Krav maga para mulheres, sim!

Uma coisa que aprendi na vida é que você pode ser bom em qualquer coisa, basta se dedicar. A frequência, intensidade e esforço farão a diferença. Aliás, seu desempenho será diretamente proporcional ao tamanho de sua entrega. No krav maga é a mesma lógica. Quando comecei as aulas, me achava um horror. Me questionava se um dia conseguiria ter a agilidade necessária, se conseguiria concatenar os golpes… E aí fui treinando, aproveitando as oportunidades extras de treinos que apareciam. Uma das coisas boas da Federação Sul Americana de Krav Maga (FSAKM) é que ela está sempre oferecendo oportunidades de treino aos alunos: são seminários, cursos, oficinas, eventos. E o melhor da Academia Haganá é que nosso instrutor, Roque Jorge, potencializa essas oportunidades e sempre nos oferece mais. E daí que já faz um tempo que eu cheguei à conclusão: Krav Maga para mulheres, sim! Nós precisamos.

krav maga para mulheres

Anualmente, a Federação proporciona um seminário gratuito em comemoração do Dia Internacional da Mulher. Normalmente, é um treinamento aberto às mulheres, alunas ou não. Este ano foi diferente, montaram um evento específico para nós, alunas. Pense aí você ter a oportunidade de participar de uma atividade durante quatro horas e gratuita? Pois é. Ganhamos esse presentão, e o que posso dizer é que foi muito bom. O Krav Maga para mulheres tem se fortalecido no mundo, e aqui no Brasil não tem sido diferente. Como o treinamento foi fechado para as meninas que já possuem contato com o krav maga, os instrutores puderam direcionar o seminário, corrigir cada detalhe e foram muito além. Isso porque esses eventos abrem as portas para que eles se aprofundem ainda mais, para que abram nossos olhos para outras possibilidades que podem ocorrer na rua. E nós saímos ganhando muito.

krav maga para mulheres

E, gente, sério! Quando o que está em jogo é nossa segurança, não dá para vacilar. Cada detalhe conta. É como a gente sempre ouve falar durante as aulas: ninguém quer passar por uma situação de perigo. Nós treinamos, nos dedicamos, mas, efetivamente, é claro que não queremos passar por nenhuma situação que coloque nossa integridade física e mental à prova. Mas não somos donas do mundo, não temos bolinha de cristal e, infelizmente, vivemos em um mundo violento que não respeita a mulher. As estatísticas da violência contra a mulher são assustadoras. Dados do 11º Anuário Brasileiro da Segurança Pública mostram que, em 2016, foram registradas 49.497 ocorrências de estupro no País. Gente, são 135 estupros por dia! São 5,6 estupros por hora!!! Vocês têm noção do que esse número representa? E sabem o pior? Esses foram os estupros registrados! Muitas pessoas sequer procuram uma delegacia para denunciar.

krav maga para mulher

E não é só isso! A cada duas horas, uma mulher foi assassinada em 2016. É uma realidade frustrante, dura, triste. Mas é realidade. Estamos sujeitas a isso e somos naturalmente vulneráveis. Como estava falando antes, claro que ninguém quer passar por uma situação de violência. Mas se ela acontecer, honestamente, eu prefiro estar preparada para enfrentá-la. Nós que treinamos não somos loucas, nem defendemos a violência gratuita. Aliás, não somos treinadas para disseminar a violência, nem para reagir a qualquer custo. Mas, se eu precisar reagir em alguma situação, eu prefiro, um milhão de vezes, saber o que devo fazer, como devo fazer e que técnica posso usar para me defender. Eu quero que meu corpo já tenha repetido aquele movimento milhões de vezes nos treinos e que, automaticamente, ele repita mais uma.

Sim, é o krav maga para mulheres. Graças a ele, hoje estou muito mais atenta, mas observadora. Olho ao meu redor com mais cuidado, presto atenção na rua, não ando mais distraída. Ainda tenho uma longa caminhada pela frente, só sei o básico, mas quero mais. E por isso eu treino, sim. Por isso acordo cedo em um domingo para treinar. krav maga para mulherPor isso, várias mulheres no Brasil inteiro levantaram cedo no último domingo para treinar. Por isso várias mulheres estão se unindo nesse propósito do autocuidado, da preservação. Nós defendemos a importância e eficiência do krav maga para mulheres. A gente se une, se ajuda, observa uma à outra, se dedica. E a gente conta com um monte de homem bacana nos treinos, que nos auxiliam nessa caminhada em busca da melhor técnica.

Krav Maga para Mulheres

As mulheres que ainda não treinam ganharam um mega presente da nossa Federação este ano, pelo Dia Internacional da Mulher e aniversário de 50 anos de Krav Maga do nosso mestre Kobi, que trouxe a arte de defesa pessoal para o Brasil. Qualquer mulher pode treinar durante todo o mês de março gratuitamente em uma das academias de Krav Maga de todas as Américas.

Sim, é só se dirigir à academia e informar que quer participar da promoção do mês da mulher. Para quem se interessar em treinar aqui em Salvador, em Brotas, é só deixar uma mensagem que explico direitinho como funciona ou pode entrar em contato diretamente com meu instrutor pelo whatsapp, no número que segue logo abaixo. É aquela velha máxima do: todas as mulheres nasceram iguais, mas depois algumas entraram para o Krav Maga. Junte-se a nós.

Contatosacademia hagana
Academia Haganá (Krav Maga Brotas)
Instrutor: Roque Jorge
Tel: 71 99964-5948 (whatsapp)
Facebook: https://www.facebook.com/AcademiaHagana/

4 comentários em “Krav maga para mulheres, sim!

  1. ALANE,EM PRIMEIRO LUGAR PARABÉNS PELO SEU BLOG. SEGUNDO OBRIGADO,POR VOCÊ DIVULGAR O KRAV MAGA DE UMA MANEIRA SIMPLES E UTIL,PARA TODO(A)S,QUE PASSAM PELO SEU BLOG,EU TAMBÉM SOU UM PRATICANTE DESSA DEFESA PESSOAL AQUI NO RIO DE JANEIRO NA FILIAL DE COPACABANA.
    INFELIZMENTE A VIOLÊNCIA ESTA INSUPORTÁVEL NO NOSSO PAIS,PRINCIPALMENTE EM RELAÇÃO AS MULHERES.
    NESSE MES DE MARÇO, A INICIATIVA DO MESTRE KOBI,REFORÇA A PARTICIPAÇÃO DAS MULHERES PUDE PERCEBER QUE AS MENINAS VEM COM VONTADE PARA TREINAR E PELO JEITO VÃO FICAR,ATE ALCANÇAR A GRADUAÇAO.
    A CREDIBILIDADE QUE ESSA CASA PASSA,ASSIM COMO SEUS MESTRES ,INSTRUTORES,ALUNOS REALMENTE NOS FAZ PENSAR QUE ESTAMOS NUMA GRANDE FAMILIA!!!
    SUCESSO SEMPRE ALINE,PARABENS PELO BLOG,PAZ,SHALOM.
    KIDA.
    ANDERSON FARIA

    1. Obrigada, Anderson!!! Mensagem linda, a sua! Minha intenção é realmente essa, sensibilizar as mulheres para a importância da prática de uma arte de defesa pessoal. Infelizmente somos alvos fáceis, estamos sempre vulneráveis, mas podemos, ao menos, buscar conhecimento, para garantir um mínimo de autoproteção. Quando vier a Salvador, apareça lá na Academia Haganá para treinar conosco. Grande abraço. Kida!

  2. Alane
    parabéns por este belíssimo texto, pois ele descreve com maestria esta arte da defesa pessoal.
    Eu só tenho a lhe agradecer por me oportunizar conhecer e praticar, estou muito feliz e determinada e continuar, pois eu me encontrei no seu texto quando você descreveu o seu inicio, pois é exatamente assim que me sinto, mas tenho com certeza que com dedicação, determinação e assiduidade nas aulas irei melhorando.
    Muito obrigada! PARABÉNS!!

    1. Que legal, Luci, ler esse retorno seu e saber que você também está se apaixonando pelo Krav Maga. Com o tempo a gente vai pegando jeito e pegando ainda mais gosto pela arte de defesa pessoal. E, melhor do que tudo, se sentindo mais segura para enfrentar o dia a dia na rua. Estamos juntas!!!! Beijos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *