De olho na saúde: meditação contra o câncer

Praticar meditação traz inúmeros benefícios para a mente e o espírito. E agora, os cientistas descobriram que as técnicas de relaxamento também funcionam nos exames para detecção do câncer de mama. Esse é um dos destaques da semana na sessão De olho na saúde, que toda sexta-feira, traz informações fresquinhas sobre pesquisas e descobertas médicas; além de dicas para o bem estar e a qualidade de vida.

Sintonizadas na ternura

Pesquisadores da Universidade Duke (EUA) queriam saber os efeitos da meditação e da musicoterapia em pacientes com nódulos nas mamas que precisavam se submeter a biópsia. O exame serve para determinar se um tumor é benigno ou maligno e consiste em retirar um pedaço do nódulo para análise. Além de pressão emocional, o exame pode causar dor e desconforto.

Para isso, 121 voluntárias foram divididas em dois grupos, um para controle e outro submetido a sessões de meditação e musicoterapia. As mulheres que meditaram e foram estimuladas a focar em sentimentos amorosos, passaram pelo exame sem desconforto. Também foi notado que as que ouviam música relaxante não ficavam nervosas durante ou sentiam menos fadiga após o exame.

A música (tema da coluna na semana passada) e a meditação diminuem a ansiedade e a angústia das pacientes durante exames. Também auxiliam aquelas que, uma vez diagnosticadas com o câncer de mama, precisam se submeter a sessões de quimioterapia. Os autores da pesquisa acreditam que os benefícios são extensivos a qualquer procedimento médico.

Lição para a memória

Técnicas de memorização baseadas no agrupamento de palavras ajudam pacientes com tumores ou lesões no lobo frontal esquerdo do cérebro. A pesquisa é de uma equipe de neuropsicologia do Hospital das Clínicas, de São Paulo, e já foi destaque no Prêmio Saúde.

O lobo frontal esquerdo é a área que processa as informações verbais. Um grupo de pacientes que passou por cirurgias de remoção de tumores na região, recebeu uma lista com 16 palavras para decorar. Boa parte esqueceu tudo mal terminou a leitura. Usando como base um sistema de separação por categorias: nomes de frutas, de instrumentos musicais, de pessoas, de peças de vestuário, etc., os pacientes passaram a reter a informação.

Técnicas de memorização também são utilizadas por ‘concurseiros’ e profissionais que lidam com muita informação.

Fofura sem espirros

Sabe aquele bicho de pelúcia que você ganhou de presente e adora? Ou que seus filhos não desgrudam? Pois o Teddy é uma casa confortável para os ácaros que fazem a festa no nariz e nos pulmões dos alérgicos.

Para evitar transtornos à saúde, lave os bonecos à máquina uma vez por semana. Mas antes,  fique atenta (o) às seguintes dicas:

>>Use sabão neutro, que sabão em pó também é irritante para as vias aéreas e enxágue bem, para não sobrar nenhum resíduo de detergente;

>>Leia a etiqueta para ver se o material que enche o boneco é do tipo que pode ser rodado na máquina. Se for um brinquedo à pilha, retire as pilhas;

>>Retire também botões ou qualquer outro detalhe que pode desmantelar e coloque o bichinho dentro de uma fronha branca e amarre a ponta. Ele deve ser lavado dentro da fronha;

>>Após a lavagem, escove a pelúcia e coloque o brinquedo para secar em área bem arejada.

Leia Mais

Dieta em foco: resultado dos novos exames

Quando comecei a fazer o acompanhamento com minha nutricionista Camila Avelar, fiz um post comentando o resultado dos meus exames (leia aqui). Nesse post, contei que estava com diversos resultados alterados, mas não entrei em detalhes sobre quais exames especificamente estavam irregulares, até porque é bem complicado uma pessoa leiga falar de resultados de exames. Retornei com os novos exames, após quatro meses de tratamento, e o resultado foi tão bom que vou simplificar o baba aqui, só para mostrar a vocês como é possível restabelecer a saúde – pelo menos em alguns casos – apenas adotando uma alimentação saudável.

exames da dieta | foto: conversa de meninaEu sempre fiz exames de rotina, anualmente. Isso inclui idas ao médico clínico, cardiologista e ginecologista. Então aquele pacote basicão do hemograma completo, preventivo e ecocardiograma e teste de esforço são comuns em minha vida. O que eu não sabia é que uma série de outros exames poderiam ser feitos para identificar uma séria de outras situações que poderiam estar afetando o funcionamento do meu organismo. Camila me passou uma tonelada de exames, foram 38 tubos de sangue! Eu não entendi bulhufas dos resultados, mas vi que havia alterações.

Não vou detalhar exames, mas vou exemplificar algumas coisas, para que vocês possam entender. A começar pelo básico, estava com uma anemia bem braba. Hemoglobina bem baixa, nível de ferro baixíssimo e ferritina super baixa também. Para alguém que nunca teve anemia nem quando era criança, isso era uma surpresa. Além disso, o nível de alumínio em meu organismo estava exageradamente alto. Muito alto mesmo, fiquei chocada. E se você não sabe, o alumínio é famoso por desencadear doenças autoimunes e provocar danos no sistema nervoso, além de uma série de outros prejuízos, como doenças intestinais, dores musculares, cansaço, é tanta coisa…

nutricionista camila avelar | foto: conversa de meninaAlém disso, minha testosterona estava praticamente zerada (resultado de anos de anticoncepcional sem interrupção), minha vitamina D estava baixíssima, a perder de vista. E o cortisol, lá na casa da zorra. Esse cortisol é um hormônio, diretamente ligado ao estresse. É esse hormônio que ajuda no controle do estresse, tem poderes anti-inflamatórios, ajuda o sistema imunológico, dentre outros benefícios. O cortisol alto causa tanta coisa, gente. É sinal de alto nível de estresse, causa problemas na memória, dificulta a concentração, causa perda de massa muscular, dificulta a perda de peso, interfere nos cabelos, unhas… Uma infinidade de coisas.

Citei essas alterações apenas como exemplo, porque havia diversas outras. Muitas, inúmeras. Mesmo. Ao ponto de Camila ressaltar essa questão e me dizer com todas as letras que a preocupação dela era com minha saúde, que não dava para pensar só na perda de peso naquele momento. isso seria consequência, peso é sintoma, lembram? Depois de alguns meses de dieta, Camila me deu uma requisição, para avaliar os resultados dessa nova rotina alimentar. Importante ressaltar que não fiz uso de nenhum medicamento, além de vitaminas, chás, fitoterápicos e alimentos.

exames da dieta | foto: conversa de menina

E os novos exames?

Quando peguei o resultado do exame, não quis nem abrir. Apesar de seguir tudo direitinho, como mandava o meu plano alimentar, confesso que não acreditava em uma mudança assim tão drástica e rápida. Era muita coisa alterada, e eu só tinha mudado a alimentação e inserido vitaminas. Achei que os resultados seriam frustrantes, que Camila abriria os exames e me diria que não tinha mudado muita coisa, que precisaríamos insistir.

Mas aconteceu exatamente o contrário. Só com essas pequenas mudanças, tudo havia melhorado, absolutamente todos os meus parâmetros. Incrível isso. Fiquei bem surpresa, confesso. E sabe aquela felicidade infantil de quando você descobre que aquela sua pequena atitude resultou em algo muito bom e grandioso? Pois é, gente. Foi assim que me senti, realizada, feliz, empolgada para seguir em frente. Sei que haverá momentos difíceis em meu percurso, que terei dificuldades em algum momento. Mas, ao mesmo tempo, estou cada dia mais animada e realizada com esse novo estilo de vida.

Acompanhe minha dieta

>> A primeira consulta com a nutricionista
>>Dieta 2: atendimento e primeira semana
>>Dieta: como foi o meu primeiro mês
>>Dieta: Meu primeiro mês – Resultados
>>Dieta: antes e depois – dois meses
>>Dieta: mudanças em minha rotina – parte 1

 

consultorio camila avelarContatos de Camila Avelar

Sou acompanhada pela nutricionista Camila Avelar. Ela atende na Rua Ewerton Visgo, n° 290, Edf. Boulevard Side Empresarial, sala 806, Caminho das Árvores (o prédio fica naquela rua atrás do Shopping Sumaré, ao lado da agência da Caixa Econômica Federal).O telefone de contato é o (71) 3483-4636 | 99227-9007 (whatsapp).

Leia Mais