Diário Ravenna: Parte 2 – As consultas

==================
DIÁRIO RAVENNA
1. Parte 1: O começo
==================

Comecei a semana com as consultas médicas. Primeiro, fui à endocrinologista e à psicóloga. A endocrino me passou uma série de exames, fez uma investigação detalhada do histórico médico de minha família e conversou bastante sobre o método, sobre a importância de ingerir água e as vitaminas que complementam a alimentação. Saí de lá com várias requisições médicas e animada para começar. Claro que, como todo ser humano normal e que gosta de comer besteiras, fiquei com aquele receio natural de ter de abdicar dos carboidratados e açúcares.

Nunca dei muito valor à presença de uma psicóloga em um projeto de reeducação alimentar. Até ter a consulta. Pode, sim, fazer uma diferença absurda no tratamento. Acredito, até, que é a parte fundamental, não apenas a consulta inicial, mas a participação nos grupos terapêuticos. Esta semana fui ao primeiro grupo. Saí de lá animada. É uma experiência maravilhosa compartilhar experiências, identificar que nossas dificuldades são também as dificuldades de outras pessoas, e tentar encontrar respostas juntos. É um diferencial. Mesmo.

Também passei pelo nutricionista, para receber a dieta e as instruções. Ele faz uma exame de bioempedância, para contabilizar a quantidade de água, gordura e massa magra no corpo. E a partir daí, explica todo o planejamento. Mais importante do que o peso em si é a saúde do corpo, os níveis a que é preciso chegar. Claro que o pedo é importante, mas não é só isso. E foi bom saber que a preocupação deles não é deixar o paciente apenas, magro, mas saudável!

Por fim, passei pela coordenadora de atividades físicas, que explicou qual a real importância da atividade e qual é a mais indicada para os objetivos do programa, que é perder gordura e ganhar massa magra. Inicialmente, não farei exercício físico, por uma restrição médica, já que acabei de passar por uma cirurgia. Mas tive uma notícia boa, porque apesar do sobrepeso, meu nível de massa muscular é bom, e não devo ter problemas por não poder realizar atividade física no primeiro mês.

Embora tenha ido para a primeira consulta na segunda-feira (28/11), só vou começar minha dieta neste sábado (03/12). É que a consulta com o nutriconista só aconteceu no dia (01/12), mas não tive tempo de sentar para analisar a dieta e organizar minha vida alimentar. Isso só foi feito na sexta-feira à noite. É isso, meninos e meninas, não vou falar agora do meu primeiro dia de dieta, vou deixar para o post da semana que vem, para falar da primeira semana em geral.

Qualquer dúvida, podem usar a caixa de comentários, que faço questão de buscar as respostas pra vocês lá no centro terapêutico.

Um comentário em “Diário Ravenna: Parte 2 – As consultas

  1. Oi flor, eu cnheci método ravenna agora nas ferias que passei no rio com o pessoal da Bahia que e que participa dos grupos e me contou as experiências e o emagrecimento nítido ! Eu já emagreci 27 quilos com reeducação alimentar, quilos esses que andei em duas gestações …. Mas os ótimos estão realmente difíceis !!!! Mais peguei algumas orientações e vou tentar seguir o cardápio do método para dar um gás e chegar finalmente ao meu objetivo final que é 60 quilos !

    1. Que joia, Romeyka!! Fico super animada ao tomar conhecimento dos depoimentos sobre o método. Muita força nesta reta final, viu??? Vai dar tudo certo!!! E emagrecer 27 quilos já é um passo enorme, hein??? Parabéns!!! Eu anda estou no início da caminhada, mas super motivada a chegar ao peso ideal… Volte aqui pra me contar quando chegar ao seu peso. Será maravilhoso manter contato contigo. Beijão e sucesso!

  2. Olá Alane, tdo bem:
    Tenho uma semana de Ravenna e procurando links relacionados ao assunto, achei seu blog. Como você está atualmente e qual foi o seu resultado final:
    Vc é de Salvador:
    bjs

  3. Bom dia!!
    Vi seus comentários queria muito fazer o tratamento mais não tenho dinheiro para pagar. Por favor me ajudem. Peso 84 quilos e 1,58 de altura. Hoje já tenho até vergonha de partcipar dos encontros com a amigas e reuniões familiares para não ouvir a famosa frase: NOOOOOSSA COMO VC ESTÁ GORDA!

    1. Claudia, o valor não é dos mais baratos, mas o resultado vale muito a pena. Deve estar em torno de R$ 1 mil, pouco mais que isso, por mês. Mas não é só a dieta que engloba este valor… É um grupo de exercícios físicos, acompanhamento com nutricionista, com psicólogo, com médico clínico… Há todo um grupo de apoio. No final das contas, se fosse pagar por tudo isso separadamente, sairia bem mais caro.

  4. olá, tudo bem! como funciona…. o método usado é qual…. pois, graças a Deus consegui eliminar 34 kilos e preciso de mais um pouco.. preciso de ajuda nessa etapa final… agradeço Cris

  5. Olá Alane Virgínia Hoje que realmente me aprofundei em saber da dieta Ravenna acho que por causa da Presidente …. Moro me Niteroi e por aqui o centro do Dr. Ravenna mais próximo seria São Paulo numa ponte área que para mim está totalmente fora. Minha mãe mora comigo, sem chances…. Enfim marquei uma consulta por telefone, que será na segunda-feira, não tenho a menor idéia de que como funcionará … Vc saberia me responder algo ??? E já fiquei preocupada pois todos aqui dizem ser um tratamento caro, mas não sei… Não terei acesso acho eu a psicólogo ou nutricionistas nem imagino como funciona. Já fiz todas as dietas do mundo ….emagreço sim mas depois a sanfona ….e já tomei todas as medicações e não to mais afim queria fazer essa o que vc acha? E o preço? Aguardo sua resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *