empine o nariz e faça como a Fluvia, brilhe! No mundo há sim, muito espaço para a sua beleza. E se  a obesidade é doença, lembre que anorexia também é!

O editorial – Fluvia Lacerda  já fotografou campanhas para as marcas americanas Igigi, Torrid, Monif, Eliza Parker, entre outras, e para  a espanhola Biluzik. Pode ser vista também em revistas como Glamour, Latina e Pulse Magazine. Ou seja, verdadeira cover girl (garota da capa). Esse editorial das fotos abaixo tem styling assinado pela equipe CHIC, da Gloria Kalil, e as imagens são de Charles Naseh.

>>Veja mais imagens e leia sobre a Fluvia: o link é este.

Equipe de styling dá os últimos retoques no visual de Fluvia


Uma pose clássica e cheia de charme, como uma musa de Botero

Leia Mais