Vamos ajudar Lanny a correr!!

Esta é Lanny, minha gente. Olha que menina sorridente!!!

Eu conheci Lanny por meio de um desabafo lindo de minha amiga Clarissa, que me contou a história dessa princesinha de oito anos que está lutando para conseguir dar seus primeiros passos. Decidi partilhar a história com vocês, não apenas para nos comovermos com mais um drama familiar, mas para que possamos unir nossos esforços para ajudar a realizar o sonho de Lanny, que é andar. Lanny não quer uma roupa bonita, nem uma maquiagem, nem aquele sapato lindo que passa na propaganda da televisão. Ela quer poder andar, Lanny quer ter liberdade para correr.

Ela é filha do primo de minha amiga Clara. O problema de Lanny é decorrente de uma paralisia cerebral. Ela nasceu prematura, aos seis meses, e precisaria de um tratamento muito intenso quando ainda era um bebê, para que a paralisia não causasse sequelas. Mas os pais de Lanny não tiveram acesso às informações necessárias. A consequência foi que a princesinha deles não conseguiu desenvolver os membros inferiores. Apesar de tudo, Lanny continua acreditando que vai andar um dia. Ela não perde as esperanças, nem deixa o sorriso sumir do rosto. Ela aguarda um presente que a família dela só vai conseguir dar se reunir a quantia de R$ 10.500,00 (dez mil e quinhentos reais) para um tratamento.

A família de Lanny precisa de uma ajuda financeira. E nós decidimos abraçar a causa de Lanny por sabermos como é gostoso andar, como é bom poder correr. Lanny tem uma chance e é nessa chance que estamos nos agarrando. Há um tratamento especializado em uma clínica em São Paulo que vai ser fundamental para os primeiros passos de Lanny. A mãe de Lanny contou tudo sobre a história da filha e a maratona da família em busca de um tratamento em um post no blog criado justamente para tentar buscar ajuda (clique aqui para ler). Lá no blog, vocês vão poder acompanhar a trajetória de Lanny em busca de seu sonho.

Lanny quer correr, mas precisa da ajuda da gente!

Para quem quiser ajudar, basta depositar qualquer valor (qualquer valor mesmo, gente, um real que seja), na conta da mãe da menina, Vanessa da Silva Paixão, na Caixa Econômica Federal (Agência: 0061 / Conta: 7217-0 / Operação: 013). Eu não costumo me envolver em campanhas de arrecadação de dinheiro, mas essa campanha eu decidi abraçar. Depois de ver as fotos de Lanny, sorrindo. Depois de ler sobre sua história, de acompanhar sua luta, e, mais ainda, por saber da integridade e da correção da minha amiga Clarissa, que montou um blog e decidiu correr atrás do sonho dessa menina, eu decidi vir aqui pedir a ajuda de vocês.

Eu sei que ninguém tem obrigação de fazer doação, que a vida está difícil para todo mundo. Mas sei também que somos humanos, que temos um coração bom. Sei que se cada um de nós ajudar só um pouquinho, a reunião dos nossos esforços vai resultar nos primeiros passos de Lanny. Quem quiser acompanhar todo o esforço da família de Lanny, é só acessar o blog que eles montaram, o Corra, Lanny! Lá é possível conhecer a história desta criança, ler o desabafo da mãe dela, e até marcar um dia para conhecer Lanny pessoalmente. É isso, meninos e meninas, se vocês puderem, nos ajudem também a fazer Lanny correr!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *