Dicas médicas para combater a celulite

Imagem do GoogleLeia também:
>> Faça sua própria drenagem linfática

Celulite é um problema que atormenta a grande maioria das mulheres – acredito que a totalidade!!! Esteticamente, não é nada agradável, inclusive. Tudo culpa de uma alimentação desregrada, falta de atividade física, da genética e de tantos outros fatores que colaboram para o aspecto de casca de laranja da pele. O avanço tecnológico nos trouxe uma série de ganhos e uma série de perdas também. A tecnologia facilitou tanto nossa vida, que nem os exercícios corriqueiros do dia a dia – como levantar para mudar o canal da TV ou a música do CD – precisamos fazer mais. E toda sugestão, desde que seja dada por algum especialista na área, acho válida. Estes dias recebemos um e-mail da assessoria de imprensa da Adclinica, com uma série de respostas da Dra. Andrea Godoy às nossas principais dúvidas. Abaixo reproduzo o e-mail, que tem também comentários sobre tratamentos e sugestões de produtos cosméticos. Lembrando que é sempre importante procurar um especialista que possa indicar o tratamento específico para o seu caso.

Quais as principais causas?
As principais causas de celulite são: genética, flacidez de pele e músculos, retenção de líquido (drenagem linfática e retorno venoso deficientes), oscilação de peso, gordura localizada, sedentarismo, alimentação inadequada, alteração hormonal.

Quais são os cuidados necessários em casa para prevenir e tratar?
Procurar uma alimentação adequada, ingerir 2 litros de água por dia, realizar exercícios físicos regularmente, usar cremes adequados, não apenas pelo efeito cosmético, mas também pelo mecânico; isto é, ao aplicar cremes hidratantes promovemos uma automassagem, e consequentemente, uma melhor circulação.

Quais são os tratamentos mais eficientes para este problema que podem ser feitos no consultório médico?
No consultório, os tratamentos com melhor resultado para celulite são:
1.Drenagem linfática manual: mais agradável dos tratamentos, porém, sem efeito para gordura e flacidez, trabalha apenas a circulação local e o acúmulo de líquidos. Ideal como coadjuvante; tratamento complementar ou de manutenção.
2.Intradermoterapia (mesoterapia): na minha opinião, ainda, o mais eficiente dos métodos, pois trabalha todas as causas tratáveis de celulite. É feita em várias sessões, onde se injetam produtos específicos no local onde o problema acontece.
3.Carboxiterapia: muito eficaz, apesar de dolorida. O gás carbônico, quando aplicado no local que se deseja tratar, afasta as traves que causam a celulite e também melhora a circulação local, diminuindo o acúmulo de líquidos e a flacidez.
4.Subcision: Indicada para os casos mais graves, é uma pequena cirurgia, onde se cortam as traves de fibrose que fazem com que os “furinhos” existam. É feita sob anestesia local, no consultório.
5.Preenchimento de depressões: aplicação de um produto chamado acido hialurônico (Voluma ou Macrolane), diminui as depressões, dá um efeito hidratado para a pele, o que diminui o aspecto flácido e irregular.
6.Accent, Thermacool, Reaction, Apollo: aparelhos que, pelo de calor e radiofreqüência, promovem a contração e formação de novo colágeno, agindo sobre a flacidez. Apresentam diferenças entre si, tanto na sua aplicação quanto eficácia, mas seu principio básico de ação é o mesmo.
7.Velashape, powershape: associação de radiofreqüência, luz/infravermelho e massagem por sucção
9.Ultrashape e Manthus: aparelhos que utilizam a tecnologia de ultrassom. A diferença é que o primeiro tem uma onda pulsada e focada, permitindo um efeito mecânico semelhante ao da litotripsia (quebra de pedras nos rins), porém no plano do tecido celular adiposo, e o segundo é difuso.

Quais são as últimas novidades sobre a prevenção e o tratamento?
Nem toda novidade significa o melhor tratamento ou o melhor resultado. As maiores novidades são, sem dúvida, os equipamentos (aparelhos como Accent; Thermacool, Reaction, Apollo, Velashape, Powershape, Ultrashape, Manthus). A minha opinião pessoal me faz dizer, honestamente, que celulite não é uma doença, é uma condição e, portanto, não tem cura. Tem tratamento e este tratamento pode ser mantido se a pessoa tiver disciplina e força de vontade. Por isso, o melhor tratamento para celulite é aquele que lhe surte efeito, mas, principalmente, que tenha uma manutenção adequada à sua agenda e ao que você pode gastar sempre.

Você poderia nos sugerir (mesmo que informalmente) dicas de produtos que não podem faltar na necessaire?
Bucha vegetal para massagem vigorosa dos locais afetados duas vezes por semana (além de estimular a circulação, remove células mortas e facilita a penetração de ativos); cremes que contenham na sua formulação cafeína (cafeisilane), retinol e com tecnologia nano (isto é, microscopicamente, os ativos são envolvidos em esferas, chamadas nanosferas, devido ao seu tamanho reduzido, que permitem com que penetrem até a camada de gordura e só então sejam liberados os seus ativos).
Exemplo de produtos comerciais: Retinol Anticelulite (ROC), Creme Lipometric Anticelulite e Lipodestock (VICHY), Gel Redutor (BIO MEDICIN), Anticelulite Perfect (L´OREAL), Celluli Laser Intensiver Night (BIOTHERM), Bye-Bye Celulite (NIVEA), Claffeise CL (ADA TINA), Reduxcel Plus Crio Active Duo (ADCOS)
Caso não haja contraindicação, cápsulas de uso oral, que contenham centella asiática ou asiaticosideo, rutina ou castanha da índia ou gingkobiloba, cavalinha, colágeno, vitamina C, silício orgânico (LIN2 e Excinutriment, por exemplo) e óleo de semente de linhaça.
Exemplo de produtos comerciais: Renovee (NUTRILATINA): Celuli Solution e Beauty Solution, Inneove Celulite, Bionneove Thermoslim (PHARMAPELE).

Um comentário em “Dicas médicas para combater a celulite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *