Mais promessas e agradecimentos

Este é o meu último post de 2009. Vou descansar um pouco, recarregar as baterias, me preparar para os desafios que me aguardam em 2010. Fiquei pensando no que escrever, que palavras deixar a vocês… E hoje, ao sair para dar uma caminhada no Dique do Tororó, voltei a pensar nas promessas e decidi tratar, mais uma vez, delas aqui. Como muitos já devem ter lido no meu post anterior, não sou muito fã das promessas, não acredito na sua força, e prefiro que as atitudes sejam tomadas. Mas durante a minha caminhada parei para avaliar essa questão das promessas e posso dizer que, de certa forma, consigo, agora, compreender um dos seus possíveis sentidos.

Eu continuo contrária às promessas, mas percebo que elas podem exercer um papel importante na vida das pessoas. Prometer pode nos fazer enxergar que somos capazes de promover mudanças, de conquistar objetivos diversos, de seguir um novo caminho. A promessa pode renovar a crença em nossa própria capacidade de agir, de ser agente atuante na construção de um futuro melhor. Prometer alguma coisa para nós mesmos pode ter o poder de nos fazer repensar, de nos fazer perceber que, parafraseando o Obama, “yes, we can” (sim, nós podemos). Não sei se esse vértice que eu encontrei faz algum sentido, mas pelo menos amenizou a minha aversão às promessas.

De qualquer forma, meus queridos leitores, meninas e meninos, reitero a importância de agirmos mais. Vamos colocar em prática nossos sonhos, nossos objetivos, vamos abrir aquelas caixas velhas que estão guardadas no armário há meses. Vamos rasgar papéis velhos, reorganizar nossas fotos, organizar nossos planos. Talvez seja este o simbolismo da virada de ano. De alguma forma, experimentamos a sensação de um começar novamente. Seja continuando os passos que estamos dando, seja promovendo alterações nas trilhas que andamos seguindo, seja simplesmente deixando o ano que passou pra trás e tentando reconstruir um novo futuro.

Quero agradecer imensamente pelo carinho de vocês, pela presença no blog. Aos leitores frequentes, que entram na net e sempre lembram de dar uma passadinha,ainda que super rápida, no Conversa de Menina. Aos leitores casuais, que por acaso caem em nossa página, seja por indicação de alguém, pelas listas de  blogs dos amigos, pelos sistemas de busca. Aos que comentam constantemente e participam das discussões. Aos que leem calados, mas absorvem nossas palavras. Sem vocês este blog não faria o menor sentido. Muito obrigada mesmo, pelas palavras de incentivo, pelos elogios, pelas críticas que nos fizeram amadurecer bastante.

O que desejo é muito tudo de bom em 2010. Que vocês busquem mais, sonhem mais, lutem mais. Que tenham forças para levantar das quedas, que sempre lembrem de guardar um lencinho para enxugar as lágrimas. Que multipliquem-se os motivos para rir. E que vivam, diariamente, tentando dar o melhor de cada um de vocês. Que todos nós aprendamos a conviver melhor com as diferenças, a respeitar o outro. Que sejamos intensa e imensamente felizes. E nunca esqueçam que, para um motivo ou outro, as meninas estarão sempre aqui. Para trocarmos experiências, conversar. Esse cantinho é muito mais de vocês do que nosso. Sejam sempre bem-vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *