Umectação capilar caseira: como fazer

Hoje vamos falar de umectação capilar. Antes, no entanto, vou contar uma historinha para vocês, sobre minhas madeixas. Sempre fui muito desligada com os cabelos. Fiz progressiva por muitos anos, pela praticidade de já acordar com os cabelos arrumados. Tinha preguiça de cuidar dos cachos. Resolvi fazer minha transição há quatro anos. Abandonei a progressiva e esperei pacientemente o cabelo crescer. Não tive coragem de cortar curtinho, passei meses com o cabelo meio liso, meio cacheado. Prendia para disfarçar… Até que quando os cachos chegaram ao ombro, cortei o restante da química.

transição capilar | conversa de menina

Mesmo assumindo os cachos, continuei preguiçosa com o cabelo. Comprar produtos para os fios era uma atividade automática, sem pensar. Levava em conta, na maioria das vezes, o preço. Nunca me preocupei em olhar rótulo, analisar a composição e coisas do gênero. Isso até muito pouco tempo atrás. Muito pouco mesmo. Viajei com uma amiga que é mega entendida em cabelo. É também uma cacheada, mas que se preocupa com o produto que está adquirindo, formulação etc. As conversas nessa viagem me ensinaram muito (obrigada, Dani!!!). Ao retornar pra casa, decidi por em prática o que aprendi.

Umectação capilar caseira

A umectação nutre os fios, repondo os lipídios perdidos no dia a dia. É feita com a aplicação de óleos vegetais nas madeixas e no couro cabeludo. O primeiro passo é escolher o óleo, que deve ser extra virgem e livre de petrolato, óleo mineral e parafina. Estes componentes grudam no fio, impedindo a penetração do óleo. Eu escolhi o óleo de coco, mas você pode usar amêndoa, rícino, azeite de oliva etc.

Umectação capilar | foto: conversa de meninaAplique o óleo no cabelo seco, por toda extensão dos fios. Você pode separar seu cabelo em mechas e aplicar aos poucos o produto. Assim, você não corre o risco de uma parte do cabelo ser esquecida. E pode aplicar o óleo sem pena, para deixar os fios bem oleosos mesmo.

umectação capilar caseira | foto: conversa de meninaDepois é a vez de aplicá-lo no couro cabeludo, com massagens circulares. Isso mesmo, meus amores, precisa aplicar o óleo na raiz! A massagem estimula a circulação sanguínea e facilita a absorção dos nutrientes. Tanto faz se seu cabelo é cacheado, ondulado, liso ou crespo, ressecado ou oleoso. A umectação é indicada para qualquer tipo de cabelo! E não, ela não vai piorar a oleosidade dos fios.

umectação capilar caseira | foto: conversa de meninaQuando terminar, pode fazer um coque e deixar agir por pelo menos duas horas – quanto mais tempo, melhor. Certifique-se de que todo o cabelo recebeu o banho de óleo. Você pode aplicar à noite e dormir com o produto, colocando uma touca. Foi assim que eu fiz na primeira vez. Mas confesso que o cheiro forte do óleo de coco me incomodou à noite. Então, agora prefiro fazer a umectação durante o dia.

umectação capilar caseira | foto: conversa de meninaPassadas as horas, lave o cabelo com seu shampoo preferido até retirar o óleo. Em seguida, aplique o condicionador para selar a cutícula. Usei shampoo e condicionador Hidratação Intensiva Monange. Depois é lavar, enxugar e finalizar como preferir. Eu usei o leave in curvas a mais, da Éh, e o argan oil, da Lola. Todos os produtos são liberados para low poo (exceto o shampoo Monange, que tem sulfato).

umectação capilar caseira | foto: conversa de meninaResultados

Daí é só deixar o cabelo secar naturalmente. Caso você prefira usar um secador com difusor, pode passar um protetor térmico antes. Lembrando que meu cabelo é fino, ressecado, vazio e cacheado. A umectação capilar super hidrata os fios, deixando-os bem macios e com um brilho lindo. O procedimento também ajuda a definir os cachos, para as cacheadas como eu. O cabelo fica um espetáculo! Você pode fazer a umectação uma vez por semana ou de 15 em 15 dias, pode variar os óleos a depender da necessidade de seus fios. é Bom ir experimentando, para achar a fórmula que melhor funciona pra você.

umectação capilar caseira | foto: conversa de meninaEstou bem mais animada para cuidar das madeixas, porque sei agora o que preciso fazer. O próximo passo é adotar a técnica low poo (farei post explicando!), mas ainda tenho muito shampoo com sulfato e condicionadores não indicados em casa. Então vou aguardar os produtos acabarem. Enquanto isso, vou hidratando, nutrindo e reconstruindo. As fotos não mostram o quão bonitos meus cabelos ficaram, mas dá para perceber os cachos bem formado, o pouco frizz.

Então é isso, meninas e meninos. Vocês já conheciam a umectação capilar caseira? Já experimentaram? E se decidirem arriscar ao ler este post, comentem aqui! Qualquer dúvida, é só deixar nos comentários! Caso postem algo no instagram, me marquem para que eu veja, o insta do blog é @conversademenina.blog, sigam lá.

Beijos e até mais!

2 comentários em “Umectação capilar caseira: como fazer

  1. Olá Alane, tb bem? Vi aqui no seu blog o tratamento que fez com Dra Emmanuelle Cariri, o pelling 3D. Vou fazer semana que vem e queria tirar uma dúvida com vc….após o 1° ciclo, a pele pára de descamar com qtos dias + ou -?
    Dá pra voltar ao trabalho com qtos dias? E queria saber tb se após o 1° ciclo vc já percebeu alguma melhora? Ficarei grata se puder me responder! ????????????
    Seu blog é mto legal! Parabéns! ????

    1. Olá, Sheila! Tudo joia? Menina, eu não parei de trabalhar durante o tratamento, não! Minha pele ficou sensível, avermelhada e descamou.. Mas consegui fazer tudo normalmente. Quando voltei para fazer o segundo ciclo, uma semana depois, ainda estava descamando um pouco. Você não pode tirar as pelinhas, elas precisam sair naturalmente. E, sim, eu senti muita melhora, já no primeiro ciclo. As pessoas comentavam, inclusive. As manchas diminuíram, a pele ficou mais uniforme. Nossa, é maravilhoso. E o melhor é a própria Emmanuelle. Ela é de uma atenção e cuidado raros. Você está em excelente mãos, florzinha! E obrigada pelo elogio ao blog. Beijos e volte sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *