O Destino de Uma Nação – Crítica do filme

O Destino de Uma NaçãoA chegada de Winston Churchill (Gary Oldman) ao cargo de Primeiro Ministro da Grã-Bretanha ocorre em um momento historicamente turbulento e de maneira fortuita. Seu nome surge como opção ao cargo por se tratar de uma pessoa com facilidade de acesso ao Parlamento e o Rei. O filme O Destino de Uma Nação (Joe Wright) retrata exatamente esse período, quando a Grã-Bretanha está prestes a ruir diante da Alemanha na 2ª Guerra Mundial, lá na década de 40.
Em meio às avassaladoras derrotas no front, surge a possibilidade de negociar um acordo de paz com Hitler, que seria capaz de colocar um ponto final no conflito. E cabe a Churchill tomar a decisão que vai interferir diretamente no futuro do país.
Antes de qualquer coisa, preciso destacar a atuação de Oldman no filme, é simplesmente espetacular. A caracterização e transformação do artista no personagem foi extraordinária, Oldman está irreconhecível, inclusive fisicamente. Some-se a isso sua brilhante interpretação, que já lhe garantiu o Globo de Ouro de melhor ator em filme dramático. E que deve também lhe garantir o Oscar, aqui vai minha aposta!
O Destino de Uma Nação
E ainda em relação ao personagem Winston Churchill, O Destino de Uma Nação traz às telonas um forte vértice humano do personagem. A fragilidade do Primeiro Ministro Inglês é explorada com delicadeza, mas de forma bem clara. O filme, no entanto, não se trata de uma biografia de Churchill, é um recorte de um momento histórico específico.
O Destino de Uma NaçãoO Destino de Uma Nação explora os recursos cinematográficos de uma maneira muito aprazível. Os planos, a iluminação, os movimentos de câmera, toda a estética e plasticidade são muito belas. No decorrer do filme, quando o exército britânico está sendo dizimado aos poucos, todos parecem render-se à ideia de que o melhor seria ceder à pressão e tentar um acordo com a Alemanha. Até o próprio Churchill, sempre contrário a essa alternativa, chega a pensar no acordo como única saída.
Até que, e aí vem o que considero um apelo emocional exagerado, o Primeiro Ministro decide ouvir o povo e volta atrás, mantendo a posição de que a Grã-Bretanha não irá se render. Esse pequeno trecho do filme traz um cunho muito patriota e pouco verossímel. Mas isso não tira o mérito da produção, que tem um ritmo e um conjunto que merecem ser vistos.

Ficha técnica O Destino de Uma Nação

Titulo origina: The Darkest Hour
Gênero: Drama
Duração: 125 min
Direção: Joe Wright
Roteiro: Anthony McCarten

Elenco: Gary Oldman, Stephen Dillane, Lily James

Distribuidora: Universal
Classificação: 12 Anos

Estreia no Brasil: 11 de janeiro de 2018

Leia Mais

Dica de filme: Sem Filtro, porque as mulheres querem falar sem censura

No filme Sem Filtro, a atriz Paz Bascuñán vive Pia, uma mulher em busca de liberdade

O filme chileno Sem Filtro, dirigido por Nicolás López, foi minha escolha para a sessão “cinema no sofá” no fim de semana. E porque a produção diz muito sobre as mulheres e suas aflições, trago a dica para vocês.

Sem Filtro (Sin Filtro), disponível no catálogo da Netflix, é uma comédia dramática que conta a história de Pia (Paz Bascuñán). Publicitária de 37 anos, sua rotina é atribulada e ela sofre de ansiedade, falta de ar e dores no peito. Está a beira de um colapso. Seu ex-namorado é o confidente com quem troca mensagens via Whatsapp. O cidadão é o típico ex metido a ‘príncipe encantado’. Mesmo já envolvido em outro relacionamento, fica rondando e não deixa espaço para ela se libertar e seguir a vida.

Com a língua solta

Ao procurar um tratamento experimental com um acupunturista, Pia recebe a orientação de deixar suas emoções fluírem. Ela deve dizer o que sente, ao invés de esconder o que incomoda para agradar os outros. Suas dores são o reflexo da repressão externa e de uma severa autocensura.

O filme foi lançado em 2016 e tornou-se uma das películas mais vistas do cinema chileno. O sucesso se deve a atualidade da obra. Além de tocar na questão da dificuldade das mulheres para fazerem-se ouvir, também traz temas contemporâneos, como a medicalização da vida. Pia começa o dia engolindo um coquetel com diversos tipos de calmantes.

A produção discute ainda as redes sociais e as celebridades instantâneas; e o contato de adolescentes com a pornografia violenta que circula na internet, criando nos jovens a cultura do abuso e estimulando a misoginia.

Não somos neuróticas, só estamos cansadas!

Um dos momentos interessantes de Sem Filtro é quando Pia tem coragem de se impor diante do chefe e do marido. Os dois, chocados com o fato dela assumir o protagonismo da própria vida, querem saber se ela está ‘con las reglas’. A personagem, cansada de imposições, questiona: “Por que, toda vez que uma mulher se irrita, os homens acham que ela está menstruada?”

Acredito que muitas mulheres se identificam com Pia. Em algum momento da vida, já carregamos mais peso do que deveríamos, iludidas pelo mito da Mulher Maravilha. Não são poucas as que adoecem e usam remédios para suportar abusos variados. Ou que vivem com maridos que não as valorizam e nem dividem obrigações cotidianas.

Muitas têm familiares e amigos que as sobrecarregam com problemas e raramente retribuem esse cuidado. E elas aguentam as situações porque foram condicionadas desde a infância a serem “boas meninas”.

A Pia do filme percorre seu caminho em busca da própria liberdade, errando e acertando, disposta a seguir em frente. Que a sua jornada inspire outras mulheres a se livrarem de tudo que oprime o peito e as faz adoecer!

……

>>Veja o trailer de Sin Filtro:

Leia Mais

Kubo e as Cordas Mágicas – Crítica do filme

Kubo e as Cordas MágicasKubo e as Cordas Mágicas é a mais recente animação do estúdio Laika, que responde também pelas produções A Noiva Cadáver (2005) e Coraline (2009). A produção foi criada a partir da tecnologia stop motion. O uso de imagens fotografadas em sequência simulam o movimento do objeto. Foram precisos longos cinco anos até que o filme ficasse pronto e pudesse ser lançado. Isso já mostra todo o cuidado e minúcia que cercou a produção. O filme apresenta a jornada do menino Kubo, que vive escondido com sua mãe em um morro, após a morte de seu pai Hanzo. Ele precisa manter-se distante dos espíritos malvados de suas tias e avô que querem arrancar-lhe o olho que restou, após o outro ter sido extirpado quando era ainda um bebê.

O filme se passa no Japão. Diariamente, Kubo desce de seu esconderijo, para encantar os moradores da vila com suas histórias cheias de aventura, que nunca chegam ao fim. Ao tocar seu shamisen, os poderes mágicos das cordas dão vida a bonecos e monstros de papel, animando os fantásticos relatos. Mas Kubo precisa voltar para casa antes de o sol se pôr. Um belo dia, durante o festival de honra aos mortos, Kubo tenta se comunicar com seu pai. Mas anoitece sem que ele retorne para casa. Acaba descoberto pelos espíritos que sua mãe tanto temia. Para conseguir se proteger de seus perseguidores, precisa encontrar uma poderosa armadura. Nessa jornada, conta com a ajuda da Macaca, do Besouro e do origami de um samurai.

kubo e as cordas mágicasA trama é bastante densa e coloca na pauta temas fortes, como a morte, o autoconhecimento,a perda e as relações familiares. Apesar da narrativa tensa, a animação traz homeopáticas pitadas de humor, quebrando a carga dramática da produção. O filme tem uma história bastante envolvente e um visual impressionante. A reconstrução da cultura japonesa é feita de forma belíssima. Kubo e as Cordas Mágicas tem um apelo emocional bem intenso. No filme, o épico, a aventura e a fantasia caminham de braços dados em um ritmo harmônico e criativo, equilibrando tristeza, aventura e humor.

kuboA produção cai tão bem para o público adulto quanto o infantil, seja pela beleza de suas cenas (alegres ou sombrias), pelo dinamismo das aventuras ou pela sensibilidade com que a narrativa é conduzida. A trilha sonora também merece ser mencionada. O final do filme é brindado com nada mais nada menos que uma versão de While my Guitar Gently Weeps, dos Beatles. A trajetória do nosso jovem heroi nos fala da importância do caminho, do ato de se relacionar. Nos fala da beleza da contação de histórias recheadas de detalhes e emoções. Kubo é uma animação bem construída, original, inteligente e divertida, que não dá para perder.

Ficha técnica Kubo e as Cordas Mágicas

Título original: Kubo and The Two Strings
Gênero: Animação
Duração: 102 minutos
Direção: Travis Knight
Roteiro: Chris Butler, Marc Haimes
Elenco: Charlize Theron, Matthew McConaughey, Art Parkinson, Ralph Fiennes
Distribuidor: Universal Pictures
Ano: 2016
Classificação: Livre

Leia Mais

O Bebê de Bridget Jones – Crítica do filme

000A pausa de seis anos dos trabalhos no cinema só fez bem a Renée Zellweger. Ela voltou aos holofotes em grande estilo, em O Bebê de Bridget Jones, segunda sequência de seu grande sucesso de 2001, O Diário de Bridget Jones. A atriz está simplesmente divina no papel de Bridget, a solteirona que descobre uma gravidez aos 43 anos e está em dúvida sobre a paternidade do bebê. A direção da produção é assinada por Sharon Maguire, também responsável pelo primeiro filme da série.

O roteiro de O Bebê de Bridget Jones traz a personagem em outro momento de vida, mas madura e segura: ela agora é produtora do jornal em que trabalha, está com o corpo esculpido e possui um círculo de amizades mais amplo. Durante uma viagem a um festival de música, conhece o charmoso Jack (Patrick Dempsey), com quem tem uma tórrida noite de amor. Dias depois, ao encontrar seu ex, o advogado Mark Darcy (Colin Firth), se rende a uma recaída. Basta para, ao receber a notícia da gravidez, encarar o dilema de não ter a menor ideia de quem é o pai de seu bebê.resenha bebê de bridget jones

O filme é leve, com diálogos bem construídos e muito, muito divertido. Eu diria, sem receio, que esta é uma das melhores comédias românticas dos últimos tempos. O mulherengo Daniel Cleaver (Hugh Grant) não integra o elenco desta continuação, mas faz uma “participação” especial. Nos Estados Unidos, o filme não foi bem recebido. Angariou míseros US$ 8,24 milhões no final de semana de estreia. Fora do país, no entanto, foi sucesso absoluto, liderando a bilheteria em mais de 20 países, arrecadando US$ 29 milhões.

O Bebê de Bridget Jones se iguala em qualidade ao filme de estreia da franquia. Eu o considero o melhor dos três filmes. Apenas a primeira sequência, Bridget Jones no Limite da Razão, de 2004, não teve tão boa receptividade, foi pouco criativo e monótono. Aliás, o terceiro filme não é adaptado de livro, vai tomar o caminho contrário. O roteiro é da escritora Helen Fielding, que prometeu transformar o filme em livro.

bebê de bridget jonesO roteiro aposta na versão da mulher moderna, independente, que deixa para ter filho mais tarde, que não espera o príncipe encantado e consegue administrar sozinha a gravidez, o trabalho e a vida pessoal. E, o mais importante, não apela a piadas sórdidas para arrancar gargalhadas.

Ficha técnica O Bebê de Bridget Jones

Gênero: Comédia romântica
Duração: 96 minutos
Direção: Sharon Maguire
Elenco: Renée Zellweger, Patrick Dempsey, Colin Firth, Emma Thompson
Roteiro: Helen Fielding, Emma Thompson e Dan Mazer
Distribuidor: Universal Pictures
Ano: 2016

Leia Mais

Os diversos tipos de orgasmo na definição de Ingrid Guimarães

A comédia De pernas pro ar (direção de Roberto Santucci), protagonizada pela atriz Ingrid Guimarães terá pré-estreia nos cinemas de Salvador a partir desta sexta-feira, dia 24. A estreia nacional do longa que conta a história de Alice, uma workaholic que aprende a levar a vida com mais leveza após perder o emprego, será dia 31 de dezembro. A data é meio ingrata, véspera do Reveillon, mas o tema tem apelo principalmente junto ao público feminino, já que nós mulheres estamos eternamente nos dividindo entre os papeis de mãe, profissional, amantes, amigas e o que mais apareça. Por aqui, quem quiser conferir a pré-estreia deve ficar atento aos horários dos cinemas. Boa parte das redes, como a UCI Orient só terá sessões iniciadas até 17h nesta véspera de Natal ou começadas após às 14h, no dia 25, feriado natalino. A classificação indicativa é 14 anos.

E já que falei nos múltiplos papeis femininos, vale destacar o teaser hilário que já está no canal De pernas pro ar do Youtube. No vídeo, que vocês conferem abaixo, Ingrid Guimarães brinca com alguns estereótipos da femininilidade e toca no tema tabu do orgasmo. Claro que, ao invés do ar professoral de sexóloga, ela encarna a “psicológa de almanaque” e nos explica direitinho os diversos tipos de orgasmo que existem e de que forma o gozo define a personalidade da mulherada. Vale a pena rir um pouco e começar a descontrair para o feriadão que se inicia. De repente bate uma inspiração… Divirtam-se:

Veja o vídeo dos “orgasmos” de Ingrid Guimarães:

Visite também o site oficial do filme De pernas pro ar.

Para quem ainda não sabia, o Conversa de Menina foi um dos blogs femininos da web contemplados com convitinho especial da atriz para conferir De pernas pro ar nos cinemas. Em um teaser gravado com exclusividade para a gente, Ingrid convida “a galera do blog Conversa de Menina” para prestigiar seu novo trabalho.

E então, vamos ao cine!

Assistam também ao teaser da atriz feito especialmente para o nosso blog…

Leia Mais

Trailer do filme De pernas pro ar

Depois do nosso blog receber o convite da atriz Ingrid Guimarães para a estreia do filme De Pernas pro ar, fiquei curiosa em conferir o trailer oficial. São Youtube dos Cinéfilos, lógico, já está com diversos teasers, trailers, vídeos de entrevistas com o elenco e toda aquela infinidade de prévias que despertam o interesse para uma nova produção.

Pelo que conferi no trailer, o filme parece brincar com os estereótipos da feminilidade nos dia de hoje, mas embora seja uma comédia despretenciosa, imagino que renderá pano para a manga das reflexões. Por ser comédia, a intenção é nos fazer rir dessas pequenas situações do cotidiano que envolvem carreira, marido, filhos e ser mulher. Confesso que o convite vip da atriz (ainda estou meio boba com isso, não vou mentir!) e o trailer atiçaram minha curiosidade ao extremo.

Fiquei ainda mais curiosa é em conferir se de fato o tratamento vai ser leve, mas sem ser raso. Tenho em mente que a função principal do filme é entretenimento, mas vocês bem sabem como as mulheres são, até na diversão existe aquele irrestível impulso para uma boa DR!

Além do mais, quem disse que comédia não pode fazer pensar?

Confiram aqui o trailer:

Leia Mais

Ingrid Guimarães convida o Conversa de Menina para ver o filme “De Pernas pro ar”!

Genteeeeeee!!!!! Emoção pouca é bobagem. Hoje estamos mais do que radiantes. A atriz Ingrid Guimarães, estrela da comédia De Pernas pro Ar, gravou um teaser, postado no Youtube, nos convidando para a estreia do seu novo filme. Não é o máximo?!! Adoramos o carinho da atriz e a grande sacada da produção do filme, que está investindo nas redes sociais e nos blogs femininos, uma mostra de que nós todas (e aqui estendo para todos os blogs femininos do país e sobretudo do Nordeste) estamos bombando!!!!

Cena do filme de Pernas para o Ar

A notícia ainda fica melhor porque este mês é o aniversário do blog. Claro que já aceitamos o convite da Ingrid. Iremos sim, assistir ao De Pernas pro ar e contar para vocês o que achamos. Afinal, cinema também é Conversa de Menina!!!

Assistam ao teaser da atriz feito especialmente para o nosso blog…

Sobre o filmeDe Pernas pro ar tem estreia nacional prevista para 31 de dezembro. No filme, Ingrid Guimarães vive Alice, uma workaholic (viciada em trabalho) que está na corda-bamba, tentando se equilibrar entre a rotina dura de trabalho e a atenção à família. Após perder o emprego, Alice terá de rever diversos caminhos e reaprender a curtir os prazeres da vida…

A ideia, como vocês veem por essa sinopse acima, é discutir com leveza – e o tom de comédia escrachada em que a Ingrid é mestra – os conflitos do ser feminino na contemporaneidade. Ou seja, é a cara do blog!

E aqui, confiram o site oficial do filme, com teasers, traillers, notícias e outras coisinhas: www.depernasproarofilme.com.br

Leia Mais

O amor eterno de José e Pilar

*Texto da jornalista Giovanna Castro

Alguém aí sabe me dizer o que é o amor? Ontem à noite fui a mais uma sessão de cinema interessante. Desta vez ví José e Pilar, o filme-documentário de Miguel Gonçalves Mendes que apresenta um pouco do dia a dia do casal José Saramago e Pilar del Río, sua mulher por mais de 20 anos. Gosto muito dos escritos de Saramago, apesar de não ser especialista no autor, e me surpreendi ao ver o cotidiano de um ídolo da literatura.

O filme mostra o homem político que ele foi – prêmio Nobel de Literatura de 1998, falecido em junho deste ano (leia o que a menina Andreia escreveu sobre o ídolo) – no sentido de agir politicamente como cidadão, que ele mesmo diz no filme que é uma das funções do escritor, “influenciar” como cidadão, e a sua descrença em Deus.

Além de mostrá-lo como homem apaixonado o que, em se tratando de ídolos, parece sempre muito instigante. Como um homem tão brilhante pode dedicar-se às letras e com a mesma intensidade ao amor de uma mulher? É bem provável, como se percebe rapidamente no filme, que a força da sua verve vem justamente da paixão por Pilar, assim como da paixão pelas letras, pelas tramas e pela vida.

Divulgação
José Saramago diz que ele e Pilar del Río continuarão juntos de alguma forma já que as suas cinzas seriam depositadas sob uma pedra no jardim da casa de Lanzarote, nas Ilhas Canárias

O filme, que começa no ano de 2006, soa quase como uma despedida, uma vez que repetidamente Saramago fala da morte e a diferença entre a vida e o que podemos chamar de pós-vida, que o autor chama de “estar e o já não estar”. Apresenta uma história de amor real, do cotidiano, que tem muito carinho, afeição e admiração mútua, mas também não deixa de ter seus arranca-rabos. Pilar e Saramago se amam de uma forma muito companheira, se tocam o tempo todo.

Ela atua mesmo como um suporte – inevitável aqui usar o termo “pilar” da vida do homem que escolheu para si e de quem sempre foi fã. É a ela que ele chama a todo momento quando precisa de qualquer coisa ou até mesmo para contar uma piada, dividir histórias ou apenas tocar sua mão. Uma história de amor que nem parece real de tão pura, pureza que salta aos olhos.

Pilar não é uma mulher qualquer. É uma jornalista de personalidade forte e atuante quanto aos assuntos do seu país, a Espanha. Muito ágil e decidida, Pilar tomou conta da vida de Saramago e passou a organizar todas as suas coisas desde as mais comezinhas até sua extensa e cansativa agenda de viagens que culminou, em 2007, com algumas semanas de internação que deixaram o autor debilitado. Aquilo jamais se repetiria, decidiu Pilar, que determinou que o ritmo intenso de voos só voltaria por cima do seu cadáver.

Divulgação
Filme José e Pilar é co-produzido pela O2 Filmes, do cineasta brasileiro Fernando Meirelles, que filmou a versão de Ensaio sobre a cegueira

Em uma entrevista à imprensa portuguesa, um repórter hesitante pergunta a Pilar sobre o fato dos portugueses se sentirem um tanto ressentidos por ela ter “tirado Saramago de Portugal”. No que ela prontamente responde: “Não, isso quem fez foi o governo de Cavaco Silva! Próxima pergunta?”. Sua força também é direcionada ao marido, quando ambos discutem fervorosamente sobre Hillary Clinton, então candidata preferida dela, e Barack Obama, apoiado desde o começo por Saramago.

Na verdade, é impossível perscrutar um amor, e creio que não há resposta para a pergunta que eu mesma sugeri no começo do texto. A história daqueles dois parece ter sido uma ação mesmo do destino, uma combinação de fatores daqueles bem complexos que não dá para explicar. José e Pilar se amam na vida e nas letras. Ela, que traduzia os livros dele para o espanhol, se esforçava para dar conta do seu trabalho logo depois do marido fazê-lo em português.

E era extremamente leal, se negando a responder questionamentos de repórteres sobre detalhes do novo livro do autor, na época em que foi feito o filme, A Viagem do Elefante. O filme é todo emoção em que uma mulher decide com força descomunal proteger seu homem e ele retribui com uma devoção tocante.

É como se a cada oportunidade – e Saramago fazia questão de declarar seu amor pela mulher em eventos públicos, como no lançamento mundial de A Viagem do Elefante, que aconteceu em São Paulo (2008) – ele reafirmasse o seu sentimento, eternizado na dedicatória de Pequenas Memórias (2006) “aquela que ainda não tinha nascido e tanto tardou a chegar”. Mais interessante ainda quando o gênio das letras diz duas frases e chama a mulher para conferir a beleza do seu pensamento.

“Olha que coisa linda que acabei de dizer, Pilar: eu tenho ideias para romances e você tem ideias para a vida. O que é mais importante?”. “Eu não sei, mas acho que são ideias para a vida”, diz ela, arrancando risadas de todos os presentes. Uma pequena pista para o mistério que uniu os dois até o fim e no pedido feito pelo autor em vida quando a mulher pergunta o que fazer com a Fundação José Saramago, da qual tornou-se presidenta (como fazia questão de ser chamada): “Continua-me”.

Divulgação
Filme acompanha o casal e registra momentos da vida de Saramago entre 2005 e 2008 em Portugal, Itália, Brasil e outros países

P-S – Vale observar a cena em que Saramago assiste Ensaio sobre a Cegueira (Blindness), adaptação do brasileiro Fernando Meirelles para o livro homônimo. Ao lado de Pilar e de Meirelles, o autor se emociona bastante e diz estar muito feliz pois o filme havia saído exatamente do jeito que ele imaginou a história que colocou no papel. Impossível não se emocionar também.

Veja o trailer do filme José e Pilar, em cartaz em Salvador, no Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Leia Mais

Curtinhas do mundo fashion

De volta ao seu formato normal, nesta quinta-feira, a coluna Curtinhas do Mundo Fashion compartilha com vocês as novidades e lançamentos do mercado de moda e beleza. Abrindo a coluna, uma notinha social, sobre o ex-jogador Ramon Allender, que atuava no Vitória (time do coração da menina Gio) e que agora tem promissora carreira de modelo…

Do gramado para a passarela

A Revista Renner – Verão 2011 já se encontra disponível nas 126 lojas da rede em todo o Brasil, com distribuição gratuita e recheada de looks e dicas para a alta estação. Uma novidade desta edição é a presença do ex-jogador do Vitória Ramirez Allender, baiano que, com a chancela de Paulo Borges (diretor das principais semanas de moda do país), está em ascensão nas passarelas. Allender estrela o ensaio de moda masculina da revista. Ao todo, os editoriais da publicação de 165 páginas foram fotografados em 13 cidades nordestinas, pois o tempero do Nordeste é o tema das coleções de Verão 2011 da Renner. É correr na loja mais próxima e garantir um exemplar…

Rasteirinhas para a Primavera-Verão

A Orbis Shoes lançou a linha Donna, com três modelos de rasteirinhas, com cores alegres e vibrantes, para a Primavera-Verão 2011. Produzidas nas cores limão, rosa, pink, azul turquesa e talp, os modelos Leda e Trança são confeccionados em material camurça e solado de borracha, já o modelo Calypso ganhou uma sola de couro, além de detalhes como flores no cabedal, também presente na sandália Leda.

Serviço: Orbis Shoes – Av. Alberto Rodrigues Alves, 370 – Franca (SP) / Tel: (16) 3711-9800 ou visite o site: www.orbisshoes.com.br

Christian Lacroix assina capa do Blu-ray de Sex and The City 2

Notinha fashion e cinematográfica, ou cinematográfica-fashion. O blu-ray do filme Sex and The City 2 terá uma edição limitada de embalagens assinadas por ninguém menos que o estilista Christian Lacroix, ícone da alta costura na segunda metade dos anos 80. O produto chega ao mercado em 4 de novembro, mas já está em pré-venda por R$79,90 nos sites da Saraiva, Livraria Cultura e Fnac. Além da embalagem especial, quem comprar durante a pré-venda também ganha uma sacola exclusiva do filme. Já o DVD, mais básico, custará R$ 39,90 e não vem com sacolinha e assinatura de Lacroix.

Linha Renew ganha antisinais para as mãos

A Linha Renew Luminosity Pro, da Avon, ganhou reforço de um creme antiidade e clareador para as mãos, o Renew Clinical Luminosity Pro Creme Clareador para as Mãos FPS 15, que promete clarear e proporcionar um aspecto mais jovem às mãos, reduzindo imperfeições e deixando a textura da pele sedosa. O produto traz uma tecnologia baseada na atuação do ácido L- Aspártico, ativo usado para inibir a síntese de melanina e oferecer resultados na restauração da luminosidade e textura da pele. O produto também promete proteção dos efeitos nocivos dos raios UVA e UVB, causadores do envelhecimento precoce. Os testes realizados pela equipe da Avon com voluntárias revelaram que instantaneamente o produto aumenta a hidratação da pele em 139%; com uma semana de uso, 100% das voluntárias notaram melhora na luminosidade e textura da pele e em 4 semanas, 97% notaram melhora na aparência de rugas. É textar para ver se os resultados fazem a diferença. A vantagem é que o preço não é tão salgado, custa R$ 25, a embalagem em formato bisnaga (tubo de pvc), com 75g.

Serviço: Além das consultoras Avon, o produto pode ser encontrado pelo 0800-708-2866; na Loja Virtual do site www.avon.com.br ou no folheto virtual: www.folhetoavon.com.br

Coleção Primavera 2010 da Mira Artes

A Mira Artes está com uma coleção nova de boinas feitas artesanalmente. As peças trazem referências dos anos 80 e 90 e uma mistura de ousadia, irreverência e tendência “retrô”. Com detalhes que sobrepõem às estampas, a nova coleção aposta em tecidos poás, florais, bordados, geométricos e coloridos, além, do branco e do preto clássicos. A nova roupagem Mira Artes apresenta também um look mais romântico e casual, dando à boa parte da coleção um toque de feminilidade e doçura.

Serviço: E-mail: miratelie@gmail.com / Tel: (71) 8835-9570 / No Flickr (para ver outros modelos)

Produtos da Korai Cosmética com descontos

A Korai Cosmética está promovendo descontos em diversos itens nas linhas masculina e feminina. A marca oferece ainda, dentre os produtos da promoção, a possibilidade do consumidor montar o próprio kit masculino numa bela caixa de presente, com três itens, sendo um Balm pós barba e mais outros dois produtos a escolher, entre gel, shampoo ou creme de barbear. Na linha feminina, também há shampoos, hidratantes, body splash, condicionadores e diversos outros itens com descontos. Os produtos da Korai Cosmética podem ser encontrados na Alameda dos Nhambiquaras, 730 – Moema (SP) e no Shopping Ibirapuera, piso térreo Ibirapuera (SP). Mais informações através do SAK Korai (11) 5051-0456. E para ver a lista dos produtos e saber mais sobre a marca, visitem o site: www.korai.com.br

Leia Mais