Doe sangue: saiba como e onde

Hoje é o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. Uma data simbólica, que representa a importância deste gesto de solidariedade humana. Um pouco de sangue de cada um pode ajudar uma infinidade de pessoas. Que tal sermos multiplicadores desta ação de amor?

É só procurar um dos 23 postos da Hemoba espalhados pelo Estado. Aqui tem a relação completa, basta consultar, ler as recomendações que colocamos logo abaixo e se dirigir ao local. Se você mora em outro Estado, é só clicar aqui para ter acesso aos dados do hemocentro de sua região.

Condições básicas para doar sangue:
* Sentir-se bem, com saúde;
* Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional;
* Ter entre 18 e 65 anos de idade;
* Ter peso acima de 50Kg.

Recomendações para o dia da doação:
* Nunca vá doar sangue em jejum;
* Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação;
* Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;
* Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
* Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação;
* Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho.

Quem não pode doar?
* Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;
* Mulheres grávidas ou amamentando;
* Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas;
* Usuários de drogas;
* Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

O que acontece depois da doação?
O doador recebe um lanche, instruções referentes ao seu bem estar e poderá posteriormente conhecer os resultados dos exames que serão feitos em seu sangue. Estes testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. Se for necessário confirmar algum destes testes, o doador será convocado para coletar uma nova amostra e se necessário, encaminhado a um serviço de saúde.

O que acontece com o sangue doado?
Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (como hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos para os hospitais da cidade para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados.

*Com informações do Ministério da Saúde.

Um comentário em “Doe sangue: saiba como e onde

  1. Parabéns pelo post, Alana. Esse assunto é tão importante, mas tão pouco abordado…

    É uma pena que mais pessoas não doem, porque é tão simples, tão rápido e quase tão indolor. E a melhor parte é que tem em qualquer cidadezinha. Na melhorzíssima das hipóteses, você vai doar altruísticamente sem nunca precisar receber.

    1. Com certeza, Maria. O problema é a falta de informação. Quanto mais divulgarmos, mais chances temos de conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue. Eu mesma já doei várias vezes. Se cada um fizer sua parte, ajudamos a uma infinidade de pessoas. Beijos e obrigada pela mensagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *