Test Drive: três produtos contra celulite

*Texto e teste feito por Andreia Santana

Passei os últimos três meses testando produtos de três marcas diferentes contra a celulite. Sim, eu tenho. E você provavelmente também tem! Até porque, 99,9% das mulheres têm, em maior ou menor grau. E isso nos preocupa. Por mais intelectualizada, descolada, desapegada e antenada que seja uma mulher, celulite incomoda, ponto. Admito ser gordinha, não tenho trauma com meu manequim G assumido, mas confesso que olho muito atravessado para celulites.

A imagem é do blog My Diary Light.

Definindo a criatura: Segundo o portal Banco de Saúde, a dita cuja que chamamos celulite é o aparecimento de ondulações na pele – geralmente glúteos, coxa, braços, abdomen e nuca – poh, na nuca, velho! -, que dão a esta um aspecto de casca de laranja ou de colchão. É causada por alterações no tecido gorduroso e na microcirculação e tem causas que tanto podem ser a predisposição genética (mamãe tem, você também!) quanto desequilíbrio hormonal, passando ainda pela alimentação toda errada da nossa vida contemporânea e sedentarismo (horas sentada diante de um computador não faz nada bem à beleza das pernas meninas).

O Test Drive – Eis os produtos que testei – Kit Cellu-Shape Timewise (Mary Kay), Laser Shape Gel/Loção (Renew – Avon) e Sérum Bio-redutor Chronos (Natura). Todos foram investimento pessoal. Conforme as regras do Test Drive de sempre avisar a procedência do material, dessa vez não veio de nenhuma assessoria das marcas, mas do meu bolsinho. Não que os produtos enviados me impeçam de ser crítica (sou uma pessoa crítica por natureza). E sou consumidora antes de qualquer coisa, mas acredito – e as outras blogueiras do Conversa também – que fica mais transparente explicar a origem das coisas.

Para manter o nível de exposição compatível com minha reputação de pessoa discreta, não vou mostrar as pernas por aqui. É blog, requer uma certa dose de exposição, mas daí a virar reality show tem limites que não costumo ultrapassar.

E agora, vamos ao que interessa, as opiniões para cada um dos produtos, na ordem de uso:

Kit Cellu-Shape Timewise (Mary Kay) – O Sistema Modelador Cellu-Shape inclui uma loção diurna de alto poder hidratante (a pele fica de bebê de tão macia!) e um gel noturno para massagear as áreas afetadas pela celulite, que promete ajudar o sistema de sustentação da pele a segurar tudo no lugar. E segura! O investimento – que a depender do ponto de vista, é salgadinho – valeu a pena, no meu caso, porque não promete milagres, mas faz maravilhas. Com uma semana de uso, notei a pele macia e reluzente, agradável ao toque e mais uniforme. O gel noturno, quando massageado nas coxas e abdomen (é onde se concentra minha celulite e foi onde testei), provoca um aquecimento moderado nas regiões massageadas. Com três semanas, notei que a pele estava super hidratada e os sinais visiveis da celulite tinham sido atenuados de modo muito satisfatório. O hidratante, usei também nos braços. Essa loção não é do tipo melequenta e a pele fica com uma consistência aveludada e com viço, rejuvenescida. Ajudou ainda a diminuir as manchinhas de sol, porque deu uma clareada (iluminada na pele) e também atenuou a aparência de vasinhos (aquelas veias pequenas) nas coxas. Acredito que o ato de massagear diariamente também tenha contribuido para melhorar a microcirculação nas áreas afetadas pela celulite e para quebrar as cadeias de gordura que alimentam a infame.  Testado e aprovado! E para quem quiser investir, o Kit custa R$ 169,00. Tenho consultora MK, mas quem não tiver, clica aqui.

Laser Shape Gel/Loção (Renew – Avon) Esse produto foi o que menos me impressionou, dos três usados. Fiquei frustrada, porque tinha muita expectativa nele. Sou consumidora da Avon há anos e gosto de vários produtos da marca, inclusive já testei alguns aqui no blog e vivo informando os lançamentos na sessão Curtinhas, mas o Laser Shape me prometeu mais do que podia cumprir. Para começar, achei a embalagem pouco prática. A ideia de fazer bisnaga dupla, com o creme e o gel saindo por aberturas diferentes, simultaneamente, se revelou um transtorno quando o produto chegou ao fim. Sobrou mais gel do que loção e o gel sozinho não é eficaz. Conversando com Alane, que também testou – compramos juntas os nossos produtos – a percepção dela foi bem parecida com a minha. O produto é ótimo para disfarçar a celulite, mas deixa a desejar no quesito tratar, que é o que de fato nos interessa. O creme tem partículas de brilho muito sutis, que quando massageadas na pele, atuam como aquele velho truque de maquiagem, de difusão da luz. Ou seja, desvia o foco do problema, iluminando outras áreas. Claro que, iluminando e hidratando, já reduz “visivelmente” a celulite, mas reduzir “visivelmente” não quer dizer que ela não está ali. No fim das contas, para uma emergência (tipo botar uma mini-saia para um evento ou fazer uma foto de modelete), pode atuar como uma “maquiagem” da celulite, dando a impressão de que a pele é mais lisa do que de fato é. O gel, que no início da aplicação é gostosamente geladinho, quando espalhado na pele, me deu uma sensação de grude, como se a coxa tivesse sido envolvida em filme plástico. Para quem quiser testar e tirar as próprias conclusões, o valor do produto varia de R$ 70 a R$ 60 reais, mas já vi campanhas nos folhetos Avon em que ele sai até por R$ 37,90. Eis o folheto virtual.

Sérum Bio-redutor Chronos (Natura) – Esse produto me impressionou tanto quanto o Cellu-Shape e se mostrou igualmente eficaz no quesito tratamento da celulite. A vantagem desse bio-redutor da Natura é que ele tem um cheiro suave, que não entra em conflito com nenhum outro produto que esteja usando, como perfume. Além de manter a pele bem hidratada, dos três, foi o que percebi com mais nitidez os benefícios de bio-redução. Visivelmente, a circunferência das coxas e do abdomen reduziu. Na fita métrica, foram 2cm embora! Não é lindo? Além disso, assim como o Cellu-Shape, a hidratação dura horas. Sempre uso os produtos de manhã, antes de sair – secagem super rápida, cobertura matificada e nada de meleca antes de vestir a roupa para trabalhar – e também antes de dormir. Ao acordar, notava que a pele conservava o toque avelulado e o aspecto viçoso, como se tivesse acabado de aplicar. Diariamente, percebi a melhora do aspecto geral da pele e também da sua elasticidade e firmeza. O produto promete, e cumpre na medida do possível para um tratamento cosmético, quebrar moléculas de gordura e impedir o acúmulo de novas. Ou seja, com o uso constante, não só serve para tratar como para prevenir a celulite. Esse, já adotei no dia-a-dia e pretendo revezá-lo com o Cellu-Shape. Para quem quiser testar, custa R$ 89,00 a embalagem de 100ml e R$ 71,20 o refil. Mas comprei os dois juntos por R$ 129,00, numa promoção que a revista Naturacostuma fazer. As duas embalagens, 200ml, dá para usar por um mês, tranquilamente.

Pretendo testar outros produtos contra celulite, de outras marcas. Posto aqui os resultados quando fizer os testes. Além disso, vale sempre ressaltar que além da atuação dos produtos descritos acima, o ato de massagear as coxas e o abdomen na aplicação, com movimentos circulares e ascendentes (para cima) ajuda muito na absorção e também na melhora da circulação sanguínea, potencializando o tratamento. Então, não basta aplicar, tem de massagear mesmo, com vontade! Outra coisinha importante é que, nenhum gel, creme ou loção, sozinho, vai fazer milagres contra sua celulite. É preciso cuidar da alimentação (refrigerantes e doces são inimigos das coxas bonitas, moças!) e também fazer atividade física regular. Ao ficar horas na frente do PC, inclusive, lembrem de fazer intervalos e dar uma caminhada, esticar e movimentar as pernas, para ajudar na circulação.

Quem quiser comentar suas impressões, caso tenha usado algum dos produtos citados, ou mesmo me indicar novas marcas para testar, a caixa de comentários do post é de vocês!

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Test Drive: gel antisséptico para mãos da Mahogany

*Texto e teste feitos por Andreia Santana

Que eu me lembre, nunca tinha usado nenhum produto da Mahogany. Mas, dia desses, no trabalho, uma amiga me mostrou o gel antisséptico que estava usando e que era dessa marca. Na minha bolsa sempre tem gel antisséptico, geralmente compro aqueles tubinhos portáteis na farmácia. Junto com pacotinhos de gase esterelizada, soro fisiológico e colírio lubrificante, o gel faz parte do meu kit de sobrevivência oftalmológica. Tive um processo alérgico raro há oito anos – provocado por intolerância medicamentosa – e desde então, fiquei com algumas sequelas como ressecamento ocular e obstrução dos canais lacrimais. Meus olhos são muito sensíveis e qualquer coisinha, inflamam. Daí que o gel para mim é item de primeiríssima necessidade, porque nem sempre encontro pia onde higienizar as mãos antes de aplicar soro ou colírio. Além disso, não recomendo a ninguém que passe as mãos sujas nos olhos. Vocês não imaginam o quanto isso é perigoso para a saúde ocular!

Esse é o gel de minha amiga. Peguei emprestado para fotografar e mostrar aqui

Testei o produto da Mahogany e resolvi trazer as impressões aqui para o blog. A fórmula desse gel combina manteira de karité e óleo de amêndoas doces, este último é um poderoso hidrante desde os tempos de vovó. A vantagem do produto para os que eu costumo comprar na farmácia é que une esses ingredientes hidrantes e emoluentes com o poder do gel antisséptico, que atua contra bactérias e micróbios. Muito melhor que o álcool em gel tradicional, que por ser álcool puro, resseca a pele. O cheiro também é agradável. Embora logo no começo da aplicação, dê para sentir aquela fragrância forte de álcool, à medida que vamos espalhando o produto nas palmas das mãos, fica um aroma residual bem gostoso, que lembra mãozinha que acabou de ser lavada em água corrente, com sabão de toucador. Sou uma pessoa nostálgica por natureza, adoro tudo que tem cheiro antigo. Além disso, as mãos também não ficam melequentas. Para quem trabalha diante de um computador, mão melequenta é o fim da picada! Gostei ainda do tamanho da embalagem, 75g, que cabe na bolsa, e do rendimento do produto: uma gota do tamanho de uma moeda de dez centavos e dá para cobrir as duas mãos direitinho, sem desperdício. E o preço é R$ 14,00, ao menos na loja da marca aqui em Salvador. Cabe no bolso, o que é igualmente importante!

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Test Drive: Máscara Even da Mary Kay

Essa é a máscara que Mari me emprestou para testar aqui para o blog

*Texto e testes por Andreia Santana

A série Test Drive está de volta em 2011 e começo o ano contando a experiência que fiz com a Máscara Even Complexion TimeWise, da Mary Kay. Descobri a marca há exatamente um ano, em janeiro de 2010, com Mari Mendes, amiga e consultora. Essa máscara que usei foi emprestada por ela, justamente para testes aqui no blog.

A máscara Even é potencializada se usada com a sua dupla, a Loção Even Complexion. Mas testei só a máscara, até porque já uso outros produtos das demais linhas da MK e até fiz test drive por aqui, ano passado, do Kit Milagroso.

A promessa na revista The Look – publicação que traz os lançamentos, dicas de beleza e também o guia de compras da MK – é de que a máscara Even promove uma hidratação que prolonga a sensação de maciez e dá à pele opaca, aquele aspecto luminoso e radiante, além de uma aparência descansada e nutrida. Vale ressaltar ainda que em 2010, esse produto obteve o Prêmio Nova de Beleza (da revista Nova), de Melhor Máscara Facial.

Usei três semanas seguidas, duas vezes em  cada semana, ou seja, um total de seis aplicações. Na minha pele, que é oleosa e com tendência à acne, o resultado de que mais gostei é que o rosto ficou hidratado e luminoso, como o folheto prometia, mas sem brilhar. O efeito matte – ao menos em mim ajudou a diminuir a oleosidade – foi o melhor dessa máscara. Também gostei da sensação de maciez e do toque avelulado que ela deixou na minha pele. Ao contrário do que muita gente pensa, opacidade não atinge só peles secas, as peles oleosas também costumam perder o viço, porque ficam com aparência grudenta. Em mim, a máscara eliminou o “grude” da zona T e iluminou a região das maçãs do rosto, que é mais seca. Acredito que se tivesse usado junto com a loção  Even – que promete restaurar o tom natural da pele, dando aparência uniforme – o resultado seria muito melhor. Mas no geral, gostei do efeito e já penso em adquirir uma, junto com a loção, para continuar o tratamento. Conto para vocês, quando experimentar a dupla.

Serviço:

A máscara Even Complexion custa em média R$ 60,00 e a Loção Even, R$ 87,00. A Mary Kay trabalha com um sistema de venda direta, via Consultoras Independentes de Beleza. Minha consultora é a Mari Mendes:  (71) 9109-8493 ou [email protected] Aqui em Salvador, indico também a Sarah Lemes (que já é diretora da marca) – (71) 9114-1507. Mas, para quem está fora da Bahia, acesse aqui, basta botar o CEP da sua cidade que a MK te dá a lista de contatos das consultoras pelo país. E para saber mais sobre os produtos, acesse o site oficial da MK.

**Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Test Drive: hidratação Sebastian no Barber Beauty

Foto: Andreia Santana / Blog Conversa de Menina No dia da cobertura do lançamento da Sebastian Professional, linha de cuidados para os cabelos, lá no Barber Beauty da Av. Manoel Dias (Pituba), ganhamos da assessoria de comunicação do centro de estética um voucher que nos dava direito a um tratamento com os produtos da marca. Pois bem, aproveitamos a oportunidade para experimentar a linha e contar tudo para vocês! Estivemos no Barber Beauty do Shopping Iguatemi na quarta-feira (1º) e fomos recebidas pela gerente Ana Maria Gomes, que nos deixou nas mãos de duas hair stylist: Telma (que cuidou dos fios de Alane) e Jaqueline (que hidratou os cabelos de Andreia). Abaixo, vocês conferem, numa versão blogagem a quatro mãos, as impressões de cada uma. Confiram:

Alane conta um pouco: Telma, que tem 15 anos de experiência na rede, fez uma análise do meu cabelo, para recomendar o tratamento adequado. Ela olhou detalhadamente a estrutura dos fios e ressaltou como estavam quebrando fácil e sem vida (oh, céus! oh, vida!). Daí, ela indicou a hidratação Penetraitt, para quem está com os cabelos danificados e para aqueles que submetem os fios constantemente a procedimentos químicos (como a progressiva e os relaxamentos, por exemplo). Ainda segundo Telma, esta hidratação fortalece e recupera a textura dos fios maltratados, dando brilho intenso ao cabelo. E, gente, realmente o procedimento deixa um brilho sem igual nos fios. O resultado é impressionante, vocês podem ver nas fotos em que servi de modelo.

Produtinhos da Sebastian usados nos nossos cabelos. Shampoo, condicionador e finalizador

Andreia se mete na conversa – Enquanto Alane estava na recepção e preenchia fichinha com nome, telefone e tal, aproveitei para começar a clicar aqui e ali, já me escalando para fazer as imagens do Test Drive. É que sou a cara de pau mais tímida da face da terra, gente! Jaqueline – seis anos na rede – fez o diagnóstico no meu cabelo. E eu dei trabalho para a moça viu, porque queria anotar tudo o que ela dizia e não parava quieta na cadeira. O exame mostrou que os meus fios estavam ressecados (ainda mais que saí de casa sem leave in, já que ia experimentar um procedimento novo) e também porque – como vocês já sabem -, meus cabelos são cacheados e pesados, enquanto o de Alane é mais fino. Fiquei feliz em saber que não existe dano severo e nem perda de massa capilar (amém, senhor!!). O problema maior identificado pela stylist e também maquiadora e visagista é que o cabelão, criado literalmente selvagem, está sem corte definido, precisando de um up. Voltando à necessidade de hidratação, a consultora foi taxativa: no mínimo de 15 em 15 dias, para dar aquela emoliência bonita aos cachos. Já tou aqui com a calculadora na mão, ai meu deus! Além disso, segundo a Jaqueline, a Sebastian possui uma linha fantástica para cabelos cacheados, a Flow, tratamento e finalização, que cuida e define os cachos ao mesmo tempo. Já estou avidamente cobiçando adquirir os itens dessa linha.

Complementando as informações da colega Telma, Jaque explicou ainda que o tratamento é indicado para qualquer tipo de cabelo que esteja danificado (liso natural, alisado, cacheados, crespos e etc): “A Sebastian oferece tratamento personalizado e cada produto, mesmo os finalizadores, atuam tratando os cabelos. A cliente pode tanto ousar no visual quanto manter um stile mais natural, que o cabelo vai ganhar forma e brilho”, disse.

Foto: Andreia Santana / Conversa de MeninaAlane reassume a narrativa – Os primeiros passos da hidratação consistem na lavagem (obrigada, Rosa, pelas mãos divinas!) e, em seguida, Telma se ocupou em dividir as mechas dos cabelos. Ela explicou que é importante esta etapa, já que as mechas devem ser de tamanho suficiente, para que o produto realmente chegue a todos os fios. O caso é que se a mecha for muito grande, a penetração dos produtos não acontece de forma adequada. Imaginem que Telma dividiu o cabelo com prendedores, e cada mecha foi redividida para a aplicação do produto. Logo depois, para potencializar os efeitos da hidratação (que é ativada pelo calor, ou termoativada), ela ainda envolveu as mechas em papel alumínio e usou uma pracha por cima para aquecê-las. E ela fez o procedimento em cada pequena mecha, super cuidadosa (obrigada, Telma, pelo cuidado e carinho!!!).

Essa é a Jaqueline!

Andreia, de novo, dando pitaco – Enquanto embalava meu cabelo em papel alumínio, Jaqueline foi explicando que a técnica serve para que o calor ative o produto, mas sem danificar a fibra capilar. Geralmente, elas adotam esse procedimento quando o cabelo está mais fraco, como o de Lane, ou mais ressecado, como o meu. Fiquei encantada com a cumplicidade de Telma e de Jaqueline. As duas trabalham super bem juntas, uma completando as informações da outra e ambas tecendo elogios à colega. Não poderíamos estar em melhores mãos!

Foto: Andreia Santana | Conversa de MeninaA vez de Alane falar (ops, blogar) – Depois da hidratação, uma nova lavagem no cabelo e a finalização. Como meu cabelo está sem corte, Telma decidiu dar um jeito na franja crescida, tirando um pouco do comprimento dela e melhorando o caimento no rosto (Telma, prometo voltar para cortar minhas madeixas!!!). O término do processo é a escovação. Segundo Telma, essa é também uma parte importante, porque ativa os efeitos dos produtos aplicados. Como eu decidi “entregar” meus cabelos a ela, nem pestanejei. Depois de muito tempo sem escovar os cabelos, me rendi ao secador. Notem na foto acima que já dá para perceber o brilho dos fios. E dá mesmo, gente, vou ressaltar de novo. O cabelo fica com um brilho lindo!!

Fotos: Andreia Santana | Conversa de Menina
Alane de modelo e a Telma (anjo da guarda) com sua pupila

Foto: Andreia Santana | Conversa de MeninaOlhem aí, gente, o resultado final. Cheguei lá com algo indefinido na cabeça, erroneamente chamado de cabelo. Deixei o instituto como uma diva, com os fios super soltos, as madeixas bem tratadas e muito, muito brilho. Saí de lá direto para o trabalho e várias pessoas comentaram a diferença nos fios. Um dia depois da hidratação, ainda tinha gente falando sobre como meus cabelos estavam brilhosos e com ar sedoso. A minha opinião final sobre a hidratação é que vale muito a pena, o resultado é impressionante. Agora, claro, uma hidratação apenas na vida não vai regenerar os fios. É preciso ter cuidado diário com o cabelo, para que ele se fortaleça.

Mais um pouquinho de Andreia – Então, Alane que é menina disciplinada, deixou a Telma fazer a escova para finalizar o tratamento, mas eu que sou mais teimosa, avisei logo para a Jaqueline que não adiantava que eu não ia escovar. A verdade é que aposentei a escova – devo ter escovado o cabelo no máximo umas cinco vezes nos meus 36 anos de vida – e quero meus cachos todos soltos e macios. Me reconheço como sendo eu mesma com os cabelos encaracolados, embora Lane seja da opinião de que eu escovada a la Channel fico bem. Pessoalmente, adoro Alane escovadíssima, fica mais que chique! Depois de enxaguar meu cabelo e diante da recusa para fazer escova, Jaqueline utilizou um finalizador e um anti frizz da linha (maravilhosos!!!), dando aquela amassadinha nos cachos. Tanto um produto quanto o outro são muito leves, muito mais do que estou acostumada. O cabelo ficou brilhante, mesmo secando ao natural dava para ver, e os cachos se formaram de um jeito meio “leão domado” meio “cabelo assanhado de modelo de passarela”. Confesso que no começo fiquei com saudade de um creme de pentear mais potente, mas a ideia da linha Sebastian é garantir movimento e um visual audacioso e mais agressivo, no sentido de atitude fashion mesmo. Não sei se é bem minha praia essa parte, teria de me habituar a essa atitude mais audaciosa, mas que o resultado da hidratação é cabelo macio e sedoso, com certeza! Também prometi voltar para cortar, e Jaqueline garantiu que não vai mexer no comprimento das minhas longas melenas, mas vai botar seus conhecimentos de visagismo para atuar a meu favor, eba! Essa foto de antes e depois do banho de texturização e visagismo, prometo que faço!

Não resisti em clicar a "vitrine de tentações". Além da linha Sebastian, da Wella, a rede Barber Beauty também trabalha com Wivetex, SP, Kerastasy de Loreal e Séve Expertise, entre outras linhas de babar na toalha!!

Serviço e mais alguns detalhes – A hidratação Sebastian só é dada na rede Barber Beauty e custa em torno de R$ 125. A variação no preço depende do tamanho dos fios. É possível ligar e agendar horário. Para quem não gosta de muito movimento, o início da semana, pela manhã, é bem mais tranquilo. O procedimento, normalmente, dura em torno de 30 a 40 minutos. A recomendação de Telma é que seja dada a hidratação duas vezes ao mês, mas isso também depende do estado do cabelo.

A rede de salões também oferece serviço de Spa (apenas na av. Manoel Dias), e nas filiais dos shoppings Iguatemi e Barra tem profissionais com curso de visagismo, texturização, hair style etc, manicure e pedicure, além de depilação. Nos shoppings, o funcionamento é de segunda a sábado, das 9h às 22h e aos domingos (yes, abre domingo!), das 13h às 21h.

Os produtos da Sebastian tanto possuem linhas para tratamento em salão, quanto para uso em casa, com shampoo, condicionador, máscara de tratamento (inclusive a Penetraitt), finalizador, anti frizz e etc. Os preços variam de R$ 60,00 a R$ 98,00, cada tipo de produto.

Endereços da rede Barber Beauty em Salvador:

>>Pituba – Av. Manoel Dias da Silva, 2219
Tel.: (71) 3344-8600
Funcionamento: 08h às 20h

>>Shopping Iguatemi 2º Piso
Tel.: (71) 3114-7400

>>Shopping Barra 3º piso
Tel.: (71) 3263-7400

É isso, meninas, esperamos que tenham gostado do nosso Test Drive. Comentem tá? E se mais alguém já realizou esta hidratação, diz para a gente o que achou!

Leia Mais

Test Drive: Protetores solares da Natura

*Texto e testes de Andreia Santana

O verão de Salvador é famoso país afora pelo calor intenso, os dias ensolarados e as festas da “estação do Axé Music”. Mas para mim, que tenho a pele sensível ao sol, é um tormento. A cidade tem altíssima incidência de raios solares e usar proteção contra os raios UVA e UVB por aqui é recomendado até no inverno. Vivo testando várias marcas de protetores, principalmente para o rosto, porque tenho pele oleosa e com tendência a acne. Já usei desde os vidrinhos que vendem em farmácia e deixam a gente com “cheiro de praia” até os indicados pela dermatologista. Mas esses, geralmente, me levam à falência de tão caros!

Meus últimos testes com proteção solar foram adquiridos na revista da Natura, via uma amiga que é consultora da marca. Comprei o Hydra, da linha Chronos, um hidratante para o rosto que tem fator 15 de proteção e, pela propaganda no folheto, é a base de água e por isso se adequa a todo tipo de pele; e uma loção facial protetora “não oleosa” – é o que diz a embalagem -, da linha Fotoequilíbrio, fator 60. Gastei exatamente R$ 64,00 nos dois produtos: R$ 32,00 na loção Fotoequilíbrio e R$ 32,00 no Hydra. Agora, conto para vocês se o investimento valeu a pena…

Hydra Chronos Hidratante Protetor Diário para o Rosto, fator 15:

A embalagem de 30 ml é super prática de carregar na necessaire e quem trabalha em ambiente com ar condicionado e lâmpada fluorescente, é bom saber que ao longo do dia será necessário reaplicar o protetor e hidratar a pele. Nesse caso, o produto junta as duas coisas num vidrinho só. O fator de proteção, 15, é baixo para os padrões de Salvador, mas o nível de hidratação bastante satisfatório. A cobertura do produto é muito boa, um pouquinho faz uma camada de um filminho invisível sobre a pele. É fresquinho também e não faz meleca (quem tem pele oleosa não gosta e nem deve usar produtos melequentos, embora seja essencial usar hidratante). A absorção é quase instantânea, daí que não atrasa a maquiagem (vivo correndo para lá e para cá, meu tempo é literalmente cronometrado). No entanto, apesar dos benefícios de hidratação, de fato a pele fica macia por no mínimo oito horas, notei que agrava minha acne. Poucos produtos não surtem esse efeito em mim (vocês podem conferir outros testes que já fiz na nossa página do Test Drive). Decidi então abolir o uso no rosto e adotei no pescoço, colo e ombros. Aí sim, o resultado beira os 100% de satisfação. Hidrata, deixa uma textura aveludada gostosa ao toque e o mais importante, protege do sol e do ressecamento provocado pela exposição prolongada.

Loção Facial Protetora Fotoequilíbrio, fator 60:

Confesso que me enchi de expectativa quando vi no folheto da Natura uma loção facial “não oleosa” fator 60 de proteção. É o que toda mulher que mora numa cidade quente como o inferno pediu a Deus. Mas, me decepcionei com o uso dessa loção no rosto bem mais do que com o uso do Hydra. Apesar de vir grifado na embalagem “não oleoso”, o produto é sim, muito oleoso e a absorção na pele não é tão instantânea quanto o prometido. Me senti como se tivesse usado um dos protetores solares comuns, que chegam a deixar a pele brilhando de tanta gordura. Não recomendo para quem tem pele oleosa, mas quem não sofre desse problema, ou até tem a pele seca, com certeza terá um protetor solar potente nas mãos. A vantagem é que o fator de proteção realmente bloqueia os raios solares, não deixa passar nada e para um dia de praia, com certeza será mais que útil. A embalagem, também pequena, 50 ml, e fácil de transportar, serve para levar em dias de atividade física ao ar livre, pois cabe em qualquer bolsinho do acasalho de corrida, por exemplo.  Também testei nos ombros e no colo, onde não tenho acne (que se limita só ao rosto) e onde a pele não é oleosa. O resultado nessa região foi muito melhor, mas ainda prefiro o Hydra, que tem uma secagem/absorção mais rápida.

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Test Drive: mini lápis preto Natura Faces

Quando vi na revista da Natura o lápis preto mini da Natura Faces, achei bem bacana a possibilidade de ter um lápis em tamanho bastante reduzido, que coubesse em qualquer lugar e por um preço em conta. Arrematei logo dois (olho grande!!!), porque o preço estava realmente muito bom (R$ 9,90 cada) e já pensando em deixar um em cada necessaire.

Logo no primeiro uso, já fiquei bastante decepcionada. O lápis borra muito, muito fácil. É preciso ter todo o cuidado do mundo ao passá-lo, e muito mais cuidado ainda durante o período em que estiver usando ele. Qualquer mão passada pelo rosto aleatoriamente pode causar uma mancha escura imensa nos olhos.

Foi assim comigo e foi assim com uma amiga para quem emprestei o lápis em um aniversário. Ela acabou batendo a mão sem querer no olho e o lápis virou uma coisa indescritível, manchou tudo e deu o maior trabalhão para limpar depois. Vi alguns comentários positivos sobre ele em outros blogs, mas em meu caso específico, o resultado foi muito ruim.

É isso, meninas. Para mim, foi o típico exemplo de que o barato pode sair caro. Para não perder o produto, decidi colocá-lo como base para sombra esfumada escura. Basta passar ele como um delineador (cuidado com a mão para não exagerar na dose) e depois é só usar um cotonete (ou pincel) e puxar a cor dele para cima. Assim funcionou melhor.

E vocês? Tiveram alguma experiência com esse lápis?

====================
LEIA TAMBÉM:
>> Duo de sombras Koloss nº 04 – Pérola / Bronze Mel
>> Duo de Sombras Color Trend Avon Violeta/Verde limão
>> Duo de Sombras Color Trend Avon Berinjela / Coral
>> Sombra Duo Koloss 03 Pistache / Musgo em ação
>> Lápis de Olhos Duo Line and Shine Eyeko
>> Mini lápis para olhos nude Natura Faces
====================

Leia Mais

Test Drive: polpa hidratante para pernas e pés Ekos Açaí Natura

O kit que adquiri foi esse, que vem com a polpa, o óleo trifásico e um sabonete em miniatura

Ultimamente tenho experimentado vários produtos, e gosto de fazer testes, desconsiderando (às vezes, claro), a indicação do produto, só para por o produto à prova em outras circunstâncias. Fiz isso recentemente, no post sobre o esfoliante para pés da Lumi SPA. Agora o experimento foi com a polpa hidratante para pernas e pés Ekos Açaí, da Natura. Comprei um kit de açaí e a polpa veio neste kit, é uma embalagem de 25g, que lembra aqueles tubinhos de tinta. Aliás, a Natura inclusive passou a usar a embalagem na nova linha de maquiagem.

Mas o mais importante nesta polpa hidratante definitivamente não é a embalagem. Eu confesso a vocês que nunca a usei nos pés e pernas, mas apenas nas mãos, e o resultado foi maravilhoso. Tenho o hábito de usar hidratante nas mãos com constância, principalmente no período em que estou no ambiente de trabalho. Sempre que lavo as mãos por algum motivo, aplico um hidratante. O erro no uso desta vez nem foi proposital. Eu realmente achava que era hidratante para as mãos!!! Não prestei atenção mesmo e joguei na bolsa. Depois de usá-lo a primeira vez e sentir a diferença na hidratação, parei para ler a embalagem e percebi que o creme era específico para pernas e pés.

===============================
>> Veja outros produtos já testados por nossa equipe
===============================

Fato é que o hidratante é perfeito para as mãos. A absorção é super rápida, o que é muito importante para mim, por exemplo, que passo a tarde inteira diante do computador, digitando sem parar. Cremes muito gosmentos não são nada indicados nestes casos, vira uma sujeira só. Além da rápida absorção e da hidratação imediata, outra coisa muito bacana que percebi é o brilhinho que ele deixa nas mãos. O produto dá uma maciez e uma sedosidade instantâneas. As mãos ficam uma beleza. Quanto ao cheiro, não é dos mais cheirosos, nem é tão ruim assim. Eu me acostumei super rápido e até ouvi pessoas elogiarem o cheirinho dele, quando emprestei para usá-lo. Depende muito de cada um.

Outro ponto positivo e um ganho extra é com relação às cutículas. Percebi que a polpa de açaí é um poderoso hidratante de cutícula, ainda que não seja ele indicado para isso. Além de hidratar a mão, massageando-a com um pouquinho do creme, costumo também separar um tantinho para aplicar apenas nas cutículas, uma por uma, fazendo breves massagens. Gente, muito bom mesmo, viu? Recomendo mesmo. Pena que a linha é sazonal, por causa da safra do açaí. Por causa disso, a gente nunca sabe até quando a Natura vai disponibilizar o produto aos consumidores. Quem tiver interesse em experimentar, sugiro procurar logo uma consultora.

Leia Mais

Test Drive: batom Ultra Color Rich Extra Volume – Mauve

Adquiri o batom Mauve da linha Ultra Color Rich Extra Volume da Avon, porque estava curiosa sobre a forma como ele poderia proporcionar o aumento do volume dos lábios. Havia lido sobre o batom e a descrição era que “o complexo Maxi-Lip Plumping ajuda na produção de colágeno, suaviza as linhas e dá uma aparência de lábios volumosos e definidos instantaneamente”.

Meninas, essa imagem é do blog Fernanda Beleza

Pois bem, meninas, fora a sensação refrescante (parece que colocamos vick ou alguma coisa de menta nos lábios), não senti qualquer diferença prática com o uso do batom, com relação ao volume.  A cor, eu gostei bastante, mas o retoque é imprenscindível algumas poucas horas depois da primeira aplicação. Basta beber um copo com água para o brilho do batom se esvair e a cor murchar.

A embalagem é realmente super linda, bem sofisticada. Apesar de tudo, gostei do batom pela questão da hidratação – depois vi que a fórmula contém ácido hialurônico – e pelo tom suave do Mauve, que é do tipo cintilante, meio rosado, mas sem exageros. Ele também tem fator de proteção solar 15, o que é muito bom para nós que estamos eternamente expostas aos efeitos do sol.

No geral, não achei lá grande coisa o batom, nem acho que R$ 19,00 é um preço justo para ele.

Leia Mais

Test Drive Especial: Kit TimeWise Mary Kay – I

*Texto e testes de Andreia Santana

Nos últimos oito meses adotei o uso de duas linhas da marca norte-americana de cosméticos, Mary Kay:  o Kit TimeWise e o Sistema de cuidados com a pele com tendência à acne. Divido com vocês minhas impressões com os dois tratamentos nesta série Test Drive Especial. Publicarei os posts em três partes, porque é muita informação. Hoje, publico as impressões com a linha TimeWise. Neste domingo, postarei a experiência com o sistema anti-acne. Na segunda-feira, entra no ar um material com os mitos e verdades sobre a acne e mais algumas dicas de produtos de outras marcas, que também experimentei desde janeiro até agora. Para quem não lembra da série Test Drive (tem um tempinho que não fazemos aqui no blog), a regra é contar a experiência pessoal com o uso de cosméticos que recebemos das assessorias das marcas interessadas; ou os que compramos no dia a dia de consumidoras. Neste caso, todos os produtos citados nos três posts deste Test Drive Especial foram comprados por mim, como usuária. Ultimamente, é com estes produtos que cuido da pele diariamente. Confiram:

Kit TimeWise de cuidados com a pele

Fazia um tempinho que me limitava ao gel de limpeza, tônico adstringente e um creme hidratante básicos. Experimentava vários tipos, das marcas que vendem em farmácia e das mais conhecidas. Escrevi por aqui sobre a linha liiv botanicals, da Avon, que gosto de usar à noite, para a limpeza das impurezas do dia e para dormir com a pele fresquinha. Percebi que alguns produtos que testei, como os da linha Renew, também da Avon, agravam minha acne, que não é severa, mas é do tipo renitente. Aboli o Renew, mas não estou dizendo que os produtos são ruins, apenas não se adequaram à minha pele, que tem tendência à oleosidade também. Uma amiga, que é consultora independente da Mary Kay, me apresentou a linha TimeWise em janeiro deste ano, decidi testar…

Meu kit inicial na estreia como consumidora Mary Kay

No kit TimeWise que adquiri havia: O creme de limpeza 3 em 1, que substitui o uso do adstringente; o hidratante com FPS 15 para pele mista a oleosa, a solução diurna com FPS 25 e a solução noturna, que tem microesferas de antioxidantes que agem enquanto a pele descansa, durante o sono. Minha consultora acrescentou ainda uma base em creme Mary Kay, para dar um acabamento de pele de seda. Também comprei para fechar o tratamento com chave de ouro: o complexo antiidade para os lábios, o creme firmador para a área dos olhos, o kit de microdermoabrasão, a máscara purificante (a base de argila) da linha de cuidados básicos e a base mineral com acabamento em pó, que já virou meu xodozinho. Sem essa base em pó não sou ninguém!

Meu kit microdermoabrasão TimeWise

Como funcionou?

Tudo o que o Kit TimeWise me prometeu foi cumprido. Na minha pele a experiência valeu cada centavo investido. Vi os resultados no espelho, mas principalmente, amigos e colegas de trabalho começaram a elogiar a minha pele. Logo de saída, minha consultora me recomendou que usasse o kit de microdermoabrasão uma vez por semana. Esses produtos agem para refinar os poros – eliminando todas as impurezas – e depois reconstituir. O produto para refinar atua como um peeling manual e o resultado é surpreendente, limpa tudo mesmo, remove os pontinhos pretos de cravo que é uma beleza. Depois, o de reconstituir devolve a sedosidade natural da pele. Passei a usar o kit microdermo nos finais de semana (que é quando faço a sessão de spa doméstico). Alternadamente, adotei a máscara purificante de argila. Ou seja, um fim de semana de microdermo, um de máscara purificante. É sempre bom  não misturar produtos demais, até para perceber o efeito. Embora a lógica de ação das linhas de cuidados da Mary Kay seja a atuação em conjunto dos produtos, nem tudo é para ser usado ao mesmo tempo.

Durante a semana, no dia a dia, adotei o Kit TimeWise, que é também chamado de Kit Milagroso e creiam, em mim fez milagres. Embora sejam cinco passos de tratamento, leva cinco minutinhos, dá para fazer durante o banho e eu incorporei tanto à minha rotina de manhã cedo, quando me arrumo para o trabalho, quanto à noite, na limpeza da pele antes de dormir. Algumas etapas do dia, lógico, foram descartadas no tratamento noturno.

Meu hidratante com FPS 15, para pele mista a oleosa

O primeiro passo é sempre limpar a pele, tanto de dia quanto de noite. O produto que adotei foi o creme de limpeza 3 em 1 (que é um cleanser). Ele possui microesferas esfoliantes, mas que agem de forma mais suave que a esfoliação do microdermo. O creme de limpeza, que tem uma consistência de gel e faz uma espuminha de cheiro suave, tira o excesso de óleo da pele e remove as células mortas, preparando o rosto para os passos seguintes. Sempre lavo também o pescoço e a região do colo. Na sequência, o meu passo dois diário, após lavar e secar o rosto, é usar o hidratante, que tem consistência muito leve, seca rápido e dá um efeito matificante. Após hidratar, parto para a solução diurna com FPS 25, que hidrata ainda mais e protege contra os raios UVA e UVB. Também não é melequenta e com um tiquinho de nada de produto, faz uma cobertura excelente. Aliás, a durabilidade e a qualidade dos produtos compensam o investimento. Meu primeiro kit durou seis meses e só recentemente pedi reposição.

O creme firmador para os olhos e meu "bastãozinho mágico", o complexo antiidade para os lábios

Os passos seguintes são usar o bastão do complexo antiidade para os lábios (delicioso! A boca fica macia e viçosa) e o creme firmador na área dos olhos (a dica é sempre espalhar produtos nessa região usando o dedo anelar. Segundo minha consultora, esse dedo é menos vascularizado e daí não provoca inchaço das pálpebras). Com leves batidinhas, espalho o creme na área inferior (a região da olheira) e nas pálpebras superiores. Com duas semanas de uso notei que a região das pálpebras estava mais clara e com um efeito lifting fantástico. Os pezinhos de galinha típicos de quem já tem 3.6 foram atenuados e com o uso dos demais passos, linhas de expressão na testa sumiram, que coisa linda!

Máscara purificante à base de argila, que tanto serve para esfoliação suave durante o banho, quanto para usar como máscara para remover o excesso de oleosidade.Uso como máscara, deixo uns dez minutinhos no rosto e depois removo com água fria. Não gosto de usar água morna no rosto, prefiro sempre fria, pois o efeito na minha pele é melhor.

Depois desses cuidados de tratar a pele durante e após o banho, começo a sequência que antecede a maquiagem: primeiro uso a base em creme Mary Kay, que cobre as imperfeições e depois, uso a base mineral em pó, levíssima, que dispensa o uso do pó compacto. A base Mary Kay é uma das mais recomendadas no mercado e se equivale a de outras marcas famosas como a Mac. Ela atua na pele como um microfilme, blindando literalmente contra poeira e poluição. Já a base em pó faz o acabamento de um pó compacto, mas sem deixar a pele com aquele aspecto de “massa corrida de parede”.

Base líquida para pele mista a oleosa

A dica na escolha dessas duas bases é observar o tom da pele. No meu caso, a cor é bege 1. Além disso, a base em creme (líquida) também está disponível nas versões para pele mista a oleosa ou normal a seca.

Base mineral com acabamento de pó compacto. Minha cor inicial foi a bege 1, mas a Mary Kay recomenda que devido às mudanças nas estações do ano, que afetam a coloração da pele, a revisão da cor da base seja feita há cada seis meses

Durante a noite, repito a limpeza com o cleanser 3 em 1 e uso o creme para os olhos e o complexo antiidade dos lábios, mas substituo o complexo dia pelo complexo noturno e dispenso o hidratante, por opção mesmo, embora minha consultora insista que hidratação é importante nas 24 horas por dia. É que de noite sempre bate aquela preguicinha, daí diminuo o tempo na frente do espelho. Com vitaminas e antioxidantes, o complexo noturno tem consistência de um gelzinho bem fresco. Dentro, há cápsulas de uma substância exclusiva desenvolvida pela Mary Kay, a nutribeads, que potencializa o colágeno. No geral, a absorção do produto na pele é muito boa. Durmo com o rosto tratado, mas sem sujar o travesseiro ou ficar com aquelas máscaras grudentas. Dispenso o hidratante também porque notei que na minha pele, o complexo noturno por si só já proporciona uma hidratação muito eficiente para o meu período de repouso.

No post deste domingo, falo um pouco da minha experiência com o kit anti-acne da Mary Kay e de como tive de substituir alguns passos do TimeWise pelos produtos dessa nova linha. A troca foi só para facilitar a rotina diária.

Algumas informações sobre a marca e um servicinho:

A Mary Kay é uma das maiores empresas de vendas diretas de produtos de cuidados com a pele e cosméticos no mundo. Em 2008, alcançou um faturamento de U$ 2,6 bilhões em vendas. Os produtos da marca são vendidos em mais de 35 mercados e são mais de 2 milhões de consultoras de beleza independentes.

Para saber mais, visite o site: www.marykay.com.br, ou ligue para o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) – 0800 7020738.

Não sou consultora da Mary Kay, apenas uma consumidora entusiasmada com os resultados, mas descobri que há uma ferramenta on line no site da marca que mostra onde tem consultora em diversas regiões do país. Tenho sorte porque a minha, além de amiga, trabalha no mesmo lugar que eu, uma mão na roda. Mas para saber onde achar uma das consultoras independentes, acesse aqui, basta botar o CEP da sua cidade que eles te dão a lista de contatos. E se você, leitora do blog, já é usuária de algum produto dessa marca, comente aqui. Me conte o que está achando dos resultados…

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Leia Mais

Test Drive: esfoliante para os pés Lumi Spa

Sou fã de esfoliantes. Uso esfoliante para o corpo, para o rosto, para as mãos e para os pés costumeiramente. Eles são ótimos para renovar a pele, porque removem as células mortas e as impurezas.

Particularmente, não fico sem esfoliante em casa e adoro experimentar lançamentos.

Recentemente, recebi da assessoria de comunicação da Lumi Cosméticos o esfoliante para os pés da linha Lumi Spa, que também pode ser utilizado na região dos joelhos e cotovelos.

===============================
>> Veja outros produtos já testados por nossa equipe
===============================

Logo de cara o que me agradou foi o aroma leve de lavanda. O esfoliante tem um cheirinho maravilhoso. Certa vez comprei um esfoliante para os pés que tinha um cheiro terrível. Simplesmente não consegui usar. Tudo bem que ninguém vai sair por aí cheirando nossos pés, mas pra mim é essencial que o produto tenha um cheiro agradável ou, pelo menos, não tenha cheiro.

Pois bem, estou usando o esfoliante há vários dias. Além de cheiroso, ele tem uma fórmula que deixa a pele bem macia. Eu testei tanto nos pés quanto nos cotovelos e joelhos, como consta na indicação do produto. E o resultado foi maravilhoso. A sensação é de hidratação e maciez mesmo. A pele chega a ficar com aquele brilhinho discreto.

Eu segui as instruções do rótulo para aplicar: com a pele seca, fazendo massagens circulares e enxaguando em seguida. Como eu gosto de esfoliar a pele já limpa. Utilizei o produto após o banho, enxaguando as áreas em que coloquei o esfoliante logo depois do uso. Tudo de bom, meninas. Experiemntem e digam o que vocês acharam!

| SERVIÇO |
Esfoliante para os pés 180g
Marca: Lumi Cosméticos
Valor sugerido: R$ 18,00
Onde encontrar: consulte no site

Leia Mais