Test Drive: Anthelius AC 40 e Effaclar (LaRoche-Posay)

*Texto e teste feitos por Andreia Santana

Por indicação da dermatologista com quem trato a acne ultimamente (mudei de médica há três meses e gosto bastante da atual), adotei esses dois produtinhos de cuidados diários que, após um mês de uso, trago para vocês minhas impressões. Não são lançamentos e nem novidades da cosmetologia de tratamento, mas costumam ser adotados por muitos profissionais, devido a confiabilidade do laboratório fabricante e também pela performance dos produtos. Inclusive, não sou a única a ter feito um test drive sobre o Anthelius AC 40 ou o Effaclar Gel Moussant – ambos LaRoche-Posay -, mas, creio que não custa nada dividir com vocês minha experiência. Quanto mais opiniões sobre determinado cosmético, melhor. Ao menos, sempre pesquiso muito antes de investir.

Como já disse em outras ocasiões, minha pele do rosto é oleosa e tenho acne também, que se concentra apenas nas duas faces. Não é um grau daqueles graves que  deixam cicatrizes profundas ou exige tratamento severo, é a chamada acne vulgar e só surgiu depois dos 28 anos, devido a um longo tratamento que precisei fazer com corticóides anos atrás. Mas, faço acompanhamento com a dermatologista, trato e busco sempre produtos cosméticos indicados para meu tipo de pele: não oleosos, que tenham efeito matificante e adstringente.

Anthelius AC 40, para quem não conhece, é um bloqueador solar para peles oleosas e com tendência à acne. E Effaclar Gel Moussant é um produto para limpeza da pele do rosto, que não contém sabão na fórmula. Ambos são do laboratório LaRoche-Posay, facilmente encontrados em farmácias

Um mito sobre a acne é que o sol faz bem para peles acneicas e até ajuda a secar as espinhas, “amadurecendo-as mais rápido”. Não, gente! Sol é inimigo número um de pele acneica, é quase como um combustível para as bactérias que contaminam os poros e folículos entupidos com o sebo que o nosso próprio corpo produz. Então, duas regras básicas para quem tem acne é: um, manter o rosto sempre limpo, para remover o excesso de oleosidade e evitar que esse sebo todo entupa os poros e; dois, usar muito protetor solar. Primeiro, para evitar marcas horríveis da combinação cicatriz de espinhas + sol e em segundo lugar, porque com pele limpinha e protegida, menos bactérias vão infectar.

Tanto o Anthelius AC 40 quanto o Effaclar Gel Moussant podem ser usados por peles masculinas ou femininas. Basicamente, o que os produtos fazem é proteger do sol e limpar a “gordura” da pele. Para os meninos, pode inclusive ser usado para lavar o rosto antes ou após o barbear, sem problemas. Vamos as especificações de cada um e minha opinião:

Na Farmácia Santana do Shopping Iguatemi aqui de Salvador, pago pelo Anthelius AC 40 o valor de R$ 37,40, nas boas promoções que sempre acontecem por lá. Mas a média de preço do frasco com 50 ml - até mesmo na internet - é bem salgadinha: R$ 62,00! A durabilidade, pra mim ao menos, foi de 30 dias por frasco

Já testei diversos tipos de protetores e bloqueadores solares, de marcas populares ou mais caras, indicados pela dermato ou que eu mesma decidi comprar e testar a partir dos lançamentos do mercado. O Anthelius AC 40, dos últimos usados, mostrou-se o mais eficiente. Ele não é melequento, é bem fluído. Tem boa distribuição, um pouquinho e espalha no rosto todo e também protege bastante. Não testei ainda se é realmente resistente à água, como diz no rótulo, porque tem meses e meses que não vou à praia. Gosto de mar, vivo em cidade litorânea, mas detesto sol, daí evito praia ao máximo. O produto é não-comedogênico (não entope os poros), atua diminuindo o brilho (quem tem pele oleosa sabe o que é isso) e, ao longo do dia, costumo reaplicar uma ou duas vezes porque trabalho em ambiente com lâmpada fluorescente.  Uma dica de uso: O melhor é lavar o rosto, secar e logo em seguida passar o Anthelius AC 40, esperar secar uns dois minutos e aí sim, hidratar e fazer sua maquiagem (com a devida preparação da pele). Não tente usar hidratante ou preparar a pele com a base ou primer antes, para só depois aplicar o Anthelius, porque aí a performance dele caí horrivelmente e o bichinho empelota todo, fazendo uns gominhos no rosto que são um terror para limpar e uniformizar depois. Outra dica: se você trabalha em ambiente com lâmpada fluorescente, como eu, nunca deixe de fazer uma boa preparação da pele com hidratante indicado para pele oleosa, base e pó compacto (todos também com proteção solar, de preferência), pois isso ajuda na blindagem da pele, principalmente se for usuária de ácido retinóico ou hialurônico, hidroquinona ou outros produtos para tratar manchas de sol ou marcas de espinhas.

A embalagem do Effaclar tem 150g e comigo dura cerca de 40 dias, lavando o rosto duas vezes ao dia. Também na farmácia Santana do Iguatemi daqui de Salvador, achei ele por R$ 38,00, na promoção. Foi o preço mais em conta de todos os lugares onde pesquisei. Na rede A Fórmula/Estrela Galdino custa cerca de R$ 60,00. A média de preço dele, mesmo na internet, é de R$ 65,00 a R$ 70,00!

Assim como acontece com os protetores, também para lavar o rosto, já testei diversos produtos e alguns eu realmente gosto bastante e recomendo. O Effaclar Gel Moussant Purificant entrou na listinha dos #favoritados por diversas razões: não tem cheiro, não tem sabão na fórmula, o que para mim é importante porque tenho uma alergia grave nos olhos e se cair sabão neles é um tormento maior do que para quem não é alérgico, ele deixa o rosto sequinho, sem brilho, sem gordura e o mais lindo, sem ficar ressecado e craquelado! Além de indicado para peles acneicas, quem tem só pele oleosa ou mista, também pode usar. Pode ser usado ainda duas ou mais vezes ao dia sem descamar o rosto ou arder, como acontece com alguns produtos que contém ácido salicílico na fórmula, por exemplo. Tenho usado duas vezes, de manhã e à noite. A pele fica com uma sensação de limpeza maravilhosa.  Geralmente, molho o rosto, aplico um pouco do gel nas mãos, faço uma espuminha e daí distribuo no rosto, massageando com delicadeza, e enxaguo.

Para saber mais, leia também:

*Manual do protetor solar

* Test Drive: protetores solares da Natura

* Test Drive Especial: Sistema de cuidados da pele com tendência à acne Mary Kay – II

* Test Drive Especial: Mitos e verdades sobre acne e outros produtos de beleza – III

*Demaquilante antes ou depois?

*Acne na mulher adulta: mal da vida moderna

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

SOS Carnaval 2 – Mais dicas de look e alimentação saudável

E agora que faltam menos de 24 horas para o fuzuê começar, o blog recebeu mais algumas dicas de looks (para quem ainda não sabe o que vestir e abalar na folia), sugestões de cuidados com a pele durante os dias de intensa atividade física e, para repor as energias, orientações de como manter a alimentação saudável durante o Carnaval. Confiram a segunda versão do nosso “Kit de Primeiros Socorros Momescos” e divirtam-se!

===================================

Não deixe de ler também:

>>SOS Carnaval: dicas para arrasar no look e na atitude

>>Artigo: Sexo frágil e a prevenção da AIDS no carnaval

>>Guia do Carnaval de Salvador 2011

>>Entrudo, festa para Dionisio, confete e serpentina

==================================

“ENJOY” THE PARTY!

Começo o SOS Carnaval com as dicas de beleza e essa grife não podia ter nome mais significativo! A Enjoy indica para quem vai cair na gandaia os modelos da coleção de alto-verão 2011. São peças que unem conforto e colorido, além de serem confeccionadas em tecidos leves, ideais para as altas temperaturas da capital baiana. Por aqui, tem loja Enjoy no Salvador Shopping. E para falar com o SAC da marca: 0800-236569.

SMARTBAG SUGERE MINI BAGS

Vou dar a dica da Smartbag, até porque, a marca não é de Salvador e o Carnaval de rua daqui não se parece em nada com o de outras paragens desse imenso Brasil, mas seria uma leviandade não alertar que em se tratando da capital baiana, bolsa nenhuma é mil vezes melhor que as mini bags. Nessa época de ano os assaltos crescem muito e bolsa, mesmo pequena, chama a atenção que é um horror. E nada de sair toda trabalhada no ouro minha gente, uma prima deu vacilo essa semana, caminhando no Farol da Barra, e teve a correntinha arrancada do pescoço! Mas, para quem vai curtir uma folia vip, a Smartbag recomenda as mini bags, bolsinhas que se destacam pela funcionalidade.”Cabe o cartão de crédito, documentos, iphone,  lipstick e uma graninha”, diz o release da marca. Mas honestamente, por aqui, dispense o cartão e o iphone, leve só a graninha necessária, um batom (que somos filhas de Deus!) e uma xerox autenticada do RG. Deixe o resto dos documentos em casa. A polícia alerta todo ano. As bolsinhas, como vocês veem nas fotos acima, são uns encantos e servem perfeitamente para outras ocasiões, em festas menos tumultuadas que a folia baiana. Para ver mais peças da marca, visite o site: www.smartbag.com.br ou ligue (11) 2092-4666 para saber preços e locais de venda.

CÍLIOS COLORIDOS SÃO A APOSTA DA KLASS VOUGH

A Klass Vough, marca de itens para maquiagem, apresenta algumas opções de cílios coloridos para quem quer ousar no look durante o Carnaval. Com cores fortes e pelos longos, os cílios artísticos fazem uma divertida combinação com fantasias e acessórios, prometendo valorizar o olhar. O preço sugerido é R$ 23,00 cada e para saber detalhes, ligue no SAC Klass Vough (11) 3276-2566 ou acesse: www.klassvough.com.

PARA COMBATER A PELE OLEOSA DURANTE A FOLIA

Atenção meninas que tem a pele acneica (sofro desse mal, como vocês sabem), a dica agora é da minha dermatologista: o calor intenso, a poluição, a suadeira na rua, a maquiagem pesada e cenográfica durante o Carnaval, tudo isso aumenta a oleosidade da pele e favorece o surgimento ou inflamação das famigeradas espinhas. Não descuidar da higienização adequada do rosto é a norma e até escrevi um post enorme sobre a limpeza da make outro dia (relembre aqui), portanto, nada de dormir com a cara cheia de pintura e ácaros! Minha dermato, para tratar a oleosidade, me indicou há uns dois meses atrás, o Dermotivin Control, sabonete líquido com substâncias que auxiliam a regularizar a atividade das glândulas sebáceas (que são as que produzem o óleo da pele), eliminando o desconforto provocado pelo excesso de oleosidade e a aparência brilhosa e grudenta. Vende em qualquer boa farmácia, não requer receita para comprar, porque é um cosmético, e pode ser usado para lavar o rosto de quem tem pele mista e oleosa, de duas a três vezes ao dia (ou mais vezes, a depender do seu grau de oleosidade). Há também uma linha soft, para peles sensíveis e ressecadas (que descamam muito) e a versão também em espuma. Indico até mesmo fora do período de Carnaval. O preço é salgadinho, mas pesquisando, dá para encontrar por uma valor justo e a durabilidade compensa, porque o frasco tem 130 ml e você só vai usar no rosto, pescoço e colo. Custa em média R$ 45 a R$ 60 reais, a depender de onde você vai comprar. Aqui em Salvador, já comprei na Farmácia Santana e pela internet, entrei em contato também com a  Galderma, a fabricante, que tem email: sac@galderma.com e SAC: 0800 0155552.

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA PARA AGUENTAR A MARATONA

Ano passado, também publicamos algumas dicas de nutricionistas sobre como manter uma alimentação saudável durante o Carnaval (relembre aqui e aqui também. Este ano, as orientações são dos profissionais da rede Mundo Verde.

“A alimentação deve privilegiar os alimentos integrais, para ajudar na desintoxicação, tais como arroz integral, feijão azuki, hamburguer de tofu/quinua grelhado, pratos com almôndega de soja, quibe com tofu, quiche de legumes e as leguminosas (lentilhas, ervilha, grão de bico, soja)”, orienta a nutricionista Flávia Morais.

Para fartar a mesa antes ou depois da festa, prefira alimentos fonte de carboidratos, como pães, massas com molhos leves, batata, arroz, cereais integrais. Eles são responsáveis pela formação de energia, que facilmente serão disponíveis para o gasto energético da folia. Os cereais integrais são fonte de vitaminas do complexo B e fibras, que ajudam a diminuir a taxa de colesterol do sangue e melhoram o funcionamento intestinal, além de causar a sensação de saciedade, sendo um coadjuvante na perda de peso.

Evite alimentos gordurosos, como carnes gordas, frituras, salgadinhos e doces, pois além de muito calóricos, têm digestão lenta e difícil. O ideal é trocar por frutas que têm digestão fácil e são ricas em vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes.

Outra opção é salada, abusar de verduras e legumes, principalmente crus. Este tipo de alimento fornece nutrientes importantes e ajudam na reposição de água e sais minerais perdidos pela transpiração.

Além de se alimentar bem, para suportar o desgaste físico, o folião não deve esquecer-se de beber bastante líquido, principalmente pelo fato do feriado coincidir com o verão. “Água de coco e sucos de frutas naturais bem gelados são opções para refrescar e repor os principais sais minerais perdidos. As bebidas alcoólicas devem ser evitadas, já que além de calóricas, facilitam a diurese”, esclarece Flávia, que alerta: “O álcool em excesso provoca ressaca, sede, dor de cabeça e náuseas, além de outras conseqüências mais sérias, acarretando prejuízos de estômago, fígado, hipertensão arterial, etc.

Uma opção é aderir aos sucos naturais como os de clorofila, que além de hidratar e fornecer vitaminas e minerais, ajuda a desintoxicar o organismo. Outro aliado é o chá verde, seus polifenois ativam o sistema imunológico, e a presença de manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2 ajudam a prevenir doenças cardíacas e circulatórias. O consumo diário desse chá ajuda a diminuir as taxas do LDL (colesterol que faz mal à saúde). O suco de uva orgânico com polpa de clorofila além de antioxidante, repõe minerais, vitaminas e aminoácidos necessários para combater o desgaste físico.

Um serviço bacana é que a rede Mundo Verde oferece um serviço de Alô Nutricionista, disponível em todo o Brasil, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, pelo telefone pelo 0800-0222528 ou e-mail: alonutricionista@mundoverde.com.br.

MITOS E VERDADES SOBRE A BEBEDEIRA

E para fechar o SOS, algumas informações valiosas sobre a combinação perigosa álcool e folia, enviadas ao blog pela assessoria do Image Memorial/DASA:

Café, azeite, leite. Qual é o melhor remédio para curar a bebedeira? O senso comum costuma usar essas técnicas para amenizar os efeitos da embriaguez, mas será que algum deles funciona de fato? “O consumo de álcool em excesso pode gerar diversos riscos e não há nada que possa diminuir os efeitos que ele acarreta”, afirma Francis Fujii, médico de família e patologista clínico do Image Memorial.

Um dos perigos do consumo abusivo de bebidas alcoólicas está relacionado à hipoglicemia, baixa na taxa de glicose sanguínea, que pode levar uma pessoa a desmaios ou ao coma alcoólico. “O uso do álcool, principalmente em momentos festivos, como o Carnaval, pode ser agradável. Mas as consequências, principalmente se houver abusos, podem ser graves”.

Ficar alcoolizado está relacionado à ingestão (quantidade) e metabolização do álcool, ou seja, sua eliminação do organismo. Isso acontece principalmente pelos rins, que fazem 90% do trabalho, mas também pelos pulmões e pele. Segundo o patologista clínico, costumes como o de beber muita água antes do álcool, ingerir azeite, leite ou refrigerantes não ajudam a diminuir os efeitos do consumo excessivo de álcool.

“A ingestão dessas substâncias podem ajudar a combater os sintomas como desidratação e hipoglicemia, mas não corta a embriaguez”, afirma o Dr. Fujii. No entanto, tomar uma xícara de café forte ajuda a deixar o corpo mais alerta, fazendo com que, aos poucos, os efeitos do álcool diminuam.

*Informações atualizadas de acordo com os resultados do 3T10 Proforma.

 

Leia Mais

Test Drive Especial: Mitos e verdades sobre acne e outros produtos de beleza – III

*Texto, testes e pesquisas de Andreia Santana

Finalizando a série Test Drive Especial, iniciada no sábado, publico algumas informações úteis sobre a acne e os mitos e verdades sobre a doença. Também acrescento ao post alguns produtos que já utilizei e minhas impressões sobre a eficiência. Confiram:

*Espinhas: mitos e verdades

Problema que atinge 90% dos adolescentes pode aparecer em qualquer estágio da vida após a puberdade. Saiba no que você pode acreditar ou desacreditar:

“Chocolate dá espinhas?” – A acne é uma doença do folículo piloso, causada quando ocorre fechamento dos poros, aumento da produção e alteração da composição do sebo e conseqüente proliferação bacteriana. Alguns indivíduos podem passar a adolescência sem qualquer sinal da doença, porém a maioria deles possui tendência genética e pode sofrer dias, meses e até mesmo anos por causa de espinhas e cravos, que podem aparecer em qualquer estágio da vida. Segundo a dermatologista Annia Cordeiro Lourenço, o processo de formação e seu aparecimento começam na fase da puberdade porque os hormônios influenciam na produção das glândulas sebáceas. “Essa glândula produz o sebo, que, quando acumulado dentro do poro, resulta na proliferação da bactéria causadora das espinhas. Estudos recentes mostram que uma dieta rica em carboidratos de alto índice glicêmico – como doces, pães e biscoitos – levam a uma alteração na resistência à insulina, o que estimularia o aparecimento da acne. Entretanto, essa relação é hormonal e indireta, pois a gordura que comemos não vai para a pele”, ressalta a médica.

Segunda opinião: De acordo com a Academia Americana de Dermatologia, estudos científicos até hoje não comprovaram a conexão direta entre acne e dieta alimentar.

– “Acne é coisa só de adolescente”? – Mito. Após a puberdade, a acne pode aparecer em qualquer etapa da vida do ser humano, pois depende do estímulo hormonal de cada pessoa e da produção das glândulas sebáceas, além de outros motivos. Algumas mulheres têm alteração hormonal resultante de ovário policístico e é importante diagnosticar o quanto antes.

Segunda opinião: Muitos outros fatores podem desencadear a acne como a elevação do nível de estresse, que estimula a produção de oleosidade e o uso excessivo de corticóides (meu caso), pois isso acarreta alterações hormonais.

– “Existem tratamentos que podem acabar com a acne para sempre?” – Verdade. Alguns remédios podem acabar com o problema de vez. Todos eles são receitados pelo médico e a chance de cura chega a 85%, diz Dra Annia. Mas é importante o diagnóstico de um especialista, pois os tratamentos variam de pessoa para pessoa.

Segunda opinião: Medicamentos devem ser adotados em casos severos e sempre com orientação médica. Uma limpeza intensa ou agressiva da pele com acne pode intensificar a inflamação, mas cuidados básicos de higiene e o uso de produtos corretos para o tipo de pele, além daqueles que ajudam a equilibrar a oleosidade, ajudam no combate à doença.

“A acne pode durar a vida inteira?” – Verdade.Homens e mulheres podem desenvolver acne de todos os tipos e em qualquer idade após a adolescência. Por isso é indicado tratá-las sempre, para evitar que ela deixe cicatrizes no rosto.

“Qualquer creme ou gel anti-acne resolve o problema?” – Mito. O uso de produtos oleosos como cremes e filtros solares não adequados promovem o aparecimento ou pioram o quadro de acne. São indicados géis com ácidos salicílico, retinóico e glicólico, sob orientação do dermatologista. Para a limpeza, deve-se usar sabonetes desengordurantes, mas não em excesso.

 

Processo inflamatório da acne na pele, com a infecção do folículo capilar por bactérias e a obstrução das glândulas sebáceas.

Segunda opinião: A acne é causada pela obstrução dos poros, que retém a oleosidade no seu interior. Para combater a doença, é preciso interromper esse ciclo, visto que a pele não pára de produzir óleo. Manter a pele limpa é essencial. Não é a pele oleosa que causa acne, pois a doença está associada à produção de óleo abaixo da superfície da pele. A superfície da pele de quem tem acne pode variar de seca a oleosa e requer cuidados de hidratação da mesma forma, a diferença é que os produtos precisam ser livres de óleo e não comedogênicos, além de ter a fórmula à base de água.

“Apertar a espinha pode causar danos irreversíveis na pele?” – Verdade. Ao apertar a espinha, corre-se o risco de aumentar a inflamação e deixar uma cicatriz ainda maior que pode ser permanente.

*O guia de mitos e verdades sobre a acne foi enviado ao blog pela Nume Comunicação e a fonte usada é a médica Annia Cordeiro Lourenço. Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), ela fez residência em Dermatologia na Santa Casa de Curitiba e especialização na mesma área na Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, fez estágios em hospitais de Miami e Barcelona. A segunda opinião (em vermelho) foi retirada do folheto explicativo do Sistema de Cuidados da Pele com Tendência à Acne, da marca de cosméticos Mary Kay.

Alguns produtos para pele oleosa ou com acne que também já usei:

Gel Secativo Controlador da Oleosidade Moiskin – O gel é da marca Amway e atua localmente, secando a acne. A base da fórmula é formada por produtos naturais como Aloe vera, pepino, goiaba, acerola, maracujá, guaraná, alcaçuz, lecitina, limão, hamamélis, camomila e chá verde (todos esses tem propriedades adstringentes e cicatrizantes). Também tem zinco, vitamina E e glicerina. Pessoalmente, aplico um pouco do gel sobre a espinha e a vermelhidão some com o uso diário, reduzindo também o tamanho da acne. Mas antes de aplicar, faço uma limpeza no rosto.

Serviço: onde achar?

Site: www.amway.com.br ou pelo 0800-9406766

Linha Clearskin Professional – Esse kit é da Avon e para mim é bem mais eficiente que a outra linha anti-acne da marca, a Clearskin. Já experimentei as duas e a Professional não ressecou nem descamou minha pele, como a anterior. O kit vem com um gel de limpeza que também é esfoliante e que ajuda a remover pontinhos negros e a refinar a pele; um pote com discos embebidos numa locação adstringente (achei super prático. Vem 45 discos, dura em média um mês e meio, porque eu usava um por dia); e por fim, um creme anti-acne que ajuda a reduzir a vermelhidão e secar as espinhas, mas sem ressecar a pele, no meu caso, ficou até bem hidratada. A consistência é de um creme leve, a pele fica fresca, limpa, hidratada, mas não fica brilhosa ou melecada. A fórmula é à base de ácido acetil-salicílico e na bula dos produtos há a recomendação de evitar sair no sol enquanto faz o tratamento. Só uso durante à noite e mesmo assim, no dia seguinte, coloco protetor solar. Com esses cuidados, não tive manchas na pele.

Serviço: onde achar?

Eu compro Avon com uma colega de trabalho, que é revendora. Mas há também o site da marca: www.br.avon.com

Máscara de pepino – Essa máscara é do tempo da minha mãe. Ela usava quando eu era criança e depois de adulta, adotei também. É da linha Avon Basics e embora não tenha a função específica de prevenir ou tratar acne, comigo sempre funcionou para acalmar a pele, manter limpa e fresca e remover camadas de células mortas. É recomendada para todos os tipos de pele e como a base da fórmula é o pepino, tem propriedades cicatrizantes.

Serviço: onde achar?

Eu compro Avon com uma colega de trabalho, que é revendora. Mas há também o site da marca: www.br.avon.com

Natura Faces Pele Mista a Oleosa – Dessa linha, que é formada por gel de limpeza, tônico adstringente e hidratante livre de óleo, meu xodozinho é o tônico adstringente, que sempre uso como removedor de maquiagem, porque gosto do cheiro e porque não é gorduroso. O hidratante tem o ponto positivo de dar uma cobertura matte e o gel de limpeza é bem refrescante. Para combater a minha acne não foi muito eficiente, mas funciona como um limpador da pele para uso diário.

Serviço: onde achar?

Além das revendedoras Natura, que sempre tem uma por perto, vale olhar o site: www.natura.net

Natura Todo Dia Hidratante Pele Mista a Oleosa – Esse é outro produto baratinho e prático de carregar na bolsa, de que gosto muito. O hidratante é à base de proteínas do leite. Uso no dia a dia, até mesmo em casa, quando acordo e lavo o rosto. É bem fresquinho e tem secagem rápida (não gosto de nada que fique melecado), além do cheiro ser suave, quase sem cheiro na verdade. Prefiro sempre cobertura matte a cobertura brilhosas e esse hidratante é livre de brilho. Esse creminho deixa a pele com aquela sensação de banho recém-tomado, que pessoalmente, gosto bastante.

Serviço: onde achar?

Além das revendedoras Natura, que sempre tem uma por perto, vale olhar o site: www.natura.net

Clean e Clear – Dessa linha da Johnson & Johnson uso sempre o tônico adstringente, também para remover resíduos de maquiagem, e o gel secativo. O gel reduz a vermelhidão e o tamanho das espinhas, mas comigo nunca preveniu o surgimento de novos pontos de acne. E o tônico é bem fresquinho, há várias versões, inclusive um geladinho, para fechar os poros e combater cravos. Sempre combino porém, com um hidratante poderoso, porque na minha pele, a ação dos produtos acaba provocando um pouco de ressecamento (provavelmente devido à concentração de ácido acetíl-salicílico). A vantagem é que essa linha é facilmente encontrada em qualquer farmácia ou supermercado e os preços são bem acessíveis.

===========================

Leia os demais posts do Test Drive Especial:

>>Test Drive Especial: Kit TimeWise Mary Kay – I

>>Test Drive Especial: Sistema de cuidados da pele com tendência à acne Mary Kay – II

=========================

Leia mais sobre acne no blog:

>>*Acne na mulher adulta: mal da vida moderna

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

 

Leia Mais

Saúde: O que é Síndrome dos Ovários Policísticos?

Selecionei para publicação nesta quinta aqui no blog, uma reportagem enviada para nós, via email, pela jornalista Márcia Wirth, da MW Consultoria – empresa especializada em assessoria na área de saúde -, sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos. O texto explica o que é a SOP, quais os sintomas mais comuns e quais as consequências para a mulher portadora deste problema. Faz ainda um alerta sobre a necessidade do diagnóstico e tratamento para a manutenção da qualidade de vida. Vale a pena conferir:
========================================

*Síndrome dos Ovários Policísticos: Sintonia entre ginecologista e endocrinologista facilita diagnóstico e tratamento

Para muitas pacientes, não é nada esclarecedor quando elas são informadas que tem a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). A começar pelo nome, pois a Síndrome dos Ovários Policísticos pode ocorrer sem que o exame de ultra-sonografia revele cistos nos ovários. Além disso, 20% das mulheres normais podem apresentar ovários policísticos, sem nenhuma manifestação clínica ou alteração hormonal, não sendo classificadas como portadoras da Síndrome dos Ovários Policísticos. O diagnóstico da SOP é feito quando pelo menos 2, dos 3 critérios abaixo forem positivos em uma adolescente ou mulher adulta:

(1) infertilidade devido a falta de ovulação;
(2) evidências clínicas (acne, excesso de pelos corporais, seborréia, queda de cabelos) e/ou laboratoriais de excesso de hormônios masculinos;
(3) múltiplos pequenos cistos ovarianos vistos através da ultra-sonografia pélvica.

Sinais de alerta – Alterações menstruais constantes constituem-se num sinal de alerta para as mulheres, pois podem indicar a presença da Síndrome dos Ovários Policísticos ou de endometriose. “A mulher que apresenta a Síndrome dos Ovários Policísticos menstrua a cada dois ou três meses e, freqüentemente, tem apenas dois ou três episódios de menstruação por ano. Outros sintomas da doença são o hirsutismo (aumento de pelos no rosto, nos seios e na região do abdômen); a acne; a obesidade e uma dificuldade para engravidar”, explica o ginecologista Aléssio Calil Mathias, diretor da Clínica Genesis.

A Síndrome dos Ovários Policísticos surge, normalmente, na puberdade e vai até a menopausa. Geralmente, tudo começa por volta dos 10 ou 12 anos, quando os ovários da menina, até então inativos, passam a produzir hormônios em grande quantidade, desencadeando a puberdade e com ela a menarca, nome dado a primeira menstruação. “Nessa época, já se nota uma maior tendência ao ganho de peso. No rosto, os efeitos dos hormônios sob a forma de acne e seborréia, características que dão à pele da adolescente aquela aparência oleosa, se fazem notar. Tudo isso pode ser normal e desaparecer lentamente, assim que a turbulência hormonal dá lugar às secreções hormonais cíclicas e regulares da mulher adulta”, explica Silvia Mizue, endocrinologista da Clínica Genesis.

Mas em alguns casos, estes sintomas não desaparecem…  Por isso, é comum a mulher com ovários policísticos procurar vários especialistas, ao longo da vida, em busca de tratamento apropriado. Nos consultórios dos endocrinologistas e ginecologistas, elas se queixam de grande dificuldade de perder peso e das alterações clínicas secundárias ao excesso de hormônios masculinos que seus ovários fabricam.

Distúrbios hormonais – É importante dizer que todas as mulheres produzem fisiologicamente hormônios masculinos. Na mulher, uma importante função dos andrógenos é aumentar a libido. Mas, o principal problema que a Síndrome dos Ovários Policísticos provoca está relacionado com a ovulação. “A testosterona interfere nesse mecanismo e, ao mesmo tempo, aumenta a possibilidade da incidência de cistos. Os cistos representam a parada do desenvolvimento dos folículos para ovular. Nesta situação, a mulher não ovula porque lhe faltam condições endócrinas para tanto”, explica Silvia Mizue.

As queixas ginecológicas mais importantes das mulheres com SOP são a irregularidade menstrual e a infertilidade. “Além disso, várias complicações podem ocorrer com essas mulheres, quando elas conseguem engravidar, como maior índice de abortamentos, diabetes gestacional, hipertensão arterial na gestação e pré-eclâmpsia. Para todas estas complicações, o tratamento adequado reduz a incidência dessas complicações e quase as igualam às mulheres normais”, diz o ginecologista Aléssio Calil Mathias.

Possibilidades terapêuticas – O tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos depende essencialmente da fase de vida da mulher. O que é mais importante em determinado momento e qual o sintoma que mais  incomoda esta mulher são perguntas que os especialistas que assistem esta paciente devem se fazer. Como se trata de uma doença crônica, não há cura da síndrome, e sim, tratamento dos sintomas.  “Uma adolescente de 15/16 anos, obesa, com pelos, acne e perturbações menstruais, precisa tentar emagrecer. Às vezes, perder peso já pode ser suficiente para reverter o quadro, porque a obesidade gera resistência à insulina e essa resistência produz o aumento de andrógenos, os hormônios masculinos”, explica a endocrinologista da Clínica Genesis.

“Se ela não for obesa, torna-se necessário diminuir a produção dos hormônios masculinos e uma das maneiras mais simples de fazê-lo é por meio da pílula. O anticoncepcional atua também na unidade pilossebácea, reduzindo o crescimento dos pelos e a produção de sebo. Dessa forma, melhoram os quadros de hirsutismo, acne e as alterações menstruais, uma vez que a pílula regulariza os ciclos”, explica o ginecologista Aléssio Calil Mathias.

Infertilidade e SOP – Até os 23 anos de idade, mais ou menos, mulheres com a Síndrome podem ovular esporadicamente. Sabe-se que nem todas as menstruações que ocorrem espaçadamente são ovulatórias, mas algumas são, e a mulher consegue engravidar. “É muito comum a referência de que antes dos 23 anos, elas tiveram um ou dois filhos. Depois, não conseguiram mais engravidar. Essa é uma das patologias mais simples de serem tratadas porque as mulheres, em geral, respondem ao indutor da ovulação. Ele é administrado por via oral, cinco dias por ciclo, a partir do primeiro dia, e é capaz de corrigir as anomalias endócrinas e provocar ovulação. Grande parte das mulheres responde bem ao tratamento e engravida”, diz Mathias. Para as que não conseguem engravidar com o indutor de ovulação, resta, ainda, o estímulo dos ovários com gonadotrofinas, o que se faz normalmente na fertilização in vitro.

Obesidade x SOP – Apesar da obesidade não entrar nos critérios diagnósticos da SOP, ela é muito frequente. A grande maioria das pacientes tem sobrepeso, obesidade ou uma grande dificuldade de manter o peso ideal. “Além disso, a SOP se associa a um tipo especial de obesidade, aquela que se acumula no tronco, principalmente no abdômen. É a obesidade visceral, que traduz o excesso de insulina que acompanha essas pacientes e, muitas vezes, dificulta a perda de peso”, destaca Silvia Mizue, endocrinologista da Clínica Genesis.

O excesso de insulina no sangue é a marca de uma obesidade mais resistente à perda de peso. A insulina é um hormônio anabolizante e favorece o estoque de calorias, em detrimento da queima. “Logo, todas as formas de se reduzir o excesso de insulina são válidas, mas a mais importante é a melhora da sensibilidade à ação do hormônio. Assim que possibilitamos uma maior eficácia do hormônio, ele passa a ser produzido em menor quantidade e seus níveis sangüíneos caem. Isso pode ser conseguido com atividade física, dieta adequada, perda de peso e alguns medicamentos”, defende Silvia Mizue.

Para saber mais sobre a Síndrome:

Site: www.clinicagenesis.com.br

Rede Social: http://twitter.com/dralessio

Blog Gestação Saudável

*Material elaborado por Márcia Wirth, da MW Consultoria de Comunicação em Saúde

Um lembrete importante: O blog não prescreve tratamentos e nem faz diagnósticos. As fontes da reportagem acima, por exemplo, são dois médicos. Faço um alerta para que as leitoras que queiram mais esclarecimentos, que  busquem marcar consultas presenciais com as suas ginecologistas e endocrinologistas. As reportagens de saúde publicadas aqui no Conversa tem a função apenas de alertar, informar e disseminar uma cultura do cuidado de si. Sempre selecionamos com muito cuidado as fontes de pesquisa e também os textos prontos e os artigos enviados para nós e só publicamos material de boa procedência e elaborado por quem entende do assunto.  Batemos tanto na tecla da saúde, porque é um tema muito caro a nós mulheres, mas combatemos a auto-medicação e como não somos médicas, não fazemos diagnósticos e nem damos consultas ou indicamos remédios. Cuidem-se meninas, para si mesmas e para as pessoas que amam vocês!

Leia Mais

*Acne na mulher adulta: mal da vida moderna

Para quem pensa que acne só ocorre na adolescência, nas últimas décadas, as mulheres adultas, com idade a partir dos 25 anos, também estão sofrendo com o problema. A doença é causada pelo estresse e pela grande carga emocional sofrida pelas mulheres nos dias atuais.

“Hoje em dia, a mulher trabalha mais, disputa espaço no mercado de trabalho, tem uma carga horária sobrecarregada e isso causa alterações hormonais. Esse descontrole reflete na pele, pêlos e cabelos (queda) e no ciclo menstrual”, explica a farmacêutica e química especialista em Cosmetologia Karoline Pellacani, coordenadora de pesquisa e desenvolvimento da Adcos.

A acne é uma doença do folículo pilossebáceo, que surge nas áreas que concentram maior número de glândulas sebáceas, como no rosto, pescoço, costas e na região do colo. Na mulher adulta existem dois tipos de acne: a chamada persistente, que se desenvolveu na adolescência e continua com o passar dos anos, e a de instalação tardia, que surge a partir dos 25 anos, sendo desencadeada por problemas hormonais devido à grande carga de estresse.

“Além do descontrole hormonal, o uso de cosméticos e maquiagem de maneira incorreta e a questão de não limpar a pele corretamente também são fatores que podem ajudar no surgimento da acne na mulher adulta”, completa Karoline.

“Existem vários fatores que podem levar ao aparecimento da acne, porém os principais estão relacionados com a hereditariedade e com o desequilíbrio hormonal. Este último ocorre durante a puberdade em cerca de 80% dos adolescentes e em mulheres com a síndrome do ovário policístico. Outros fatores envolvem o uso de certos medicamentos, cosméticos comedogênicos e stress”, acrescenta Karoline.

Processo inflamatório da acne na pele, com a infecção do folículo capilar por bactérias e a obstrução das glândulas sebáceas.

A manutenção de uma pele bem higienizada é indispensável à prevenção e controle da acne, causada principalmente por microorganismos chamados Propioniobacteium acnes. No entanto, é necessária uma avaliação de cada caso a fim de verificar se há a necessidade de intervenção médica e medicamentosa.

É importante verificar alguns fatores na hora de comprar um produto para resolver o problema da pele acneica, como:

– A seriedade da marca, pois os produtos destinados à acne exigem a realização de testes que garantem a eficácia e segurança do tratamento. Devem ser realizados sob a coordenação de dermatologistas.

– Resultados clínicos comprovados.

– Indicação de profissionais.

Passo a passo para prevenir cravos e espinhas:

1 – Aproveite o vapor da hora do banho para dilatar os poros do rosto. Logo, depois, esfregue suavemente a região onde há pontinhos pretos com uma gaze.

2 – Antes de dormir, lave o rosto com sabonete adequado para seu tipo de pele. Em seguida, com um algodão, passe adstringente ou tônico para uma limpeza mais profunda. Depois de enxaguar, aplique um ácido recomendado por um dermatologista para eliminar a acne.

3 – Pela manhã passe hidratante com filtro solar por toda a face, espalhando bem para que o produto penetre facilmente nos poros. Duas vezes por semana, use esfoliante facial para manter o rosto livre dos cravinhos.

*Fonte: Karoline Pellacani, farmacéutica e coordenadora de pesquisa e desenvolvimento da Adcos Cosméticos.

**Material encaminhado ao blog através da EBC – Escritorio Brasileiro de Comunicação

================================================

Leia mais:

>>Linha de produtos anti-acne

>>O que é acne? (site ABC da Saúde)

>>Acne: causas e tratamento (blog da Boa Saúde)

Leia Mais

Linha Adcos contra acne

Quem tem cravos e espinhas sabe bem o transtorno que é manter a pele saudável e até usar maquiagem. Recebemos da Adcos Cosméticos um passo a passo formulado pela farmacêutica da marca, Karoline Pellacani, que ensina como manter a pele limpa e livre dos indesejáveis pontinhos de cravo. Além disso, a Adcos lançou uma linha de produtos para cuidados da pele acnéica.

Passo a passo

1 – Aproveite o vapor da hora do banho para dilatar os poros do rosto. Logo, depois, esfregue suavemente a região onde há pontinhos pretos com uma gaze.

2 – Antes de dormir, lave o rosto com sabonete adequado para seu tipo de pele. Em seguida, com um algodão, passe adstringente ou tônico para uma limpeza mais profunda. Depois de enxaguar, aplique um ácido recomendado por um dermatologista para eliminar a acne.

3 – Pela manhã passe hidratante com filtro solar por toda a face, espalhando bem para que o produto penetre facilmente nos poros. Duas vezes por semana, use esfoliante facial para manter o rosto livre dos cravinhos.

Novos produtos anti-acne

A linha Acne Solution Adcos, sistema de cuidados para peles acnéicas ou com tendência à acne, é formada por sabonetes, loções e corretor localizado, com uma combinação de Zinco e Ácido Lactobiônico, responsável por promover um triplo efeito: redução de oleosidade, ação secativa e efeito matificante (redução do brilho).

O Zinco reduz a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, diminuindo a oleosidade da pele. Já o Ácido Lactobiônico tem potente propriedade cicatrizante (secativo), antioxidante, hidratante e estimulante da renovação celular.

Fluido Ultra Secativo – R$65,00

Contendo ácido salicílico, resorcina, ácido lactobiônico e nicotinamida, o Fluido é exclusivo para o cuidado com a pele acnéica no período noturno e promove a renovação cutânea. Também atenua e previne o processo acnéico, possui ação queratolítica, anti-inflamatória, antimicrobiana, reguladora da oleosidade e hidratante.

Gel de limpeza facial ARL Green Tea – R$73,00
Higieniza profundamente a pele, remove a maquiagem e os resíduos de poluição depositados na pele no dia a dia. Exerce a ação anti radicais livres –ARL – preservando propriedades anti séptica e refrescante.

Sabonete facial ARL Green Tea – R$71,00
Limpa e preserva a pele prevenindo o estresse oxidativo natural. O agente de limpeza, derivado do óleo de oliva, proporciona toque aveludado à pele. Composto também de agente condicionante natural à base de milho que proporciona pele macia.

Sabonete Glico-ativo – R$82,00
Higieniza e auxilia o combate à acne e processos associados ao espessamento da pele, por meio de sua esfoliação. A remoção de células mortas favorece a renovação celular contribuindo com a revitalização e desobstrução dos folículos.

Peeling de cristais Refine – R$ 100,00
Promove esfoliação. Remove células mortas e pontos negros da pele, devolvendo seu viço e luminosidade.

Loção tônica adstringente – R$52,00
Possui propriedade antiséptica. Indicada para tratamento de pele seborréica e anti acne. Contém sais de zinco, cânfora, ácido salicílico, ácido bórico e extrato de hamamelis.

Acne Solution Sabonete Gel Equilibrante – R$62,00
Proporciona limpeza profunda e equilíbrio da oleosidade sem ressecar a pele. Auxilia na prevenção da acne. Contém ácido lactobiônico e zinco.

Acne solution corretor localizado secativo – R$55,00
Auxilia no efeito secativo da acne localizada por meio de uma combinação exclusiva de ativos. Livre de óleo e incolor. Possui rápida secagem e absorção. Contém ácido lactobiônico, zinco e vitamina B3.

Clean solution peeling de hortelã iluminador – R$69,00
Promove a renovação celular, por meio de uma esfoliação física completa. Ilumina, refresca e tonifica a pele. Contém cristais de óxido de alumínio, microesferas de polietileno, extrato de hortelã e guaraná, óleo essencial de menta e irgasan/triclosan.

Serviço:

Para adquirir os produtos

SAC ADCOS: 0800 7221 123

Site da marca: www.adcos.com.br

Leia Mais