Santo Amaro em evidência

Santo Amaro da Purificação é uma das cidades mais místicas do recôncavo baiano.  E não digo isso porque é terra de Caetano Veloso e Maria Bethânia. Aliás, os dois grandes artistas são o que são porque nasceram e se criaram num caldo cultural que mistura a religiosidade afro-brasileira, tradições católicas, cultura popular e história de resistência. Pois a cidade, localizada a 72 quômetros de Salvador,  estará em evidência nos próximos dias. Aqui na capital, de hoje até domingo, o Conjunto Cultural da Caixa (Rua Carlos Gomes – Centro) apresenta o espetáculo teatral Besouro Cordão de Ouro, sobre a vida de um dos capoeiristas mais famosos de Santo Amaro, um homem tão peculiar que se não houvesse testemunhas jurando que ele existiu, passaria facilmente por lenda e das boas, daquelas de ouvir ao pé da fogueira. Além disso, de 13 a 17 de maio, a cidade do recôncavo celebra os 120 anos do Bembé do Mercado, festa criada em 1889 para comemorar a abolição da escravatura. Abaixo, informações sobre o espetáculo e a história do Bembé:

Besouro Cordão de Ouro

Cena do espetáculo Besouro Cordão de Ouro
Cena do espetáculo Besouro Cordão de Ouro

Manoel Henrique Pereira, apelidado Besouro Cordão de Ouro, nasceu em Santo Amaro no final do século XIX. Ficou famoso graças ao talento nas rodas de capoeira tanto na cidade natal quanto no Cais Dourado, em Salvador, onde desembarcava dos saveiros que cruzavam a baía de Todos os Santos, em busca de um bom desafio. Sua fama de valente o transformou em lenda viva. Sendo que o romance Mar Morto, de Jorge Amado, ajudou a consolidar a fama do lutador. Além de capoeirista, Besouro também era poeta, boêmio, tocador de violão dos mais afamados e compositor de chulas e sambas-de-roda.

O espetáculo Besouro Cordão de Ouro, que aporta em Salvador neste fim de semana, é produzido por um grupo carioca, sob direção de João das Neves. O texto, as músicas e letras das canções entoadas na peça  são de autoria de Paulo César Pinheiro. A história de Besouro, também chamado Mangangá nas rodas de capoeira, é contada a partir dos atores que interpretam outros mestres famosos do ínicio do século XX como Bimba, Pastinha, Budião, Dora das Sete Portas e a mítica Rosa Palmeirão, também personagem de Mar Morto e que, diz a lenda, foi criada por Jorge Amado a partir de Maria Doze Homens, uma capoeirista valente do Cais Dourado, que derrubava qualquer um que se interpunha em seu caminho, fosse macho ou fêmea. Maria Doze Homens, por sua vez, é confundida na memória da cultura popular baiana com Maria Felipa de Oliveira, uma mulher que, na Guerra da Independência da Bahia, em 1823, teria liderado outras mulheres na guerrilha contra os portugueses.  Prometo contar a história dela aqui no blog, em outra ocasião.

SERVIÇO:

Espetáculo: Besouro Cordão-de-Ouro

Onde: Espaço Caixa Cultural

Rua Carlos Gomes, 57 – Centro – Tel: 3421-4200

Quando: 8 a 10 de maio, às 20h

Ingresso: Um quilo de alimento não-perecível, trocados pelo ingresso a partir das 14h do dia do espetáculo

================================

Bembé do Mercado

Caetano deve participar de mesa redonda durante o Bembé
Caetano deve participar de mesa redonda durante o Bembé

A origem do Bembé do Mercado remonta ao dia 13 de maio de 1889, no aniversário de um ano da abolição. Na ocasião, os terreiros de Candomblé de Santo Amaro e região se reuniram para fazer uma festa de três dias e três noites, tocando para os orixás e em memória aos antepassados que pereceram na luta pela liberdade. Durante anos, o Bembé foi erroneamente associado a uma homenagem à princesa Isabel, mas a festa de fato, marcava a resistência dos adeptos do Candomblé às perseguições a sua religião e também era uma forma de mostrar que existia um contingente negro que havia saído das senzalas, mas ainda não havia alcançado lugar de direito na sociedade. Mesmo com as perseguições o Bembé continuou acontecendo. Em alguns anos, limitava-se aos terreiros, em outros, acontecia na praça do mercado municipal da cidade. A partir do final dos anos 90, houve empenho de lideranças negras e religiosos do Candomblé, além de apoio de universidades e políticos, para que o Bembé fosse revitalizado. A palavra Bembé é uma corruptela de Candomblé.

Este ano, cerca de 30 terreiros irão se unir para realizar a festa dos 120 anos do Bembé, de 13 a 17 de maio, na praça do mercado. Além dos rituais religiosos, ocorrerão também apresentações de maculelê, capoeira, samba de roda e a encenação do Nego Fugido, folguedo que tem origem no distrito santoamarense de Acupe e representa a fuga de escravos das fazendas de açúcar da região e a implacável caçada empreendida pelos capitães do mato e feitores na tentativa de recapturá-los.

A festa de 2009 renderá homenagens ao escultor e museólogo Emanoel Araújo e a sambista santoamarense Edith do Prato, morta no início do ano. A programação prevê também uma mesa redonda, que deve ocorrer na quarta-feira, 13, na abertura do evento, sobre cultura popular, reunindo o Ministro da Cultura Juca Ferreira, o cantor Caetano Veloso e a folclorista Maria Mutti; além de um show de J. Velloso e Ulisses Castro.

SERVIÇO:

O quê: Bembé do Mercado

Local: Mercado de Santo Amaro da Purificação – BA

Data: 13 a 17 de maio

Horário: quarta-feira (04h alvorada, 18h abertura), quinta-feira e sexta-feira (18h), sábado (10h)

Como chegar: Saindo de Salvador, pegar a BR-324.  São 59 quilômetros até o entroncamento da BA-026, em direção a Santo Amaro, e mais 13 quilômetros até a sede do município.

Leia Mais

Dicas para programar a viagem ao exterior – parte 2

Arrumando as malas===============
Leia também:
>> Dicas para programar a viagem ao exterior – parte 1
>> Dicas para programar a viagem ao exterior – parte 3
===============

Mais idéias para que você possa programar suas férias e evitar alguns transtornos comuns aos viajantes de primeira viagem. Ah, se rolar alguma dúvida ou sugestão de coisas que podemos acrescentar nos próximos posts da série, manda um comentário.

==== TURISMO ====
Assim que chegar ao seu local de destino, veja se acha fácil encontrar um setor de apoio ao turista. Você pode pesquisar esta informação antes de chegar lá, inclusive. E fazer deste o seu primeiro roteiro. Eles podem ajudar bastante, podem te dar dicas importantes, te dar mapas da cidade.

==== LOCALIZAÇÃO ====
A depender das informações que obtiver no setor turístico do local, corra a uma banca de revista ou livraria e adquira um mapa bem bacana do lugar. Além do mapa, compre um guia turístico. Você pode comprar o guia, e eu até aconselho, antes da viagem, no seu País mesmo. Aí você já vai assinalando alguns programas interessantes, alguns passeios. É importante ter uma noção ampla e antecipada do que você quer fazer, para otimizar o tempo.

==== COMUNICAÇÃO ====
Um dicionário básico também vai ajudar muito se você não domina a língua do País para o qual está indo. Vai quebrar galhos em diversas situações, inclusive no restaurante, por exemplo. E se você quiser, pode adquirir também aqueles manuais com frases básicas. Nas livrarias vendem. Eles reúnem várias frases que você pode precisar usar em diversas situações.

==== SEGURANÇA ====
Saber como anda o índice de violência e criminalidade no local pode ser fundamental. O principal é investigar quais locais são seguros e quais são inseguros, já que fazer turismo é sinônimo de dinheiro no bolso, o que atrai em cheio os olhares de assaltantes. Então, se precaver é palavra de ordem. Tente buscar estas informações pela internet e no setor de turismo do País. Eles podem te ajudar a saber o que carregar nos bolsos para cada lugar.

==== DIREÇÃO DEFENSIVA ====
Se você está pensando em alugar um carro, procure saber antecipadamente se a sua carteira de motorista é válida no País de destino. Em alguns países da América do Sul, como o Chile por exemplo, a carteira nacional de habilitação do Brasil é perfeitamente válida. Caso contrário providencie tirar a sua carteira de motorista internacional. Lembre-se que o documento só é reconhecido pelos países signatários de convenções internacionais de trânsito (como a de Viena, em 1968). Ela pode ser tirada no Touring Clube do Brasil, que tem sedes em vários locais.

==== LEIS DE TRÂNSITO ====
Pesquise sobre as regras básicas de trânsito. Pode haver algumas normas diferentes do que você já está acostumado. E se vai pegar estrada, verifique também se há alguma legislação específica. Há locais, por exemplo, em que é obrigatório dirigir com os faróis acesos, ainda que pela manhã. E conhecer as leis básicas, pelo menos, pode evitar que você receba multas durante as férias.

 

Leia Mais

Dicas para programar a viagem ao exterior – parte 1

Malas===================
Leia também:
>> Mais dicas – parte 2
>> Mais dicas – parte 3
===================
Você decidiu organizar sua primeira viagem para fora do País. E agora? O que fazer primeiro? Que providências tomar? Este post foi escrito para dar uma mãozinha com algumas dicas importantes àqueles que estão programando uma viagem para fora do País e não sabem por onde começar. Claro que nada como a primeira experiência para aprender a se virar melhor. Mas umas sugestões iniciais podem ajudar, e bastante, para que sua viagem tenha o mínimo de contratempos possíveis. Aos poucos vou acrescentando novas dicas. Fiquem de olho.

==== PROGRAME-SE ====
É importante programar sua viagem com antecedência. Quanto antes você souber exatamente onde quer ir, mas fácil encontrar hospedagem com preços mais acessíveis. Então, tente antecipar seu planejamento para tentar economizar nos gastos.

==== IDENTIFICAÇÃO ====
Depois de escolhido o destino, você precisa tomar medidas importantes. Primeiro, o passaporte e o visto. Embora alguns países não exijam o passaporte, por precaução você pode logo tirá-lo e mesmo não sendo obrigatório, valerá como identidade em qualquer local. Também procure verificar se o País exige o visto e onde é possível tirá-lo. Em alguns casos, você terá de viajar para outro Estado.

==== VACINAÇÃO ====
Alguns locais também exigem que você tenha tomado certos tipos de vacinas. É preciso investigar isso também. É muito importante adiantar estas questões burocráticas e tomar conhecimento das exigências para ingressar no País o mais rápido possível. Para os EUA, por exemplo, se seu visto for negado, já era viagem. Então, programa-se.

==== HOSPEDAGEM ====
Chegou a hora de escolher onde se hospedar. Claro que existe hotel/pousada para todos os bolsos e é bom saber o quanto você está disposto a gastar. Na internet você acha muita coisa, desde hóteis cinco estrelas a albergues e afins. Uma dica bacana é, antes de fechar com o hotel, acesse os fóruns de discussão sobre viagens para saber a opinião das pessoas que já se hospedaram lá. As fotos nos sites podem enganar e o google é uma ferramenta poderosa para isso.

==== DINHEIRO X CARTÃO ====
Pesquise sobre a moeda que vigora no local e faça uma busca para saber sua valorização com relação ao real. Aproveite para verificar se as casas de câmbio de sua cidade vendem a moeda ou se só será possível comprá-la quando chegar ao País de destino. Outra coisa importante, tente adquirir um cartão de crédito internacional.

Claro que você não vai estourar o limite, mas serve como precaução nos casos de necessidade. Se você ainda não tem o tal cartão, lembre-se de pedir com bastante antecedência, afinal precisa preencher proposta, esperar aceitação, esperar chegar em casa. Ainda sobre o cartão, por segurança, leve logo anotado os telefones para atendimento ao cliente que você precisará ligar em caso de problemas no exterior.

==== CASAS DE CÂMBIO ====
Se você não conseguir trocar nenhum valor em sua cidade, pelo menos compre alguns dólares (caso a moeda local seja diversa). Normalmente é aceito em outros países. E quando chegar lá, não troque todo o valor na casa de câmbio do aeroporto. Trocar dinheiro no aeroporto é geralmente sinônimo de prejuízo. Troque apenas o necessário para pagar o táxi até o hotel. No outro dia, pesquise as casas de câmbio locais, porque a diferença pode ser bastante significativa. E não ache que só porque as casas ficam na mesma rua que o preço que cobram é o mesmo. Nada disso. Entre em cada uma delas.

==== CHAMADAS INTERNACIONAIS ====
Vários países possuem cabines telefônicas espalhadas por pontos estratégicos (centro comercial, estação de metrô…). Antes de fazer suas ligações do hotel, procure saber se há estas cabines e qual o valor da ligação. No hotel, pode sair bem mais cara a chamada. E numa viagem para fora, economizar é a palavra de ordem.

==== ARRUMANDO AS MALAS ====
Para arrumar as malas, pesquise sobre a temperatura do local para onde vai viajar. Essa é uma informação fácil de achar pela internet. O orkut também pode ajudar bastante. Há um série de comunidades e você pode trocar informações sobre o local. Com estes dados, fica mais fácil saber o que colocar na bagagem e o que deixar em casa. Se estiver pensando em seguir vários destinos, lembre de pesquisar sobre todos os lugares, para não ter surpresas desagradáveis e precisar fazer gastos extras com roupas.

Leia Mais