Núcleo de Oncologia promove oficina de maquiagem

Nesta terça, 31, o Núcleo de Oncologia da Bahia realiza, das 14:30 às 16:30,  uma oficina de maquiagem com suas pacientes. Além de contar a história da maquiagem,  a beauty artist Bárbara Hubert, brasileira radicada em Paris há 34 anos, fará uma sessão de maquiagem com as pacientes oncológicas, ensinando-as a reforçar e valorizar seus traços faciais e corrigir pequenas imperfeições. O encontro vai acontecer no Auditório Anibal Silvany, no terceiro andar do Núcleo de Oncologia da Bahia (Av. Adhemar de Barros, nº 123, Ondina).

O objetivo da oficina é valorizar a autoestima das mulheres em tratamento contra o câncer. Além dessa iniciativa, o Núcleo de Oncologia da Bahia promove às terças-feiras, sempre no turno da tarde, encontros do Grupo Bem Viver, focado em auto-ajuda e aberto a todos os pacientes que se interessarem em dividir e compartilhar suas experiências de vida. Dentro das iniciativas desse grupo é que foi criado o Núcleo de Autoestima – responsável pela oficina de make -, que promove encontros entre pacientes e especialistas com o objetivo de abordar questões relacionadas à estética, nutrição e motivação pessoal entre outros temas.

Leia Mais

O Boticário promove curso de make no interior da BA

O Boticário realiza cursos de automaquiagem em cidades do interior baiano, até o dia 28 de maio, com a maquiadora Gisele Vieira. O curso traz dicas de como produzir looks para o dia a dia, além de opções para a noite, com um make mais fashion. As consumidoras das cidades contempladas também vão conferir os produtos da coleção Outono -Inverno 2011 da linha Make B., aquela maravilhosa, que foi criada pelo Fernando Torquato para a marca, lembram? As vagas são limitadas a 25 participantes por turma e o curso tem carga horária de duas horas. Mais informações podem ser obtidas nas lojas O Boticário das cidades participantes.

Vejam a programação no quadro abaixo:

Data

Turmas

Local

Endereço

18/05/2011

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

Ibicaraí

End.: Rua 2 De Julho, S/N – Loja A

Tel.: (73) 3242 1595

19/05/2011

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

Itabuna

End.: R. Professor Alicio De Queiroz, 2 – Térreo

Tel.: (73) 3214 8539

End.: Travessa. Adolfo Leite, 40 – Térreo

Tel.: (73) 3215 8517

End.: Rua Adolfo Maron, 125 – Loja 3 B

Tel.: (73) 3214 8541

   End.: Av. Aziz Maron, S/n – Shop. Jequitibá – Loja 7

Tel.: (73) 3214 8528

20/05/2011 

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

 Itabuna

End.: R. Professor Alicio De Queiroz, 2 – Térreo

Tel.: (73) 3214 8539

End.: Travessa. Adolfo Leite, 40 – Térreo

Tel.: (73) 3215 8517

End.: Rua Adolfo Maron, 125 – Loja 3 B

Tel.: (73) 3214 8541

   End.: Av. Aziz Maron, S/n – Shop. Jequitibá – Loja 7

Tel.: (73) 3214 8528

21/05/2011 

10h às 12h

13h às 15h

16h às 18h

 Camacan

End.: Av. Dr Joao Vargens, 1 – Térreo

Tel.: (73) 3283-1024

23/05/2011

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

Eunápolis

End.: Av. Duque de Caxias, 448

Tel.: (73) 3261-8350

End. Av. Porto Seguro, 379 – Centro

Tel.: (73) 3281-0325

24/05/2011

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

Porto Seguro

End.: Av. 22 Abril, 100 – Shop. Avenida

Tel.: (73) 3288-3321

End.: Av. Getúlio Vargas, 170

Tel.: (73) 3288-2742

25/05/2011

13h às 15h

16h às 18h

19h às 21h

Eunápolis

End.: Av. Duque Caxias, 460

Tel.: (73) 3261-8350

End. Av. Porto Seguro, 379 – Centro

Tel.: (73) 3281-0325

26/05/2011

14h às 16h

19h às 21h

Itamaraju

End.: Rua José Anchieta, 116

Tel.: (73) 3294-3071

27/05/2011

14h às 16h

19h às 21h

Itamaraju

End.: Rua José Anchieta, 116

Tel.: (73) 3294-3071

28/05/2011

14h às 16h

Caravelas

End.: Praça Dr Emílio Imbassay, 24

Tel.: (73) 3297-1575

28/05/2011 19h às 21h

Prado

End.: Av. Dois De Julho, 561 – Box A
Tel.: (73) 3298-3012

Leia Mais

Mitos e Verdades sobre unhas

Compartilho com vocês um material bem bacana que recebi hoje via email, sobre os mitos e verdades no cuidado com as unhas. São 11 perguntas, com as devidas respostas dadas pelo médico Paulo Henrique Lucas, sobre dúvidas como: se pode ou não esmaltar as unhas sem dar intervalo para elas “respirarem”; se pode ou não remover cutícula; como funciona a proteção das bases hipoalergénicas com um esmalte que contém tolueno, entre outras informações muito úteis. Espero que gostem!

*TOP 11: OS MITOS E VERDADES QUANDO O ASSUNTO SÃO AS UNHAS

Todas as mulheres, sejam elas clientes ou manicures, possuem suas crenças sobre o que se pode ou não fazer para as unhas crescerem mais fortes, bonitas e saudáveis. Mas será que esses ideais são verdade ou mito? Para desvendar tais mistérios, o Dr. Paulo Henrique Lucas respondeu algumas questões que as mulheres costumam acreditar:

1. CRENÇA – Pintar as unhas com esmaltes escuros as deixam escuras.

Mito. Na verdade, o que deixa as unhas escuras são algumas substâncias presentes na maioria dos  esmaltes convencionais como o formaldeído, o tolueno e o benzeno, que agridem as unhas, as tingindo gradativamente, conforme o uso destes esmaltes.

2. CRENÇA – Cortar as unhas ao invés de lixá-las faz com que elas fiquem mais fracas e quebradiças.

Mito. Cortar ou lixar as unhas não interfere na saúde das mesmas já que este processo não é feito em sua matriz, mas sim na extremidade da unha, quando ela já passou por toda a sua fase de crescimento.

3. CRENÇA – Para obter melhor resultado, as unhas devem sempre ser cortadas onde começa a “carne”.

Mito. Esta parte debaixo da unha nada mais é que uma proteção da própria. Cortando rente a ela, a unha pode sofrer alguns danos, como o descolamento, ou até, ser machucada. O certo é deixar uma pequena parte da unha para cima, para que esta proteção continue ativa.

4. CRENÇA – Não se pode tirar o esmalte com acetona, pois danifica a unha.

Verdade. A acetona é uma substancia muito agressiva, que em contato com a unha a deixa cada vez mais fraca e esbranquiçada. O correto é usar removedores sem acetona que não agridem e/ou ressecam as unhas.

5. CRENÇA – Esmaltes escuros fortalecem e aceleram o crescimento das unhas.

Mito. Os esmaltes escuros não contem nenhuma substância que possa fortalecer a unha. As substâncias encontradas em esmaltes comuns como o formaldeído (tóxico), o tolueno e o benzeno (solventes agressivos) fazem o trabalho contrário. Além de enfraquecerem, são perigosas para as pessoas mais sensíveis nesta área. Antes de comprar algum vidrinho de esmalte, confira se o mesmo é livre destas químicas. E caso ocorra alguma alergia, antes de qualquer coisa, o melhor é procurar um médico, pois ele fará testes que irão dizer qual foi realmente o problema.

6. CRENÇA – O correto é deixar as unhas sem esmalte para que ela possa “respirar”.

Mito. As unhas são constituídas por células mortas de queratina, sendo assim, ela não tem necessidade de “respirar”. O que pode ocorrer é o ressecamento e enfraquecimento das unhas em virtude da esmaltação contínua  feita por esmaltes convencionais que possuem tolueno, benzeno e formaldeído (agressivos às unhas). Para o bem da saúde das unhas, é sempre bom optar linhas de esmaltes que não agridam as unhas e são livres destas substâncias tóxicas. Utilizando esses esmaltes sem agressividade, é possível esmaltar as unhas todos os dias sem intervalos e sem agressão às mesmas.

7. CRENÇA – Não se pode tirar a cutícula, o correto é empurrá-la.

Verdade. A cutícula é uma pele que se sobrepõe à unha, agindo como uma proteção natural contra bactérias e fungos. Removendo-a, a unha se torna suscetível a tais problemas.

8. CRENÇA – É possível contrair hepatite fazendo as unhas.

Verdade. Se no salão que você frequenta a sua manicure não toma todas as prevenções necessárias, a possibilidade de contrair a doença é grande. Além de higienizar o material, é necessário esterilizá-lo de forma correta. O mais eficaz é ter o seu próprio kit de manicure e levá-lo sempre que for fazer as unhas.

9. CRENÇA – Para as pessoas que são alérgicas, pode-se passar uma base hipoalergênica e qualquer outro esmalte por cima.

Mito. A base hipoalergênica não garante que será feita uma película ou filme sobre a unha que impeça que  o suposto esmalte convencional  não irá entrar em contato com a unha e causar alergia.

10. CRENÇA – Manter as unhas sempre úmidas pode causar doenças.

Verdade. A umidade excessiva favorece o surgimento de micoses como o “unheiro”.  O correto é evitar deixar as mãos úmidas por muito tempo. Quem trabalha  expondo frequentemente as mãos e unhas à água deve manter as mãos bem secas após o término da sua atividade para evitar ataques de fungos e bactérias que levarão a doenças.

11. CRENÇA – O formato das unhas  facilita que as mesmas encravem ou se lasquem com mais facilidade.

Verdade. As unhas dos pés preferencialmente devem ter o formato quadrado para impedir que elas encravem. O uso de sapatos apertados contribui para o surgimento de unhas encravadas. Já o formato ovalado é ideal para unhas das mãos que são habitualmente fracas e quebradiças, pois unhas nesse formato “quebram” com menos facilidade.

*Material elaborado e enviado ao blog pela Lívia Clozel Comunicação e publicado mediante citação da fonte e respeito à integridade do material.

Leia Mais

Utilidade Pública: Mutirão contra cânceres de mama e útero

Abro espaço aqui no blog para divulgar uma nota de utilidade pública que recebi hoje da Secretaria Municipal de Saúde. Peço que quem puder twittar ou passar a informação adiante, faça isso, porque poderá ajudar muitas mulheres que não têm acesso a um acompanhamento rotineiro na ginecologista ou mastologista.

============================

Outros blogs que militam na causa:

A publicitária Paula Dutra, do blog Mulherzinha, também fez poste com um serviço muito bom para pacientes que estão em tratamento de câncer. Vale conferir aqui nesse link!

===========================

Mutirão de preventivos do câncer de mama e útero acontece na sexta

Profissionais de Saúde da Unidade de Saúde da Família Alto do Peru, Distrito Sanitário São Caetano/Valéria, promovem nesta sexta-feira (08), um mutirão de exames preventivos do câncer de mama e útero, os dois tipos mais comuns entre as mulheres. O objetivo é estimular o diagnóstico precoce, aumentando as chances de cura das pacientes.

Câncer do colo do útero – Com aproximadamente 500 mil casos novos por ano no mundo, o câncer do colo do útero é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, sendo responsável pela morte de 230 mil mulheres por ano. O surgimento do câncer do colo do útero está associado à infecção por um dos 15 tipos oncogênicos do HPV. Outros fatores de risco são: tabagismo, baixa ingestão de vitaminas, multiplicidade de parceiros sexuais, iniciação sexual precoce e o uso de contraceptivos orais.

Câncer de mama – O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos nesse grupo. Embora seja considerado um câncer de bom prognóstico, trata-se da maior causa de morte entre as mulheres brasileiras, principalmente na faixa entre 40 e 69 anos, com mais de 11 mil mortes/ano (dados de 2007). Isso porque na maioria dos casos a doença é diagnosticada em estádios avançados.

Serviço:

O quê: Mutirão de diagnóstico de câncer de mama e colo do útero

Quando: sexta-feira, dia 08, durante todo o dia

Onde: Unidade de Saúde da Família do Alto do Peru (2º Travessa do Oriente, s/n, Alto do Peru, distrito sanitário São Caetano/Valéria)

Mais detalhes sobre ações da Secretaria Municipal de Saúde visite o site oficial, neste link.

Leia Mais

SOS Carnaval 2 – Mais dicas de look e alimentação saudável

E agora que faltam menos de 24 horas para o fuzuê começar, o blog recebeu mais algumas dicas de looks (para quem ainda não sabe o que vestir e abalar na folia), sugestões de cuidados com a pele durante os dias de intensa atividade física e, para repor as energias, orientações de como manter a alimentação saudável durante o Carnaval. Confiram a segunda versão do nosso “Kit de Primeiros Socorros Momescos” e divirtam-se!

===================================

Não deixe de ler também:

>>SOS Carnaval: dicas para arrasar no look e na atitude

>>Artigo: Sexo frágil e a prevenção da AIDS no carnaval

>>Guia do Carnaval de Salvador 2011

>>Entrudo, festa para Dionisio, confete e serpentina

==================================

“ENJOY” THE PARTY!

Começo o SOS Carnaval com as dicas de beleza e essa grife não podia ter nome mais significativo! A Enjoy indica para quem vai cair na gandaia os modelos da coleção de alto-verão 2011. São peças que unem conforto e colorido, além de serem confeccionadas em tecidos leves, ideais para as altas temperaturas da capital baiana. Por aqui, tem loja Enjoy no Salvador Shopping. E para falar com o SAC da marca: 0800-236569.

SMARTBAG SUGERE MINI BAGS

Vou dar a dica da Smartbag, até porque, a marca não é de Salvador e o Carnaval de rua daqui não se parece em nada com o de outras paragens desse imenso Brasil, mas seria uma leviandade não alertar que em se tratando da capital baiana, bolsa nenhuma é mil vezes melhor que as mini bags. Nessa época de ano os assaltos crescem muito e bolsa, mesmo pequena, chama a atenção que é um horror. E nada de sair toda trabalhada no ouro minha gente, uma prima deu vacilo essa semana, caminhando no Farol da Barra, e teve a correntinha arrancada do pescoço! Mas, para quem vai curtir uma folia vip, a Smartbag recomenda as mini bags, bolsinhas que se destacam pela funcionalidade.”Cabe o cartão de crédito, documentos, iphone,  lipstick e uma graninha”, diz o release da marca. Mas honestamente, por aqui, dispense o cartão e o iphone, leve só a graninha necessária, um batom (que somos filhas de Deus!) e uma xerox autenticada do RG. Deixe o resto dos documentos em casa. A polícia alerta todo ano. As bolsinhas, como vocês veem nas fotos acima, são uns encantos e servem perfeitamente para outras ocasiões, em festas menos tumultuadas que a folia baiana. Para ver mais peças da marca, visite o site: www.smartbag.com.br ou ligue (11) 2092-4666 para saber preços e locais de venda.

CÍLIOS COLORIDOS SÃO A APOSTA DA KLASS VOUGH

A Klass Vough, marca de itens para maquiagem, apresenta algumas opções de cílios coloridos para quem quer ousar no look durante o Carnaval. Com cores fortes e pelos longos, os cílios artísticos fazem uma divertida combinação com fantasias e acessórios, prometendo valorizar o olhar. O preço sugerido é R$ 23,00 cada e para saber detalhes, ligue no SAC Klass Vough (11) 3276-2566 ou acesse: www.klassvough.com.

PARA COMBATER A PELE OLEOSA DURANTE A FOLIA

Atenção meninas que tem a pele acneica (sofro desse mal, como vocês sabem), a dica agora é da minha dermatologista: o calor intenso, a poluição, a suadeira na rua, a maquiagem pesada e cenográfica durante o Carnaval, tudo isso aumenta a oleosidade da pele e favorece o surgimento ou inflamação das famigeradas espinhas. Não descuidar da higienização adequada do rosto é a norma e até escrevi um post enorme sobre a limpeza da make outro dia (relembre aqui), portanto, nada de dormir com a cara cheia de pintura e ácaros! Minha dermato, para tratar a oleosidade, me indicou há uns dois meses atrás, o Dermotivin Control, sabonete líquido com substâncias que auxiliam a regularizar a atividade das glândulas sebáceas (que são as que produzem o óleo da pele), eliminando o desconforto provocado pelo excesso de oleosidade e a aparência brilhosa e grudenta. Vende em qualquer boa farmácia, não requer receita para comprar, porque é um cosmético, e pode ser usado para lavar o rosto de quem tem pele mista e oleosa, de duas a três vezes ao dia (ou mais vezes, a depender do seu grau de oleosidade). Há também uma linha soft, para peles sensíveis e ressecadas (que descamam muito) e a versão também em espuma. Indico até mesmo fora do período de Carnaval. O preço é salgadinho, mas pesquisando, dá para encontrar por uma valor justo e a durabilidade compensa, porque o frasco tem 130 ml e você só vai usar no rosto, pescoço e colo. Custa em média R$ 45 a R$ 60 reais, a depender de onde você vai comprar. Aqui em Salvador, já comprei na Farmácia Santana e pela internet, entrei em contato também com a  Galderma, a fabricante, que tem email: sac@galderma.com e SAC: 0800 0155552.

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA PARA AGUENTAR A MARATONA

Ano passado, também publicamos algumas dicas de nutricionistas sobre como manter uma alimentação saudável durante o Carnaval (relembre aqui e aqui também. Este ano, as orientações são dos profissionais da rede Mundo Verde.

“A alimentação deve privilegiar os alimentos integrais, para ajudar na desintoxicação, tais como arroz integral, feijão azuki, hamburguer de tofu/quinua grelhado, pratos com almôndega de soja, quibe com tofu, quiche de legumes e as leguminosas (lentilhas, ervilha, grão de bico, soja)”, orienta a nutricionista Flávia Morais.

Para fartar a mesa antes ou depois da festa, prefira alimentos fonte de carboidratos, como pães, massas com molhos leves, batata, arroz, cereais integrais. Eles são responsáveis pela formação de energia, que facilmente serão disponíveis para o gasto energético da folia. Os cereais integrais são fonte de vitaminas do complexo B e fibras, que ajudam a diminuir a taxa de colesterol do sangue e melhoram o funcionamento intestinal, além de causar a sensação de saciedade, sendo um coadjuvante na perda de peso.

Evite alimentos gordurosos, como carnes gordas, frituras, salgadinhos e doces, pois além de muito calóricos, têm digestão lenta e difícil. O ideal é trocar por frutas que têm digestão fácil e são ricas em vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes.

Outra opção é salada, abusar de verduras e legumes, principalmente crus. Este tipo de alimento fornece nutrientes importantes e ajudam na reposição de água e sais minerais perdidos pela transpiração.

Além de se alimentar bem, para suportar o desgaste físico, o folião não deve esquecer-se de beber bastante líquido, principalmente pelo fato do feriado coincidir com o verão. “Água de coco e sucos de frutas naturais bem gelados são opções para refrescar e repor os principais sais minerais perdidos. As bebidas alcoólicas devem ser evitadas, já que além de calóricas, facilitam a diurese”, esclarece Flávia, que alerta: “O álcool em excesso provoca ressaca, sede, dor de cabeça e náuseas, além de outras conseqüências mais sérias, acarretando prejuízos de estômago, fígado, hipertensão arterial, etc.

Uma opção é aderir aos sucos naturais como os de clorofila, que além de hidratar e fornecer vitaminas e minerais, ajuda a desintoxicar o organismo. Outro aliado é o chá verde, seus polifenois ativam o sistema imunológico, e a presença de manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2 ajudam a prevenir doenças cardíacas e circulatórias. O consumo diário desse chá ajuda a diminuir as taxas do LDL (colesterol que faz mal à saúde). O suco de uva orgânico com polpa de clorofila além de antioxidante, repõe minerais, vitaminas e aminoácidos necessários para combater o desgaste físico.

Um serviço bacana é que a rede Mundo Verde oferece um serviço de Alô Nutricionista, disponível em todo o Brasil, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, pelo telefone pelo 0800-0222528 ou e-mail: alonutricionista@mundoverde.com.br.

MITOS E VERDADES SOBRE A BEBEDEIRA

E para fechar o SOS, algumas informações valiosas sobre a combinação perigosa álcool e folia, enviadas ao blog pela assessoria do Image Memorial/DASA:

Café, azeite, leite. Qual é o melhor remédio para curar a bebedeira? O senso comum costuma usar essas técnicas para amenizar os efeitos da embriaguez, mas será que algum deles funciona de fato? “O consumo de álcool em excesso pode gerar diversos riscos e não há nada que possa diminuir os efeitos que ele acarreta”, afirma Francis Fujii, médico de família e patologista clínico do Image Memorial.

Um dos perigos do consumo abusivo de bebidas alcoólicas está relacionado à hipoglicemia, baixa na taxa de glicose sanguínea, que pode levar uma pessoa a desmaios ou ao coma alcoólico. “O uso do álcool, principalmente em momentos festivos, como o Carnaval, pode ser agradável. Mas as consequências, principalmente se houver abusos, podem ser graves”.

Ficar alcoolizado está relacionado à ingestão (quantidade) e metabolização do álcool, ou seja, sua eliminação do organismo. Isso acontece principalmente pelos rins, que fazem 90% do trabalho, mas também pelos pulmões e pele. Segundo o patologista clínico, costumes como o de beber muita água antes do álcool, ingerir azeite, leite ou refrigerantes não ajudam a diminuir os efeitos do consumo excessivo de álcool.

“A ingestão dessas substâncias podem ajudar a combater os sintomas como desidratação e hipoglicemia, mas não corta a embriaguez”, afirma o Dr. Fujii. No entanto, tomar uma xícara de café forte ajuda a deixar o corpo mais alerta, fazendo com que, aos poucos, os efeitos do álcool diminuam.

*Informações atualizadas de acordo com os resultados do 3T10 Proforma.

 

Leia Mais

Curtinhas do Mundo Fashion: notinhas de weekend

Ainda sem conseguir fazer das Curtinhas uma coluna diária 🙁 Vocês não imaginam a quantidade de emails que o blog recebe, para fazer triagem e separar coisas bacanas para mostrar por aqui, sem contar nos outros assuntos desse vasto “universo feminino”… Mas, nada de “muro das lamentações”, afinal é sábado! Para este fim de semana, separei algumas coisinhas variadas, para agradar todo tipo de leitor (a). Ainda tem notícias do Verão, mas o Inverno se insinua. Divirtam-se com a geleia geral do weekend:

RENNER ABRE 45 VAGAS PARA LOJAS DO NORDESTE

Começo com uma notinha de Utilidade Pública que até anunciei no Twitter essa semana. A rede de lojas Renner abriu processo de seleção de colaboradores para unidades em Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Recife e Salvador. Os interessados devem entregar o currículo em qualquer uma das lojas da rede nestas cidades entre os dias 07 (nesta segunda-feira) e 18 de fevereiro.  São cerca de 45 vagas para assistente de vendas, fiscal de loja e caixa. Os candidatos à assistente de vendas e caixa devem ter o ensino médio completo. Para fiscal de loja é necessário o ensino fundamental completo.  Os candidatos devem ter, no mínimo, 18 anos. A seleção é inclusiva e deficientes físicos também podem se candidatar para concorrer às vagas.

LINHA AVON CARE: PRODUTOS BASICS E NOVOS ITENS

Essa também adiantei no Twitter durante a semana, mostrando a foto dos itens que recebi para testar, da linha Avon Care, enviados para mim pela Santa Clara, assessoria da marca em Salvador. Alguns produtos da nova linha Care, na verdade, eu já usava desde os tempos da linha Basics, ou seja, de cuidados básicos e diários. De alguns até já falei por aqui, como a máscara de pepino, que resiste incólume ao tempo, desde os meus tempos de criança, quando minha mãe já usava. Outro dia li no Chick Fashion Trends, de Kelly Pinheiro, sobre o creme 3 em 1, que numa emergência ela usou como demaquilante. Essa nova linha Care, portanto, é a Basics repaginada e ampliada com outros itens como um creme hidratante e um sabonete em gel facial de pepino (indicados para peles oleosas – meu caso). Tem também outras modalidades de creme facial, como um nutritivo e um clareador, diversos tipos de hidrante corporal, creme para mãos (o bom e velho luvas de silicone – também dos tempos de mamãe) e um novo de glicerina e cálcio, que promete fortalecer as unhas (estou bem precisada), bastão de hidratação labial e outras coisinhas. Os resultados dos testes vou divulgando por aqui aos poucos. A vantagem inicial da linha Care é que ela mantém os precinhos camaradas da época do Avon Basics. Para comprar, apelem para aquela sua vizinha, amiga ou conhecida que vende Avon, ou veja aqui o folheto da loja virtual.

COLEÇÃO MECHAS BALAYAGE RIVIERA DE L´ORÉAL

E aqui uma notinha de interesse das loiras. A L’Oréal Professionnal lançou a linha Balayage Riviera, desenvolvida para atender a demanda das mulheres brasileiras que buscam clareamento natural, reproduzindo o efeito de dourado do sol nos fios. Para desenvolver os looks da campanha, feita 100% no Brasil, foram convidados quatro renomados hair stylists (Charles Veiyga, Rodrigo Antony, Hans e  Célio Faria) que criaram quatro visuais exclusivos para a linha: mechas tridimensionais, que misturam a sobreposição de tons ao tom natural dos cabelos; mechas degradée, que realça a luminosidade, mantendo o degradée natural dos fios; mechas Califórnia Blush, que reproduz a luminosidade natural do Verão no comprimento dos fios e, mechas versátile, técnica especifica para cabelos crespos. As fotos do ensaio são de Marcos Serra Lima.

VERÃO COM ELEGÂNCIA XARMONIX

A Xarmonix está com nova coleção de objetos de decoração inspirados no universo marítimo e na cor azul. Trata-se de uma linha de acessórios para ambientes praieiros, piscina e barco; ou mesmo para dar um toque inusitado aos ambientes urbanos, numa cidade litorânea como Salvador até que combina. A marca possui loja virtual: www.xarmonix.com.br, com entrega em todo Brasil. E abaixo, os endereços em Salvador:
– Salvador Norte Shopping, L2, São Cristóvão. Tel.: 71.3365-6728.
– Salvador Shopping, L2. Tel.: 71 3878-2979
– Shopping Barra, L3: Tel.: 71 3267-2334.
– Shopping Iguatemi, L3. Tel.: 71 3450-5925

INVERNO 2011 BY SCALA

Vou falar de uma coisinha que eu adoro, underwear. A coleção Inverno 2011 da Scala, uma marca que também aprecio bastante no quesito lingerie, está cheia de peças lindas para a baixa estação. Há também uma coleção inteirinha de peças outerwear, com opções para todos os corpos e estilos. Na linha Underwear Básica, a marca desenvolveu uma ampla coleção de calcinhas e soutiens feitos com tecidos e acabamentos de última geração. Já a linha Underwear Fashion apresenta uma coleção inspirada nos temas Ilusion, Antique e Rustic, com estampas exclusivas, ampla cartela de cores e modelagens variadas. Há ainda a Underwear Luxury, calcinhas e soutiens com acabamentos especiais, em rendas e cristais.  Para as adolescentes, a linha Teen underwear traz modelos básicos para serem usados no dia-a-dia. E a Underwear Masculina, oferece cuecas de tecido leve e secagem rápida. Na linha Básica Outerwear, as peças são desenvolvidas em fios como o bouclê, molinê ou microfibra e não têm costuras laterais, proporcionando conforto e ajuste perfeito ao corpo. Também são três coleções: Ilusion, Antique e Rustic. E para saber detalhes, visite o site: www.scalasemcostura.com.br.

PINCEL DIGITAL DUO FIBER DW1 DA KLASS VOUGH

E para fechar a série do dia, outra nota útil para maquiadores profissionais e para as moças que querem arrasar no quesito “faça você mesma”. Não esqueçam que o estilo ladylike, uma das tendências da próxima estação, pede pele impecável. A Klass Vough, renomada marca de pincéis profissionais e acessórios para beleza, trouxe para o Brasil o Pincel Digital Profissional Duo Fiber DW1, uma combinação de fibras naturais e sintéticas que prometem um acabamento mais uniforme e suave na pele. As cerdas de fibras ópticas da composição são indicadas para trabalhos em televisão, pois promovem melhor resultado no acabamento final da make, ainda mais que as câmeras são de altíssima resolução e qualquer imperfeição torna-se logo visível em rede nacional. Com cabo longo, pode ser utilizado tanto em aplicação de pós ou cremes, como também para bases líquidas, fazendo a aplicação e dando o polimento ao mesmo tempo. O preço sugerido é de R$ 49,90 cada. Para conferir fotos dos pinceis, saber onde tem pontos de venda e que tais, o SAC Klass Vough é através do telefone (11) 3276-2566 e o site da marca é o www.klassvough.com.

Leia Mais

Shopping Barra anuncia ampliação

O Shopping Barra (Av. Centenário) anunciou nesta terça, 1º, a sua ampliação. Embora tenha recebido o convite para o evento, não tive como ir, porque estava no jornal no horário, mas recebi informações sobre a obra através da assessoria de imprensa do empreendimento. Senti falta, porém, de um detalhe valioso no material, que é mostrar aos frequentadores como ficará a rotina de funcionamento do shopping enquanto durar a reforma. Prometo me informar e assim que tiver detalhes, divido aqui com vocês.

De acordo com o material da assessoria, as obras terão início ainda este mês e vão demandar um investimento de R$ 70 milhões. Com a expansão, o Barra passará a ter aproximadamente 50 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL), onde funcionarão um complexo de cinemas, mais de 70 novas lojas, um centro de diversão para adultos, adolescentes e crianças, espaço gourmet e um novo parque de estacionamento.

Essas fotos são ilustrativas, mas já dá para ter uma ideia de como vai ficar o Shopping Barra repaginado

Ao todo, serão gerados cerca de 30% de novos empregos diretos e indiretos, chegando a 3.500 postos de trabalho. Outro impacto esperado será no fluxo de frequentadores, que deverá ter acréscimo de até 35%, superando a marca de 2 milhões de visitantes/mês.

O projeto arquitetônico é do escritório Caramelo Arquitetos Associados. O destaque é a fachada moderna, totalmente revestida em vidro e alumínio composto. A construtora responsável será a Andrade Mendonça. Já o planejamento, desenvolvimento e comercialização do projeto de expansão estão a cargo da Enashopp, administradora do Barra desde 2000.

 

Leia Mais

Má gestão compromete atendimento do Beleza Natural

*Texto da jornalista Giovanna Castro

A palavra é pequena – gestão – mas pode gerar enormes consequências em um ambiente, tanto positivas, quando ela existe, ou negativas, quando não dá as caras. E falta de gestão ou deficiências graves de gestão vêm acontecendo, na minha opinião, no atendimento do Instituto Beleza Natural.

Como vocês sabem, eu sou uma cliente do Instituto há oito meses e a cada trinta dias vou lá para retocar minha raiz, afinal de contas, gosto muito do serviço e, apesar dos problemas que listarei a seguir, não pretendo abandoná-lo. Nem que seja por absoluta falta de opção.

Quando comecei a ir ao Beleza, me senti em um oásis, eu que vinha de um salão de bairro muito bom, mas bastante desorganizado em termos de atendimento, já que precisava chegar lá por volta de 7h e, não raro, saía lá pelas 21h. O atendimento do Beleza é feito por meio de uma senha que a cliente pega na entrada e, após o pagamento, se dirige para uma sala onde os números são chamados via painel eletrônico. Uma beleza, pensei!

A primeira etapa, que é pagar, costumava ser rápida. Eu chegava, me dirigia ao caixa, pegava minha senha, pagava e ia para a sala esperar ser chamada para fazer a divisão do cabelo. Esperava coisa pouca, até porque várias meninas ficavam a postos para dividir o cabelo de pelo menos seis mulheres a cada vez. Ritmo de atendimento em série, para desembaraçar e dividir a juba em tufos. Dali da divisão, era esperar mais um pouco, até ser chamada para aplicar o super relaxante. Jogo rápido!

Giovanna Castro

Eu saía do trabalho às 14h, chegava lá por volta das 14h30 e saía no máximo às 18h. Meu recorde foi o dia que saí cerca de 17h, uma maravilha! Porque, adoro salão, como toda mulher adora, a gente se sente o máximo quando é bem cuidada, mas odeio, em letras garrafais, esperar. Odeio mais ainda, e acredito que nenhuma mulher gosta, esperar muitíssimo mais do que parece razoável aguardar por um atendimento.

Pois é, alguma coisa mudou no Beleza, nestes meses de frequência fielmente mensal. Ultimamente, tenho pego a senha e esperado um tempo até mesmo para fazer o pagamento. Entro lá, pego meu número, sou chamada, pago e depois volto para o salão para esperar a divisão. Diversos argumentos podem ser usados, a época de final de ano, que o salão estaria bombando, que a mulherada toda de Salvador resolveu ir cuidar dos cabelos lá, mas nenhum deles justifica.

Se o movimento está sendo maior do que o previsto inicialmente, aparece aqui pela primeira vez a palavrinha mágica, gestão. Há que se rever a quantidade de funcionárias, o sistema de atendimento ou, em último caso, alguma alma boa ficar de olho e remanejar a distribuição de colaboradoras a depender do serviço que estiver deficiente no momento. E isso eu não vejo acontecer no Beleza, nos dias em que vou lá.

Falo isso de cadeira porque aconteceu comigo. Há três meses, mais ou menos, não lembro exatamente, estava havia 50 minutos esperando no salão para ir para a divisão do cabelo. Via várias meninas uniformizadas circulando pela área, enquanto somente duas meninas atendiam na divisão com um monte de mulher esperando a vez. Reclamei.

A justificativa que recebi foi que havia várias meninas em horário de almoço, outras estavam fazendo um treinamento (como assim, treinamento em pleno horário de funcionamento, por volta das 15h??? Não há outro horário que não atrapalhe o atendimento???) e me pediram paciência.

Aliás, todo mundo é educado lá, desde os meninos que ficam no estacionamento organizando o fluxo de veículos, até todas as atendentes. Mas educação não supera falhas de gestão. O mais adequado seria alguém puxar as meninas que circulavam pelo salão, aparentemente, sem fazer nada, e colocá-las na divisão. Porque, mesmo que vá demorar no super relaxante, o atendimento prévio na divisão já “distrai” a gente e ameniza o sofrimento da espera. Mas não foi feito isso.

Giovanna Castro

Da última vez, e foi o que motivou esse meu post, porque eu jamais pensei em escrever algo negativo sobre o Beleza, o sofrimento foi além do normal. Como sempre faço, corri do trabalho direto pro salão. Cheguei lá no horário de sempre e registrei minha senha 035 e pagamento às 14h39, como você pode ver na foto. Começava ali o meu calvário e o de várias mulheres que sofreram a mesma inglória espera naquele dia.

Na hora em que eu cheguei, tinha apenas uma menina dividindo os cabelos das clientes. Uma hora depois, chegaram mais duas, e permanecemos assim por longo tempo. Não sei se houve demissão ou atendentes resolveram deixar o trabalho, mas fato é que vejo menos meninas circulando por lá do que via no começo da minha relação com o Beleza. Às 17h, meu número foi chamado para a divisão.

E você que é mulher, sabe que mulher espera, principalmente em salão, porque sabe que demora mesmo. Ainda não conheci um homem que entenda isso – todos eles falam, “que absurdo!”, “nunca aguentaria isso!”, “iria embora na primeira hora!”. Mas mulher aguenta, ainda mais quando acredita no resultado, que é o meu caso.

Mas também todas se irritam quando o tormento é excessivo e, obviamente, aqui e ali, fui começando a ouvir reclamações da mulherada. Era uma que levantava para reclamar na divisão, outra que abordava uma atendente para perguntar a razão da demora. Nenhuma resposta parecia satisfatória.

Eu, que estava com o número 035, vi o painel eletrônico ir de um em um a partir do 978, até o 999 e vi começar toda a contagem de novo do 000. A inquietação tomava conta de todas nós, até que por volta das 18h10, sim, por volta de 18h10 – uma hora e dez de espera com o cabelo amarrado em tufos e, pior, sem poder desistir porque o serviço já havia sido pago -, uma atendente veio ao salão dizer que a espera seria mesmo de 5 a 6 horas para cada mulher porque meninas tinham faltado, algumas estavam de férias e outras de atestado. “Temos sete colaboradoras e uma vip atendendo e duas meninas da noite estão de férias”, ela disse, se desculpando. Legal! Um salão daquele tamanho com oito pessoas atendendo? Helloooo?

Primeiro erro: alguém não ter dito isso antes. Porque não avisar de hora em hora, por exemplo? Eu falo por mim, até não me importo em esperar, quando percebo que tem alguém preocupado em fazer tudo para que a gente espere menos, não é mesmo?

Segundo erro, dizer que havia recomendado às meninas do caixa que avisassem para as clientes que a espera seria longa, o que naquele dia não aconteceu comigo. Ninguém me avisou nada. As outras mulheres também confirmaram não terem sido advertidas. Fui lá na época do Natal e a menina me disse logo na entrada que havia 42 pessoas esperando só para pagar. O que foi que eu fiz? Decidi que não ia esperar, pronto, tranquilo, sem traumas. Quem ficou lá, não teria porque reclamar, já que foi informado sobre a real situação.

Giovanna Castro

Outro equívoco, dizer que meninas tinham faltado, algumas estavam de férias e outras de atestado, essa última informação quem me passou foi a moça que aplicou o produto no meu cabelo. Eu, como cliente, não tenho absolutamente nada a ver com isso. Esta é uma questão de gestão, ou falta de, gestão administrativa interna. Se acontece um problema desse, a primeira coisa que o gerente deve fazer é remanejar as peças remanescentes para que o cliente final não seja penalizado.

Bom, nada disso tem acontecido no Beleza, pelo menos em duas das datas em que estive lá. Além do mais, encontrar uma moça de roupinha diferente, o que indica que esteja em outra função que pode resolver ou pelo menos acionar quem possa resolver, é a coisa mais difícil. Parece que elas percebem a situação e somem para não serem interpeladas pela fúria das clientes impacientes.

Sentei na cadeira para aplicar o super relaxante em torno de 19h15. Mais de seis horas depois de ter chegado, ainda estava na cadeira, quando uma atendente veio me perguntar se eu iria comprar algum produto. O salão já estava fechado e as últimas clientes aguardavam atendimento. Às 20h44, como aparece na foto do boleto do cartão de débito, comprei um creme para pentear. Saí de lá, exausta, perto de 21h45 com meus cachinhos renovados e já imaginando o que me espera no próximo mês.

Não conheço a estrutura administrativa do Instituto Beleza Natural, sou apenas uma consumidora do produto que, reafirmo, vou continuar utilizando porque me atende muito bem e deu ao meu cabelo o visual que eu precisava. Mas algo tem que ser feito urgentemente em relação ao atendimento, sob pena de clientes abandonarem o serviço, mesmo gostando dele.

Certa vez, conversando com uma das atendentes, ela me falava exultante, enquanto fazia o meu cabelo, que Zica (idealizadora e dona da rede de salões) vinha periodicamente a Salvador para aplicar, ela mesma, treinamentos e que não tinha besteira nenhuma com as funcionárias.

“Ela senta na mesa com a gente e vai almoçar no mesmo restaurante. Não tem frescura. Ela também diz que todos nós somos iguais e que somos importantes para o sucesso dela”. Achei isso muito simbólico da filosofia que a dona pretende imprimir ao seu negócio, mas já tá na hora de Zica dar outro pulinho aqui em Salvador. Parece que a mensagem anda se perdendo da memória das meninas…

Confira entrevista com Heloísa Assis, mais conhecida como Zica, dona e idealizadora da rede Beleza Natural

Leia Mais

Caixa lança campanha de ajuda às vítimas da chuva

Santa Rita, em Teresópolis - RJ. As fotos são de Vladimir Platonow, da Agência Brasil, que é a assessoria de comunicação do governo federal. O material da ABr é de uso gratuito, desde que citados os créditos

Recebi, via email, um release da Caixa Econômica Federal sobre uma campanha que o banco iniciou para ajudar as vítimas da chuva no país. Para não gerar mal-entendidos, vou publicar abaixo, a íntegra do documento. Volto a frisar que a campanha é da Caixa e o texto foi redigido pela assessoria nacional do banco, portanto, o blog está apenas divulgando a iniciativa. Estamos fazendo nossa parte como jornalistas, que é ajudar a informação a circular. Quem quiser dar uma força também, pode divulgar o post nas redes sociais que frequenta. Solidariedade, – lembram? – não sai de moda!

============================

Leia também:

Campanha #SOS Chuva

============================

CAIXA LANÇA CAMPANHA PARA AJUDAR VÍTIMAS DAS CHUVAS

Conjunto de ações prevê abertura de conta para doação, atendimento diferenciado, pagamento de benefícios sociais para famílias atingidas e linhas de crédito especiais para empresas e trabalhadores

A Caixa Econômica Federal lançou, na sexta-feira (14), o plano Ação Integrada Caixa – Rio Solidário, para atendimento às famílias, ao setor produtivo e ao poder público dos municípios em estado de calamidade ou situação de emergência provocados pelas chuvas das últimas semanas.

As medidas incluem ações de atendimento, como criação de força-tarefa com horário estendido para informações gerais, liberação do escalonamento do calendário do Bolsa-Família, pagamento do Abono Salarial e Rendimentos do PIS, além dos benefícios do INSS e Seguro Desemprego, liberação e pagamento de FGTS, indenizações de sinistros, reforço das equipes das agências; informações diferenciadas no SAC CAIXA (0800 726 0101) específico para regiões atingidas, reforço do quadro de engenheiros e analistas, para agilização dos procedimentos técnicos, ação estruturada com o poder público, para diagnóstico da situação, e proposição de soluções e orientação na elaboração de projetos.

A CAIXA destinará linhas de crédito habitacional e comercial, em condições diferenciadas, para a região atingida. Estão previstas ainda campanhas de arrecadação de donativos nas agências da região. Além disso, também foi aberta uma conta corrente para ajudar as vítimas. As doações aos moradores das regiões em estado de emergência podem ser feitas na conta da Defesa Civil do Rio de Janeiro, número 2011-0, agência 0199, operação 006.

CONDIÇÕES PARA PAGAMENTO DO FGTS

O pagamento do FGTS acontece após o recebimento da Declaração de Área Atingida, a ser emitida pelas Prefeituras das cidades envolvidas. Serão beneficiados os trabalhadores das localidades que se enquadrem nas condições estabelecidas pelo Decreto 5.113/2004:

a) decretação de estado de calamidade pública ou situação de emergência pela Prefeitura Municipal;

b) reconhecimento dessa decretação pelo Ministério da Integração;

c) entrega, pela Prefeitura, de Declaração de Áreas Afetadas à CAIXA;

d) habilitação do trabalhador junto à CAIXA, mediante comprovação de titularidade de conta vinculada e de residência em uma das áreas afetadas, constantes da declaração citada acima;

e) o trabalhador tem 90 dias, após a publicação do ato do Ministério da Integração Nacional, reconhecendo o estado de calamidade/emergência decretado pela municipalidade, para solicitar o saque.

Os atos mencionados nas alíneas “a” e “b” já foram editados pelas autoridades competentes.

PARA O SAQUE DO FGTS

Os trabalhadores deverão apresentar os seguintes documentos:

– Identidade, carteira de habilitação ou passaporte;

– Comprovante de residência ou Declaração da Prefeitura;

– Carteira de Trabalho;

– Cartão do Cidadão (opcional).

BOLSA FAMÍLIA

– Cartão social e senha ou Documento de identificação;

Nos casos em que o beneficiário tenha perdido o cartão e documentos de identificação, poderá sacar o benefício mediante apresentação de Declaração da Prefeitura.

*O Cartão Social (Cartão do Cidadão) facilita o recebimento do FGTS, Bolsa Família, Seguro Desemprego, e outros benefícios, permitindo o saque nas Lotéricas, Correspondentes CAIXA Aqui ou autoatendimento no limite de até R$ 1.000,00.

SERVIÇO

CONTA PARA DOAÇÃO

Conta da Defesa Civil – RJ
Banco: Caixa Econômica Federal -104
Agência: 0199
Operação: 006
Conta: 2011-0
CNPJ: 42.498.717/0001-55

Outras informações: SAC Caixa (0800 726 0101)

Leia Mais

Campanha #SOS Chuva

A iniciativa é da Paula, autora do blog Mulherzinha. Pelo Twitter, nesta sexta-feira, fez a convocação para unir a blogosfera – e a twittosfera, lógico – em uma campanha para ajudar as vítimas das enchentes no Rio de Janeiro, Minas e São Paulo.

A situação no Rio é uma das mais críticas e, infelizmente, é tragédia anunciada, como analisou o jornalista Paixão Barbosa, autor do Política & Cidadania.

Atendimento às vítimas da chuva no Rio de Janeiro. Em Teresópolis, médicos e enfermeiros trabalham em posto improvisado na igreja de Santa Luzia. A foto é de Valter Campanato - Agência Brasil

Mas, independente de apontar culpados ou reclamar dos governos da maioria das cidades e estados brasileiros que sofrem com chuvas demais ou de menos todos os anos, o objetivo aqui é atender ao chamado e ajudar na campanha.

Segundo o post de Paula, os itens mais urgentes são esses:

  • Água potável
  • Alimentos não perecíveis: Achocolatado em Pó, Açúcar, Arroz, Biscoito Doce,  Biscoito Salgado, Extrato de Tomate, Farinha de Trigo, Feijão, Fuba, Leite em Pó, Macarrão, entre outros;
  • Roupas
  • Cobertores
  • Colchonetes
  • Itens de higiene pessoal: sabonete, pasta de dente, escova de dente e fralda descartável, entre outros.
Na comunidade de Vieira, em Teresópolis, moradores limpavam a lama e os escombros dos desabamentos nesta sexta-feira, dia 14. A foto é de Valter Campanato - Agência Brasil

Para saber onde doar, tem endereços aqui no site do Jornal Hoje. E há também o site da Cruz Vermelha, que vocês acessam neste link.

Leia Mais