Maquiagem e Síndrome do Olho Seco

Maquiagem e Síndrome do Olho Seco nem sempre combinam. Em alguns casos, a aplicação incorreta de cosméticos e falhas na limpeza dos olhos após o uso podem agravar o problema. Ao falar sobre esse transtorno (relembre aqui) deixei para abordar a maquiagem em outro texto, de propósito, porque o assunto rende. Vamos a ele!

Quem tem Síndrome do Olho Seco precisa maneirar no ‘olhão’, mas pode caprichar nas sobrancelhas para levantar a expressão

Não posso usar sombra, delineador e máscara, porque meu caso é severo e meus olhos inflamam com facilidade. Mas, não quer dizer que ao abolir da rotina o ‘olhão preto’, desisti da maquiagem. Está aí uma coisa de que realmente gosto. Passei a privilegiar a preparação da pele, desde limpeza e hidratação, até aplicação de primer, base, corretivo , pó e blush. No dia a dia, uso BBs ou CC creams, que dão cobertura e uniformizam. Também gosto de batons interessantes, principalmente nos tons vermelho fechado e vinho.

Para levantar a expressão, cuido das sobrancelhas e uso iluminador no ossinho abaixo do arco. Os olhos, como diz o ditado, são a expressão da alma. Na falta das três camadas potentes de máscara ou do delineado gatinho, mantenho as pálpebras hidratadas, massageio, uso compressas para amenizar olheiras e inchaço. Truques bons – e produtos hipoalergênicos – para cuidar dessa região não faltam.

Antes de dormir, pigmentos de maquiagem devem ser removidos para evitar contaminação

Por que maquiagem não pode?

Nem todo mundo está proibido de usar, claro! Mais uma vez, aqui vale a regra de conversar com o oftalmo para ouvir as orientações do especialista. No entanto, é importante entender que maquiagem nos olhos é um corpo estranho. E para uma região que já está sensível devido ao ressecamento ocular, abusar de produtos piora o desconforto.

A regra número um é nunca usar cosméticos nos olhos que estejam fora da validade ou tenham sido expostos às contaminações do ambiente. Estojos de sombra devem ser guardados fechados e longe de umidade, pincéis precisam ser lavados. A outra regra importante é sempre remover a maquiagem. Cansaço não pode ser justificativa para dormir com os cílios pesados de máscara. Pedaços endurecidos do produto podem cair nos olhos e causar alergias.

Faxina geral

Os resíduos de máscara, delineador, glitter, pigmento, lápis, etc., se não forem retirados totalmente, entopem as glândulas que produzem a gordura que compõe a lágrima e evita a evaporação precoce. Com isso, além dos olhos secarem depressa, podem ocorrer as enjoadas inflamações. Já os cílios, blindam os olhos contra contaminações. Deixá-los grudentos de máscara, favorece a proliferação de bactérias e entope o folículo que faz os pelos crescerem.

Para deixar tudo limpo depois de  fazer sucesso com o ‘delineado arrasa-quarteirão’, vale apostar nos demaquilantes específicos para a área dos olhos e arrematar a faxina com shampoo infantil neutro.

Mulheres sofrem mais

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Síndrome do Olho Seco atinge mais às mulheres, por questões hormonais que afetam a produção e a qualidade das lágrimas. Entre o público feminino, 10% das afetadas estão na faixa dos 50 anos, período da menopausa.

A maioria daquelas que desenvolvem a síndrome, porém, são as mais jovens. E um dos fatores desses índices altos é justamente o excesso de maquiagem e a higienização incorreta dos olhos.

No período do Outono-Inverno, que o ar fica mais frio e seco, o problema se agrava, o que requer cuidados extras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *