Osklen: E das cinzas de um ateliê nasce uma…coleção

Diz a lenda, que a ave fênix vive centenas de anos e que quando chega a hora de morrer, entra em autocombustão e das cinzas uma nova fênix renasce. Mas, o que faz um estilista se o trabalho de anos a fio arde em um incêndio? Também é verdade o que prega um ditado popular: “se a vida te dá limões, faça deles uma limonada”. Pois eu e Alane (as fotos dela ilustram o post) fomos conhecer a “limonada” de Oskar Metsavaht, na Osklen do Shopping Barra (Av. Centenário), na última quinta-feira à noite, durante o lançamento da Fenix Collection, que apresenta o Outono-Inverno da grife e também o renascimento depois do incêndio que destruiu a sua fábrica, em fevereiro de 2010.

Angela Freitas com um dos vestidos chic-casuais da nova coleção. A estamparia dessa peça reproduz o "caminho do fogo" sobre os aviamentos da fábrica incendiada em fevereiro de 2010

A coleção já havia sido mostrada na última SPFW e comentada na blogosfera, mas ainda não tinha desembarcado em terras baianas. A apresentação oficial por aqui foi feita pela Angela Freitas, franqueada da Osklen em Salvador, 15 anos de experiência no ramo da moda, inclusive como criadora, durante um evento em estilo petit comitê, para blogueiros e jornalistas que escrevem sobre moda e universo feminino (e masculino também, pois a marca é essencialmente para os rapazes). Como sempre acontece nessas ocasiões; além do trabalho de clica aqui, anota ali, é sempre muito bom rever as blogueiras queridas e aproveitar para conhecer aquelas que ainda não tínhamos tido o privilégio de encontrar na cena fashion baiana.

A Fenix Collection, nos conta Angela (elegantérrima vestindo uma das criações de Oskar, como vocês veem na foto ao lado), foi inspirada nos escombros do incêndio e em uma releitura dos últimos dez anos da história da Osklen. A estamparia, por exemplo, reproduz, literalmente, o caminho do fogo. São chamuscados em tecidos, ilhoses, rebites e botões derretidos; além de texturas que imitam o aspecto queimado.

Nas araras masculinas, as cores frias do inverno se misturam aos laranjas, azuis e verdes

O corte das peças traz um leve toque minimalista, principalmente nos vestidos femininos, que nesta coleção estão com as silhuetas mais retas e justas ao corpo, bem ao agrado das baianas, como explica Angela: “A baiana gosta da roupa mais justa e a marca investe numa sensualidade sutil, que denota charme e elegância com naturalidade”, traduz. Ela ainda chama a atenção para a versatilidade das peças, já que a marca faz uma linha casual chic, que tanto serve para usar de dia quanto à noite, a depender do jogo com os acessórios.

Algumas peças femininas da Fenix Collection

O forte da coleção são as peças masculinas, que respondem por 70% da produção da marca. Nessa pegada “rebirth”, os clássicos masculinos da Osklen nos últimos dez anos ganham uma releitura em que, ao mesmo tempo que é reforçado o DNA da grife, busca-se uma linguagem contemporânea e jovem. Os tons em t-shirts, bermudas, calças e camisaria, além de cahsmere em gola V, estão neutros como cinza, nude e camelo. Mas há espaço para laranjas, vermelhos, verdes e azuis abertos, mais para o anil. O trench-coat  em vermelho  (detalhe da gola na foto acima) parece saído de um filme da Nouvelle Vague. #Amamos!

Abotinados, oxfords, sandálias pesadas e scarpins meia-pata para as moças, dividem espaço com modelos masculinos com aspecto de gasto e queimado, numa visão "artística" do incêndio na fábrica da Osklen

Nos itens para o público feminino, além dos vestidos, sapatos que são tendência da temporada, como as unkle boots, oxford, scarpin com meia-pata etc, mas sempre com essa mistura de casual-esportivo com chic-despojado. Na loja há ainda lingerie e bijus, além das bolsas, gente, as bolsas! Nos apaixonamos por várias delas…

Maxis com pinta de mala de viagem dividem espaço com as tiracolos texturadas, também em tamanho grande. Outra inspiração vinda dos caminhos do fogo são as bolsas com aspecto de couro retorcido e meio derretido. Para eles, mochilas funcionais e com designer e tons futuristas

Servicinho:

Osklen Shopping Barra
Av Centenário , 2292  (praça Central, piso 1), Barra Avenida
Tel : (71) 3237-4973 / Visite o site da marca: www.osklen.com

Leia Mais

Curtinhas Especial – Flashes do Barra Fashion Mall

A coluna Curtinhas do Mundo Fashion desta quinta-feira é temática e especial, contrariando a tradição de ser nossa miscelânia semanal de novidades da moda e produtinhos de beleza. Desta vez, o espaço destaca os bastidores do segundo dia de Barra Fashion Mall. Recebemos muito material bacana, com fotos lindas e comentários de *jornalistas especialistas em moda. Confiram o que vem por aí no Verão 2011:

DESFILE DA VIVIRE:

Na noite de quarta-feira, seis marcas, entre elas a baiana Vivire, tomaram os corredores do Shopping Barra, na Av. Centenário, em Salvador, para mostrar suas propostas de moda para o Verão 2011. O desfile teve quatro looks inéditos da coleção Ventos que me levam, lançada no mês passado no Bahia Moda Design. As peças escolhidas usam a estampa “transformando sonhos”, que mistura borboletas em tons de azul, verde e amarelo.

Veja algumas imagens:

Vivire, grife baiana de moda balneário no Barra Fashion Mall
Coleção da Vivire para o Verão 2011 chama-se Ventos que me levam (poético!)

A marca integrou o primeiro desfile coletivo

Vivire aposta em leveza conceitual e metáfora com o vento no Verão 2011

FLASHMOB SAI DA RUA PARA O SHOPPING

Na abertura do segundo dia do BFM, dezenas de pessoas vestidas de branco começaram a dançar nos 2º e 3º pisos do Shopping Barra, numa ação inspirada nas flashmobs urbanas. Bailarinos da Companhia de Dança Kika Tocchetto, da Escola de Dança da UFBA e da Escola de Dança da Fundação Cultural, encerraram a coreografia criada por Kika Tocchetto, na Arena Barra Fashion. Neste segundo dia, teve ainda desfiles da Io, Osklen, Triton e Sacada.

Veja algumas imagens:

Flashmob reúne dançarinos de três escolas

Desfile da Osklen na segunda noite do BFM

GLAMOUR NO DESFILE DA ALPHORRIA

A Alphorria fechou a segunda noite do Barra Fashion Mall, na quarta-feira, com o desfile da linha Collection, mostrando uma mulher chique, glamurosa, que sabe o que quer e não tem medo de ousar, mas sempre muito leve e sofisticada. A modelo e apresentadora Mariana Weickert foi a principal atração da noite.

Veja algumas imagens:

Mariana Weickert na passarela...
Mariana Weickert em momento glamouroso na passarela da Alphorria
E a modelo e apresentadora nos bastidores do BFM

A FESTA DA IO

A coleção criada por Robério Sampaio se inspirou na atriz espanhola Penélope Cruz.  Eleita pela revista Entertainment Weekly a atriz mais bem vestida dos últimos 20 anos do Oscar, a morena espanhola é referência para a criação da mulher urbana, sensual, livre e guerreira que o estilista baiano propõe para a alta estação. Além da feminilidade da atriz, Robério Sampaio aposta nas suas atitudes politicamente corretas que a levaram a ser convidada para ser a editora especial da edição de maio da Vogue Francesa. A feminilidade é a palavra de ordem do Verão da IO, que traz referências da Espanha em suas cores quentes. Os tons de pele e nudes harmonizam com animal prints e musgos de inspiração militar. As estampas gráficas e bicolores pontuam a coleção, que tem como destaque o Cocktail dress (vestidinhos de noite). Os comprimentos são predominantemente curtos, ora em tubinhos bem comportados, ora em tomara que caia com saia tulipa, considerada o grande hit da estação.

Veja algumas imagens:

Desfile da Io. Coleção inspirada na Espanha, feminilidade e Penélope Cruz

Como diriam os "flickeiros": "favoritei" esse cocktail dress. o modelo é totalmente Penélope Cruz! Consigo ver a atriz, que é lindíssima na sua morenice ibérica, usando uma graciosidade desses num filme de Almodóvar

*Agradecimentos especiais da coluna Curtinhas do Mundo Fashion aos jornalistas Ana Carolina, da Ecletique Comunicação; Jammil Moreira Castro, da Como Comunicação Integrada e Mônica Lima pelo material enviado ao blog.

Leia Mais