Globo de Ouro: Boas meninas em destaque em 2009

A seleção de atrizes que disputam os principais prêmios do Globo de Ouro, neste domingo, traz nomes consagrados do cinema. Não há surpresas ou grandes revelações, nenhuma beldade desconhecida que fez um único papel marcante e foi alçada a condição de estrela. Apenas o reconhecimento às mulheres que, independente de serem belíssimas, possuem grande talento. Algumas delas nem são mais tão jovens, mas o frescor da sua arte é deleite para os apreciadores de um bom filme. O destaque maior fica para a genial Meryl Streep, que concorre nas categorias melhor atriz – drama (Dúvida) e Melhor atriz – comédia (Mama Mia!). Conversa de Menina traz um pequeno perfil das atrizes concorrentes. Logo abaixo, a lista completa de todas as categorias e seus indicados.

ATRIZES QUE VALEM OURO

anneAnne Hathaway (O casamento de Rachel) – A atriz recebeu o mesmo nome da esposa do dramaturgo inglês William Shakespeare. A estréia ocorreu na TV, no seriado da Fox, Get Real, em 1999. No cinema, a carreira começou dois anos mais tarde, no filme da Disney Diário da Princesa – ela também fez as sequências -, no papel da heroina Mia Thermopolis. Em Brokeback Mountain se firmou como intérprete de talento em papéis mais adultos. É uma das mais jovens concorrentes, com 26 aninhos.

jolieAngelina Jolie (A Troca) – Ser citada como a senhora Brad Pitt ou lembrada apenas por filmes de ação como Thomb Raider, O Procurado ou Sr. e Sra Smith é injusto com a atriz que tem um Oscar na carreira. Em 2000 ganhou como melhor coadjunvante por Garota Interrompida. Formada em cinema pela Universidade de Nova Iorque, Jolie também é conhecida por suas ações humanitárias. A atriz tem 33 anos.

kristinKristin Scott Thomas (Il y a Longtemps que J’e T’aime) – A atriz britânica de 49 anos é uma colecionadora de prêmios. Só para citar alguns, ganhou um oscar por O paciente Inglês; um Lawrence Olivier Awards, por A gaivota; e o Bafta de coadjuvante por Quatro casamentos e um funeral.

merylMeryl Streep (Dúvida e Mama Mia!) – Aos 60 anos, Meryl Streep coloca muita menina no chinela. Basta ver o fôlego da atriz nos impagáveis números de dança da comédia musical Mama Mia. A atriz é multitalentos. Estudou ópera, música e arte dramática em Yale. Já recebeu 6 Globos de Ouro (O Diabo Veste Prada, Anjos na América, Adaptação, Kramer x Kramer, A escolha de Sofia, A mulher do tenente francês); dois oscares (A escolha de Sofia e Kramer x Kramer) e um Urso de Prata (As Horas), só para citar os mais importantes. Fora as indicações, quase todo ano ela concorre a alguma coisa e das vezes que não ganha, é injustiça da academia.

kateKate Winslet (Apenas um sonho) – A estréia da atriz no cinema ocorreu em 1994, no drama Almas Gêmeas, mas estourou mundialmente no melodrama Titanic, onde fazia par romântico com Leonardo Di Caprio. Os dois resgatam a parceria em Apenas um sonho. Aos 33 anos, ela evita ser taxada de mocinha romântica e por isso encara, com talento, personagens etéreos como a viúva mãe de três filhos que inspirou a criação da personagens Wendy (Peter Pan) no sensível Em busca da Terra do Nunca; ou a desajustada namorada de Jim Carrey em Brilho eterno de uma mente sem lembranças.

rebeccaRebecca Hall (Vicky Cristina Barcelona) – Também com 26 anos, a inglesinha foi vista ao lado de Hugh Jackman em O Grande Truque e também está no elenco de outro indicado ao Globo de Ouro deste ano (Frost/Nixon). Ganhou o prêmio Ian Charleson Prize, de teatro, em 2003.

sallySally Hawkins (Simplesmente Feliz) – Outra britânica no páreo, Sally Hawkins, 32 anos, chamou atenção da critica e do público por O sonho de Cassandra, de Woody Allen, que também dirige Vicky Cristina Barcelona. Ela pode ser vista ainda em Despertar de uma paixão.

francesFrances McDormand (Queime depois de ler) – A estrela maior dos irmãos Coen fez sua estréia no cinema em 1985, no filme da dupla de diretores Gosto de Sangue. Por Fargo, de 1995, ela ganhou o Oscar de melhor atriz. Aos 52 anos, a atriz coleciona ainda três indicações ao prêmio máximo do cinema: em 1988, por Mississipi em Chamas; em 2000, por Quase famosos; e, em 2005, por Terra fria.

emmaEmma Thompson (Last Chance Harvey) – Para rivalizar com Meryl Streep, só mesmo a britânica Emma Thompson, 50 anos. Atriz de cinema, tv e teatro, ex-roteirista da BBC e roteirista de cinema, é autora do roteiro do belo Razão e Sensibilidade. Ganhou um Oscar por Retorno a Howards End. Antes, havia sido indicada por Razão e Sensibilidade e por Vestigios do Dia e pelo genial Em nome do pai. Além do prêmio de melhor atriz, tem um Oscar pelo roteiro de Razão e Sensibilidade. Sete vezes indicada ao Globo de Ouro, ganhou também com o roteiro de Razão e Sensibilidade. Coleciona ainda cinco indicações ao Bafta e venceu, em 1997, o prêmio de melhor atriz no Festival de Veneza, por Momento de afeto.

CONFIRA TODOS OS INDICADOS, POR CATEGORIA:

Melhor filme – drama
O Curioso Caso de Benjamin Button
Frost/Nixon
The Reader
Apenas um sonho
Slumdog Millionaire

Melhor filme – comédia ou musical
Queime depois de ler
Simplesmente feliz
Na mira do chefe
Mamma Mia!
Vicky Cristina Barcelona

Melhor diretor
Danny Boyle (Slumdog Millionaire)
Stephen Daldry (The Reader)
David Fincher (O curioso caso de Benjamin Button)
Ron Howard (Frost/Nixon)
Sam Mendes (Apenas um sonho)

Melhor atriz – drama
Anne Hathaway (O casamento de Rachel)
Angelina Jolie (A troca)
Meryl Streep (Dúvida)
Kristin Scott Thomas (Il y a longtemps que je t’aime)
Kate Winslet (Apenas um sonho)

Melhor atriz – comédia ou musical
Rebecca Hall (Vicky Cristina Barcelona)
Sally Hawkins (Simplesmente feliz)
Frances McDormand (Queime depois de ler)
Meryl Streep (Mamma Mia!)
Emma Thompson (Last Chance Harvey)

Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams (Dúvida)
Penelope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
Viola Davis (Dúvida)
Marisa Tomei (The Wrestler)
Kate Winslet (The Reader)

Melhor ator – comédia ou musical
Javier Barden (Vicky Cristina Barcelona)
Colin Farrell (Na mira do chefe)
James Franco (Segurando as pontas)
Brendan Gleeson (Na mira do chefe)
Dustin Hoffman (Last Chance Harvey)

Melhor ator – drama
Leonardo DiCaprio (Apenas um sonho)
Frank Langella (Frost/Nixon)
Sean Penn (Milk – A voz da igualdade)
Brad Pitt (O curioso caso de Benjamin Button)
Mickey Rourke (The Wrestler)

Melhor ator coadjuvante
Tom Cruise (Trovão tropical)
Robert Downey Jr. (Trovão tropical)
Ralph Fiennes (A duquesa)
Phillip Seymour Hoffman (Dúvida)
Heath Ledger (Batman O cavaleiro das trevas) – póstumo

Melhor filme estrangeiro
The Baader Meinhoff Complex – Alemanha
Everlasting Moments – Suécia/Dinamarca
Gomorra – Itália
Il y a longtemps que je t’aime – França
Waltz with Bashir – Israel

Melhor filme de animação
Bolt Supercão (Disney)
Kung Fu Panda (Dreamworks)
Wall-E (Disney/Pixar)

Melhor roteiro
Simon Beaufoy – Slumdog Millionaire
David Hare – The Reader
Peter Morgan – Frost/Nixon
Eric Roth – O curioso caso de Benjamin Button
John Patrick Shanley – Dúvida

Melhor trilha sonora
O curioso caso de Benjamin Button
A troca
Defiance
Slumdog Millionaire
Frost/Nixon

Melhor canção
Down to Earth – Wall-E
Gran Torino – Gran Torino
I thought I Lost You – Bolt Supercão
Once In a Life Time – Cadillac Records
The Wrestler -The Wrestler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *