Nas unhas: Orquídea (Ana Hickmann)

Depois da paixão instantânea pelo 675 Cremoso, da Hits, tive de lidar com um sentimento um tanto esquisito com relação ao segundo esmalte emprestado pela menina Andreia, para o Nas Unhas. O Orquídea, da Ana Hickmann, não ganhou meu coração. Ele tem um tom roxo, com um fundo meio marrom e vinho escuro. A primeira demão deixou as unhas com várias manchas. Duas mãos cobriram muito bem. Mas a sensação que tive é que a segunda mão escureceu bastante o tom.

Eu encaro minhas mãos e enxergo mais um esmalte escuro sem cor definida. O roxo dele não se destaca aos meus olhos. O fundo indeciso entre vinho e marrom não me cativou. No vidrinho, achei a cor bem mais interessante do que o resultado final. Nem a foto conseguiu captar exatamente a cor dele. E olhe que tentei de muitas formas, em luzes diversas, com e sem flash. Sempre aparece uma cor escura e sem definição.

Perguntei a várias pessoas o que acharam, para ver se eu estava sendo muito dura, e não tive nenhuma resposta entusiasmada. Uns acharam bacana, outros acharam sem graça, alguns me disseram que é normalzinho. Pouca gente de fato elogiou. Fato é que o Orquídea não me encantou. Com certeza não vai ser um esmalte que vou na loja comprar. Claro que é questão de gosto, coisa pessoal. Tem quem admire a cor e vi muitas meninas elogiando bastante.

Um detalhe que achei legal foi o fato de ter sido super fácil limpar os cantinhos, mesmo a cor sendo bem escura e eu sendo um desastre com o palitinho e o algodão. Não tive qualquer problema. Achei também que o brilho dele, que fica super visível nas fotos, sumiu muito rápido e apagou ainda mais a cor.

Quanto à durabilidade, nada muito especial. Nas minhas unhas, os esmaltes duram sempre o mesmo período mais ou menos. Se durar três dias intactos, já estou comemorando.

O que acharam, meninas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *