A primeira consulta com a nutricionista

Vivo falando de peso, briga com a balança, qualidade de vida, mas só agora, efetivamente, decidi buscar a ajuda de um profissional de nutrição. Encontrei a nutricionista Camila Avelar no instagram (@nutricionistacamilaavelar), depois de pesquisar vários perfis. E o que me chamou a atenção e me motivou a entrar em contato com ela foi justamente o conteúdo das postagens, as informações, a linguagem acessível, embora técnica, e o cuidado e pronutricionista camila avelar | foto: conversa de meninafissionalismo com a rede social. Se você pretende cuidar de outra pessoa, precisa mostrar que consegue cuidar de si, não é mesmo? No instagram dela, fui analisando as dicas, os tipos de alimentos postados, as rotinas. Imaginei que seria possível seguir tudo aquilo ali e decidi que seria ela! E que bom que foi ela, é o que posso dizer após a primeira consulta.

No nosso primeiro encontro, tive uma grata surpresa. Camila não é apenas uma profissional excepcional,  ela é humana e sensível. Ela consegue captar seu momento, te deixa à vontade para falar e consegue criar laços. Já fui a alguns nutricionistas na vida, mas essa foi a primeira vez que me senti realmente à vontade. Na mesa de atendimento, tem água aromatizada para os pacientes, castanhas, passas… É como se você estivesse em casa!

Outra coisa que me chamou a atenção foi a fato de ela continuar próxima dos livros, dos estudos, da pesquisa. Para quem lida com a saúde do outro, acho bem importante este estreitamento entre a prática e a teoria. E na conversa, ela passa total segurança nas informações, esclarece suas dúvidas com detalhes, fala de metabolismo, alimentos, saúde de uma maneira precisa e direta, mas com leveza, sabem?

Tenho 1,57m e apresento quadro de sobrepeso, com meus 69kg. Sim, é isso o que estou pesando! Ao decidir procurar uma nutricionista, minha intenção era perder gordura, ganhar massa magra, melhorar a alimentação e tentar evitar as doenças impregnadas no meu histórico familiar. Apenas na minha linha ascendente, há diagnósticos de obesidade, hipertensão arterial, cardiopatia, diabetes, colesterol alto… Imaginem!! Desde pequena, sempre ouvi muito que precisava me cuidar, que a minha genética familiar não era das melhores, enfim. Cresci em consultórios, fazendo revisões médicas anuais. Já cheguei a pesar 80kg! Sério! Imaginem 80kg em 1,57m? Pois bem. Comecei a fazer atividade física, a comer melhor e já consegui chegar aos 62kg. Mas por alguns imprevistos da vida, acabei descuidando um pouco e estacionei nos 69kg.

nutricionista camila avelarNesse primeiro encontro, minha quebra de paradigmas veio logo nos diálogos iniciais com Camila. Enquanto me mostrava ansiosa para falar do meu peso, do quanto ganhei ou perdi ao longo da vida, ouvi dela que não era pra eu me preocupar com o peso naquele momento. A primeira coisa que fiz não foi subir na balança nem tirar medidas, foi responder a um imenso questionário, detalhado. Todos os meus hábitos, minha rotina, histórico familiar, tudo estava contemplado. Coisas que nunca tinha pensado a respeito e que descobri serem importantes fontes de informação sobre minha saúde! Foi quando ela me esclareceu que peso é sintoma!

Se peso é sintoma, então nós iríamos identificar a causa do meu ganho excessivo de peso e tratá-la! A perda de peso seria então uma consequência e não o objetivo principal. Pode parecer bobagem, mas ter essa compreensão da questão mudou completamente o meu pensamento, a minha forma de lidar com o meu corpo e meus objetivos em relação a ele. Isso porque eu faço atividade física, não como muitas porcarias e mesmo assim não conseguia mais diminuir o ponteiro da balança. Claro que continuo querendo emagrecer, ganhar massa magra, definir melhor o corpo. Mas enxergar a perda de peso como consequência e não como objetivo faz muita diferença na mente de uma pessoa com sobrepeso ou obesidade que quer emagrecer. Então, o fundamental naquele momento era identificar como meu organismo estava funcionando, como andavam meus níveis hormonais, minhas taxas de vitaminas, minerais etc…

Aliás, esse talvez seja o maior inimigo de quem quer perder peso: a mente. Por isso, trabalhar a consciência, a espiritualidade, tudo isso vai fazer diferença na sua relação com a comida e com a balança. Minha primeira consulta com Camila Avelar foi um misto de surpresas, emoções e informações. Foram duas horas de conversa, de explicações, de dicas, de uma verdadeira aula sobre alimentos, saúde e até espiritualidade. Saí de lá com uma requisição de exames embaixo do braço – alguns de que eu nunca tinha ouvido falar na vida – e a certeza de que eu estava em mãos competentes e que tudo dependeria muito de mim mesma e da minha vontade de mudar não apenas meu corpo, mas minha mente em primeiro lugar. Porque meu excesso de peso é apenas o sintoma!

—————–

Como eu já recebi várias perguntas nas redes sociais, seguem os contatos da nutricionista com quem estou fazendo meu acompanhamento nutricional.

Nutricionista Camila Avelar – Nutrição Funcional
Endereço: Rua Ewerton Visgo, n° 290, Edf. Boulevard Side Empresarial, sala 806, Caminho das Árvores (o prédio fica naquela rua atrás do Shopping Sumaré, ao lado da agência da Caixa Econômica Federal).
Telefone: (71) 99154-0434
Instagram: @nutricionistacamilaavelar

Um comentário em “A primeira consulta com a nutricionista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *