Massagem domiciliar: por que não?

massagem | foto: conversa de meninaHá quem acredite que massagem é algo supérfluo e desnecessário. Mas a massagem é considerada uma das mais antigas formas de manipular o corpo utilizando as mãos. Comecei a fazer massagem há alguns anos, inicialmente para aliviar uns pontos de tensão nas costas que me incomodavam bastante. Era uma massagem realizada, feita em um local no bairro da Pituba, indicado por uma amiga na época. Mas hoje, a importância da massagem já está tão difundida e arraigada, que diversos profissionais realizam os procedimentos na casa da pessoa, com conforto e comodidade.

Hoje em dia faço drenagem linfática associada à massagem relaxante com duas profissionais, Cristiane e Jaqueline, por meio de um convênio de minha categoria profissional. E eu tenho sentido tanta diferença nos resultados, que decidi dividir a experiência com vocês, especialmente depois de descobrir que as duas massoterapeutas que me atendem realizam também atendimento em domicílio, é só ligar e agendar (os contatos de Cris e Jaque estão no final deste post). E além da drenagem, elas fazem ainda a massagem relaxante, a massagem modeladora e a reflexologia podal, a depender do interesse e necessidade do cliente.

Percebo que pouco se fala sobre os benefícios da massagem, mas é possível utilizá-las para a redução de medidas, para o relaxamento, para diminuir a retenção de líquido, para combater a tensão muscular, reduzir o estresse, melhorar a aparência da celulite, dentre outros. E outra coisa que acho bem importante destacar é que a massagem não precisa ser utilizada apenas como tratamento terapêutico, ela é indicada, inclusive, como método preventivo. Ou

As massoterapeutas Cris e Jaque
Meus anjinhos da massagem, as massoterapeutas Cristiane ( 98225-2936 | 98733-6267) e Jaqueline (98725-5898 | 98371-7669)

seja, não é necessário que o indivíduo sinta dor ou qualquer incômodo para usufruí-la.

No meu caso específico, sinto que, sempre que faço massagem, o meu dia fica melhor. Como faço massagem sempre à noite, é perceptível a sensação de que o dia seguinte começa com um clima diferente, e as meninas me explicaram a razão. “A massagem envolve a troca de energia, é a cura pelas mãos”, conta a massoterapeuta Cristiane Oliveira. Enquanto sua colega de profissão, Jaqueline Andrade, complementa: “Ela contribui significativamente para a qualidade de vida, especialmente para esta vida estressante em que vivemos”.

Abaixo faço um resumo bem resumido, só para dar uma noção da função de cada massagem que Cris e Jaque fazem.

1.Drenagem linfática – estimula o sistema linfático, ajudando o organismo a eliminar o excesso de líquido e as toxinas, ativa a circulação sanguínea e ainda promove o relaxamento corporal.

2.Massagem modeladora – promove a quebra das células de gordura da região, sendo indicada também no combate à celulite e flacidez. Muita procurada por quem quer reduzir medidas.

3.Massagem relaxante – busca promover o relaxamento muscular e combater o estresse.

4.Reflexologia podal – atua na prevenção e tratamento de disfunções do corpo, por meio da pressão nas zonas reflexas dos pés.

massagem | foto: conversa de meninaE para quem tiver interesse em conhecer mais de perto algum destes tipos de massagem aqui em Salvador, eu super recomendo o trabalho das meninas. Elas são ótimas profissionais e fazem uma massagem maravilhosa, além de atender em casa! Para entrar em contato, os números delas são os seguintes:

Cristiane Oliveira – 98225-2936 | 98733-6267

Jaqueline Andrade – 98725-5898 | 98371-7669

E vocês, meus amores, já são adeptos das massagens? Deixem seus comentários no post!

Leia Mais

Procedimentos estéticos – Sessão 4: Posterior das coxas

Oi, meus amores. Eu e minha sina contra a flacidez, gordura localizada, estrias e afins. Este é o capítulo 4 de uma guerra sem fim. Neste post vou falar do início do tratamento estético na parte posterior das coxas. A ideia é combater a flacidez, fortalecer a musculatura da região e enrijecer. Tamara me explicou que utilizaria três procedimentos na consulta: a eletrolipólise, já falei dela aqui nos outros posts (clique para ler: sessão 1, sessão 2 e sessão 3); a corrente aussie; e a drenagem linfática manual. _________________________________________________
Acompanhe a série:
Meus procedimentos estéticos – Sessão 1: avaliação, eletrolipólise e carboxiterapia
Meus procedimentos estéticos – Sessão2: eletrolipólise e heccus
Procedimentos estéticos – Sessão 3: Respondendo perguntas
_________________________________________________

A eletrolipólise (leia mais sobre ela aqui) eu já estou super acostumada. Realmente não me incomoda muito. Como falei antes, dá aquela tensão na hora que aumenta a frequência, mas depois eu relaxo total. Se deixar eu cochilo e tudo. Aliás, só não durmo, porque quero acompanhar tudo para contar aqui no blog. Não fosse por isso, cochilava fácil. Não senti nada demais, por estar sendo aplicado o tratamento na parte posterior da coxa. É exatamente igual à aplicação no abdômen e nos flancos.

Eletrolipólise
Eletrolipólise

A novidade da sessão de hoje foi a Corrente Aussie, que é utilizada para tonificar os músculos, enrijecendo-os e combatendo a flacidez. Como o aparelho melhor a circulação sanguínea local, também é bom para diminuir a celulite. A Tamara, fisioterapeuta lá da SpaFisio, onde faço meu tratamento, me explicou que são aplicados eletrodos (que são umas plaquetas de borracha) na pele do paciente e um gel condutor. Eles produzem um estímulo elétrico que geram contrações musculares na região.

Corrente Aussie
Corrente Aussie

Ao ligar o aparelho, ele causa contrações intercaladas. Ou seja, ele causa a contração e para. Volta a estimular a contração e para. E isso se segue durante toda a sessão. Com o passar do tempo, ela foi aumentando a intensidade do estímulo elétrico, aumentando a contração. Pra mim foi tranquilo. Claro que incomoda um pouco, né? Mas não senti dor, nem chega perto do heccus (leia aqui), que pra mim até agora é o único que incomodou de verdade, ao ponto de dor um pouco. Ele é um heccus m

Drenagem linfática
Drenagem linfática

elhorado, sabem? rsrsrsrsrs… Dá os tais choques, mas é mais tranquilo. Por fim, ela fez uma drenagem manual na região. É incrível: é terminar de fazer a drenagem e correr para o banheiro, porque o efeito de reduzir a retenção de líquido é imediato.

O pacote que fiz lá na SpaFisio é bem completo e inclui uma série de tratamentos, em várias regiões. Como queria contar a experiência no blog, busquei essa variedade, para que pudesse dividir com vocês cada sensação, cada experiência e os resultados. Lá na clínica, as meninas fazem uma avaliação gratuita, o que é bacana para quem, como eu, estava insegura sobre o que fazer. A clínica fica no Edifício CEO SSA Shopping, sala 816, Caminho das Árvores. É aquele prédio novo em frente ao Hospital Sarah. O telefone de lá é o (71) 3345-1963 | 9324-1762. Ah, gente, não estou ganhando nenhum dindim por isso, ok? Só indico o que gosto e falo o que acho. A ideia é apenas dividir minhas experiências com vocês.

Beijos, amores, e até a próxima sessão!

Leia Mais

Faça sua própria drenagem linfática

Drenagem linfática está na moda. E não é por acaso. Essa massagem corporal, que até ajuda no relaxamento, foi desenvolvida para auxiliar o funcionamento do nosso sistema linfático. Trocando em miúdos,  a massagem proporciona a remoção dos líquidos retidos e favorece a circulação sanguínea. Isso porque o sistema linfático, parte do sistema circulatório, atua recolhendo resíduos de nossos tecidos e células, como bactérias, excesso de líquido e células mortas. drenagem linfáticaEstes resíduos são recolhidos pela linfa (líquido que circula pelos vasos do sistema). Daí que se alguma coisa não estiver funcionando direito, a linfa deixa de recolher os resíduos, que se acumulam, causando inchaço, dor, inflamação… A massagem faz com que o sistema retome seu curso normal, melhorando a condição do organismo.

A drenagem consiste em movimentos circulares e espiralados. A massagem ajuda, inclusive, no fortalecimento da musculatura e hidratação da pele, deixando-a macia e brilhante.  Ela faz o sistema linfático trabalhar mais rápido. A massagem precisa ter um ritmo contínuo e sem exageros, já que a linfa corre na superfície da pele de forma regular e lentamente. As massagens fazem a coleta do líquido preso entre as células, colocando-os na rota certa para que sejam eliminados. Portanto, meninas, é mito essa história de que a drenagem precisa provocar dor. Só haverá dor nos locais mais sensíveis, devido a algum tipo de inflamação ou cicatriz, por exemplo.

Após as breves explicações, vamos ao mais importante. Por e-mail, recebi a divulgação do trabalho da massoterapeuta e esteticista  Adriana Tavares, da clínica Yes, que fica em São Paulo, que criou um método de autodrenagem, pensando na mulherada que não tem tempo de ir a um centro de estética, ou que está sem grana para investir num tratamento como esse. Segundo ela, o importante é “fazer os movimentos certos com intensidade e repetição”. A técnica pode ser feita em casa, usando as próprias mãos. Ela explica que é uma extensão do trabalho desenvolvido pelos especialistas, mas se você não tem como ir ao especialista não tem problema algum. É só manter a rotina de fazer as massagens. Ela recomenda duas sessões por semana, com duração  de 40 minutos. Os movimentos devem ser repetidos por, pelo menos, 20 vezes em cada região.

Acompanhe o passo a passo (e logo abaixo, no final do post, veja as imagens de como fazer a massagem)

Antes de começar a autodrenagem, faça o uso de cremes faciais e corporais. Eles auxiliaram na massagem.

1.      Com as duas mãos, faça movimentos circulares na direção para cima, deslize sobre a pele com pressão, começando pela região do rosto;

2.      Na região dos olhos, mantenha os movimentos circulares levando as mãos às extremidades. Quanto mais movimentos forem feitos em uma mesma região, melhores serão os resultados;

3.      Incline a cabeça para trás e massageie o pescoço. Aconselhável cerrar os dentes para exercitar toda a musculatura da região do pescoço;

4.      Ative os gânglios linfáticos para ajudar na remoção do líquido com os braços para cima. Faça movimentos com pressão do cotovelo para os gânglios (nos dois braços);

5.      Levante o braço e faça o movimento em todo ele. Nas mãos, alongue os dedos e massageie com pressão;

6.      Massageie os ombros (do peito até o ombro);

7.      Massageie os seios com movimentos circulatórios;

8.      No abdômen, massageie com pressão de um lado para outro. Depois do peito até a virilha;

9.      E por fim, pernas e coxas. Faça movimentos trazendo para virilha. Nos pés massagear com muita pressão. Leve toda circulação dos pés até a virilha.

drenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfáticadrenagem linfática

Leia Mais